Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Cidasc celebra 39 anos com conquistas na agropecuária catarinense

Cidasc celebra 39 anos com conquistas na agropecuária catarinense

Desde que foi criada, em 27 de novembro de 1979, a Cidasc trabalha para promover o agronegócio regional e o desenvolvimento das cadeias produtivas por meio da sanidade animal, vegetal e inspeção de produtos de origem animal, com o objetivo garantir a excelência sanitária dos rebanhos e lavouras do Estado.

Oportunidades

Próximos eventos

Jeferson Baldo/SECOM

Em encontro com os coronéis do comando do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina para um balanço das ações da instituição e agradecimento pelos trabalhos, na segunda-feira, 10, na Casa D'Agronômica, em Florianópolis, o governador Eduardo Moreira encaminhou a minuta de regulamentação da Lei Organização Básica (LOB) da corporação. 

A LOB, já sancionada, garante a estrutura organizacional dos Bombeiros no estado. A regulamentação, que deve ser publicada por meio de decreto, dá as diretrizes de como a lei será executada. “Vocês são motivo de orgulho para os catarinenses. É impossível mensurar as vidas que deixam de ser colocadas em risco e que são salvas graças ao trabalho dos bombeiros militares de Santa Catarina”, ressaltou Moreira.

Durante o encontro, os coronéis agradeceram o governador pelo apoio e reconhecimento à corporação. O comandante geral do CBMSC, coronel João Valério Borges, fez questão de entregar uma réplica de um machado de arrombamento para Moreira em agradecimento a “destacada atuação nos avanços alcançados em sua gestão”. 

“O bombeiro militar de Santa Catarina é hoje motivo de orgulho para todos nós. Somos gratos por toda ajuda e colaboração do senhor com a corporação ”, destacou Borges. 

Entre as ações de destaque da instituição durante a sua gestão, o Moreira ressaltou o trabalho focado no processo de integração do Atendimento Pré-Hospitalar entre o Corpo de Bombeiros Militar e o Samu, promovido neste ano. “Conseguimos racionalizar as instalações públicas e otimizar o serviço especializado oferecido ao cidadão”, disse o governador. 

Neste ano, o CBMSC também inaugurou três novas sedes de quartéis, apresentando estruturas mais modernas e adaptadas à necessidade da corporação e da sociedade em Porto Belo, Bom Jardim da Serra e do Sul da Ilha.

O Corpo de Bombeiros Militar também primou em fomentar a especialização técnica dos profissionais por meio de cursos constantes e rotineiros de aperfeiçoamento. Entre ele, destaca-se a formação de oficiais do CAEE - Curso de Altos Estudos Estratégicos -, que prepara os profissionais para rotinas de comando ou administrativas. No período, foram formados cerca de 300 novos soldados e pouco mais de 30 oficiais, profissionais que já foram integrados ao efetivo atual. 

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

Foto: Arquivo/Secretaria da Agricultura

Grande produtor de carnes, Santa Catarina amplia sua presença internacional e já responde por mais da metade das exportações nacionais de carne suína. Em novembro, de todo o produto vendido pelo Brasil no exterior, 56% tiveram origem no estado. A preferência internacional pelo produto catarinense é explicada pela excelência sanitária dos rebanhos e pela atenção especial dada à sanidade agropecuária em Santa Catarina.

Único estado brasileiro livre de febre aftosa sem vacinação, Santa Catarina construiu uma imagem internacional e conquistou o acesso aos mercados mais competitivos do mundo. “O agronegócio de Santa Catarina está muito conectado com o mercado global. Os mercados internacionais dão preferência aos produtos catarinenses pela qualidade, segurança sanitária e organização da cadeia produtiva. Hoje, Santa Catarina consegue atender contratos em qualquer lugar do mundo”, ressalta o secretário da Agricultura e da Pesca, Airton Spies.

Em novembro, Santa Catarina embarcou 32,1 mil toneladas de carne suína – um aumento de 61% em relação ao mesmo mês de 2017. O faturamento com as exportações chegou a US$ 58,2 milhões - 33,6% de crescimento. Os valores representam 56% da quantidade e do valor obtido nas exportações nacionais da mercadoria.

O incremento nas exportações catarinenses pode ser explicado porque grande parte dos compradores aumentou o volume importado em novembro. A China – maior importador da carne suína produzida no estado – adquiriu 9,6 mil toneladas do produto, 295,5% a mais do que em novembro de 2017. O mesmo aconteceu com o Chile, Hong Kong, Argentina e Angola, por exemplo.

Acumulado do ano

Maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina já exportou um terço da produção esperada para 2018. De janeiro a novembro, foram 297 mil toneladas vendidas ao exterior, com uma receita de US$ 554,2 milhões. O estado já responde por 51,2% do total exportado pelo país em 2018.

A China vem se consolidando como o principal destino da carne suína catarinense. Ao longo do ano, foram 104,8 mil toneladas enviadas ao país asiático – um aumento de 188,5% em relação ao mesmo período de 2017. Os embarques para o país asiático representam um faturamento de US$ 200,5 milhões – 36,2% das receitas oriundas das exportações catarinenses do produto em 2018.

De acordo com o engenheiro agrônomo do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa), Alexandre Giehl, as perspectivas são bastante positivas para o próximo ano, tanto em função do fim do embargo russo, quanto pela possibilidade de aumento ainda mais significativo das importações chinesas.

Competitividade

A sanidade agropecuária se tornou o grande diferencial de Santa Catarina. Com um déficit no abastecimento de grãos de quatro milhões de toneladas por ano, o estado se mantém competitivo pela excelência sanitária dos seus rebanhos.

“Nós perdemos competitividade ao trazer milho de longe para abastecer nossa cadeia produtiva de carnes, o que aumenta os custos da produção, porém pela qualidade e garantias sanitárias nós temos a preferência do mercado internacional. Santa Catarina conquistou o acesso aos mercados Premium como Japão, Estados Unidos e Coreia do Sul”, destaca Airton Spies.

Os números foram divulgados pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e analisados pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa).

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/


Foto: James Tavares/Secom

A previsão do tempo da Epagri/Ciram indica tempo seco com predomínio de sol em Santa Catarina nesta semana.  Nesta segunda e terça-feira a temperatura estará em rápida elevação, com máximas próximas ou acima de 30°C. No Litoral Norte, chance de chuva fraca e isolada na noite de terça-feira. O vento sopra de nordeste, fraco a moderado com rajadas mais intensas no Litoral Sul.

Para a quarta-feira, sol e aumento de nuvens em Santa Catarina, com a massa de ar seco perdendo força. No Litoral Sul, chance de chuva fraca e isolada à noite. A temperatura segue  elevada, acima de 30°C em boa parte do Estado. O vento soprará de nordeste a noroeste, moderado com intensas rajadas.

Já na quinta-feira, no Oeste e Meio-Oeste, sol com algumas nuvens. Nas demais regiões, sol com aumento de nuvens. No Sul e Grande Florianópolis, pancadas de chuva bem isolada entre a tarde e noite. A temperatura permanece elevada. Na sexta-feira sol com algumas nuvens em todas as regiões. Temperatura segue elevada.

Acompanhe a atualização dos avisos meteorológicos diários e de curto prazo (de 1 até 3 h de antecedência), na página da Epagri/Ciram e redes sociais.

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 


Foto: James Tavares/Secom

A Secretaria de Estado da Fazenda, responsável pelo recolhimento do imposto, lembra que os vencimentos dependem do final da placa do veículo, mas os contribuintes podem antecipar o pagamento a qualquer momento. A guia de pagamento, taxas, multas e seguro DPVAT podem ser emitidos na internet e paga nas agências bancárias conveniadas: Banco do Brasil, Bradesco, Itaú, Santander, Caixa Econômica Federal, Sistema Bancoob/Sicoob, HSBC, Sicredi e Cecred.

A quitação é um dos requisitos para licenciar o veículo. O não pagamento também implica em Notificação Fiscal, com multa de 50% do valor devido, mais juros SELIC ao mês ou fração. Para saber qual o valor do IPVA do seu carro, acesse a tabela disponível no site da Secretaria da Fazenda, clicando aqui.

Para pagar, clique aqui.

Imposto está 2,47% menor em SC

Os proprietários de veículos emplacados em Santa Catarina pagaram, em média, 2,47% a menos de IPVA em 2018. O Índice representa a desvalorização dos veículos em relação a 2017 de acordo com a tabela FIPE (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas), utilizada pela Secretaria de Estado da Fazenda como base de cálculo. A exceção fica por conta dos proprietários de caminhões. Neste ano os valores das carrocerias foram incorporados ao valor venal desses veículos, conforme previsto em lei.  

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

FINAL DE PLACA

COTA ÚNICA

PARCELAMENTO-COTAS

     1ª

     2ª

    3ª

1

último dia do mês de janeiro

10.01

10.02

10.03

2

último dia do mês de fevereiro

10.02

10.03

10.04

3

último dia do mês de março

10.03

10.04

10.05

4

último dia do mês de abril

10.04

10.05

10.06

5

último dia do mês de maio

10.05

10.06

10.07

6

último dia do mês de junho

10.06

10.07

10.08

7

último dia do mês de julho

10.07

10.08

10.09

8

último dia do mês de agosto

10.08

10.09

10.10

9

último dia do mês de setembro

10.09

10.10

10.11

0

último dia do mês de outubro

10.10

10.11

10.12

IPVA mais caro - R$ 72.328,52

I/LAMBORGHINI AVENTADOR, ano de fabricação 2016

 - IPVA mais barato - R$ 1,42

AGRALE RXT 16.5, ano de fabricação 1987

IPVA SC - Alíquotas vigentes

  • 2% para veículos de passeio, utilitários e motor-casa, nacionais ou estrangeiros;
  • 1% para veículos de duas ou três rodas e os de transporte de carga ou passageiros (coletivos), nacionais ou estrangeiros;
  • 1% para veículos destinados à locação, de propriedade de locadoras de veículos ou por elas arrendados mediante contrato de arrendamento mercantil.

Grupo

Tipo de veículo

Variação no valor venal entre 2014 e 2015

A

Automóveis

- 4,9%

B

Camionetas e utilitários

- 4,8%

C

Caminhões

- 8,1%

D

Ônibus/Microônibus

- 5,5%

E

Motos e Similares

-2,5%

F

Motor-casa

- 6,3%

Média

 

 - 4,4%

Caso tenha dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento Fazendária neste link ou pelo telefone 0300-645-1515.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Michelle Nunes
Fone: (48) 3665-2575/ (48) 9929-4998
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Site: www.sef.sc.gov.br 
 

Foto: Jaqueline Noceti/Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira prestigiou a inauguração da nova sede do Ministério Público de Santa Catarina, na tarde desta sexta-feira, em Florianópolis. Na solenidade, Moreira destacou que o prédio, localizado na Rua Bocaiúva, no Centro da Capital, representa uma conquista para a instituição, que poderá melhorar o trabalho de fiscalização e controle dos poderes e da sociedade. 

Em seu discurso, o governador falou sobre a importância da parceria entre os poderes, que propicia ao Estado uma melhor entrega de serviços em todas as áreas. “Santa Catarina é um estado modelo exatamente pela excelência das suas instituições. E o Ministério Público é um bom exemplo para o Brasil: de vinculação comunitária e de interesse em cuidar e preservar o bem estar das pessoas”, afirmou.

O procurador-geral de Justiça, Sandro José Neis, falou sobre a importância de manter e ampliar as parcerias com o Executivo, a exemplo do que já acontece nas áreas da Saúde e Assistência Social, para a execução de políticas públicas mais assertivas. “Esse prédio, para além de um espaço físico, tem importância na medida em que poderemos melhorar os serviços prestados à população. Haverá mais integração e vamos retribuir à sociedade com ainda mais trabalho. Esse não é um patrimônio do Ministério Público, mas de todos os catarinenses”, afirmou Neis.

Dados do edíficio

O Edifício Ministério Público de Santa Catarina tem 22 andares, sendo cinco de garagem e 17 para abrigar gabinetes, o Colégio de Procuradores de Justiça, o Conselho Superior do MP, a Corregedoria-Geral e estruturas de órgãos auxiliares.

O novo edifício também conta com o “Espaço Arte Catarinense”, em que serão expostas obras de artistas do estado. Nessa primeira etapa, estarão à disposição do público 22 obras do artista tubaronense Willy Zumblick, entre eles o quadro de 1952 “Transportando os lanchões de Garibaldi”, que ficava na Casa D’Agronômica, residência oficial do governador, agora cedida ao Ministério Público.

Informações adicionais para a imprensa

Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 4 de 340