Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Campanha Compre de SC

Campanha Compre de SC

O Governo do Estado lançou a campanha Compre de SC para incentivar o consumo de produtos produzidos em Santa Catarina. Além de estimular a produção interna e muitas vezes de pequenos produtores, a campanha faz a economia girar, gerando renda e emprego.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo conheceu na noite desta segunda-feira, 22, na Casa d'Agronômica, em Florianópolis, o Projeto Fruticultura, que visa incrementar a produção de frutas mediante a criação de linhas específicas de financiamento para acesso a novas tecnologias do setor. 

“É um estudo muito bom, profundo e que mostra caminhos importantes. Nossos técnicos vão avaliar com bastante atenção. Nós precisamos nos preparar para o futuro e fazer mais com menos”, disse Colombo. O governador destacou que o tema é importante, envolve muitas famílias que dependem da fruticultura e que o governo tem programas para auxiliar. “O governo tem uma série de programas que nós precisamos afinar e fazer com que produzam ainda mais resultados”, afirmou.

O projeto é de autoria do deputado estadual Natalino Lázare e busca incentivar produtores que possuem áreas ociosas em suas propriedades a empregá-las para a produção de frutas. Nesse caso, será disponibilizado um “pacote tecnológico” contendo informações como as variedades mais propícias ao clima e ao solo de cada região, formas de plantio e manejo, equipamentos para irrigação e proteção contra granizo e geada. Tudo já com os custos para implementação, além de orientações de como acessar as linhas de crédito existentes.

>>> Galeria de fotos

“Estamos trazendo para o governador uma ideia de incrementar ainda mais essa atividade na agricultura, porque é mais uma fonte de renda e precisamos dar esse apoio público aos nossos produtores. É uma alternativa econômica. Nós temos uma região muito próspera e desenvolvida na área da fruticultura, com solo preparado para isso, clima favorável e, sobretudo, com gente que tem a vocação de plantar e produzir frutas”, explicou Natalino Lázare.

Outra possibilidade levantada é que parte das frutas cultivadas sejam destinadas à fabricação de sucos, cuja rentabilidade é assegurada a partir de pomares em terras com mais de um hectare.

Santa Catarina ocupa o 6º lugar em produção de frutas do Brasil. A região do Meio-Oeste é responsável por 50% da produção de maçã do país e também lidera a produção de uvas, dentre outras culturas. 

De acordo com o mais recente relatório elaborado pela Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), entre 2014 e 2015 as principais lavouras frutícolas permanentes no estado somaram algo próximo a 55 mil hectares. Esse cultivo envolveu cerca de 14 mil produtores e resultou em uma safra de mais de 1,5 milhão de toneladas, que foram comercializadas pelo valor bruto de R$ 1 bilhão.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Fabricia Carneiro / ADR Laguna

O governador Raimundo Colombo estará nesta terça-feira, 23, em Garopaba, Laguna e Tubarão. O primeiro compromisso está marcado para as 10h30 em Garopaba, para a inauguração da EEB Prefeito Luiz Carlos Luiz, no Bairro Ambrósio.

A obra da EEB Prefeito Luiz Carlos Luiz integra os investimentos do Governo do Estado por meio do Pacto pela Educação e está orçada em R$ 10,7 milhões. A nova escola com capacidade de 700 alunos começou suas atividades em março deste ano e atende cerca de 530 estudantes de ensino médio, nos turnos matutino, vespertino e noturno.

Edificada em cinco blocos, a estrutura disponibiliza em seus mais de 6 mil metros quadrados de área construída 12 salas de aula; sete laboratórios (dois de informática, matemática, química, física, biologia e línguas); ginásio de esportes; teatro de arena e um auditório com capacidade para 161 pessoas. O prédio possui centro de convivência com área de alimentação e biblioteca, além da área reservada ao setor administrativo e professores.

“Com a inauguração as comunidades escolar e local ganharão um espaço amplo e moderno que proporcionará aos estudantes um ambiente de ensino diferenciado e atrativo”, declarou o secretário executivo da ADR Laguna Luiz Felipe Remor.

Depois, o governador vai à comunidade do Farol de Santa Marta, em Laguna, por volta das 12h, onde entegra a ordem de serviço para asfaltamento do acesso ao Farol. Serão feitos serviços de terraplenagem, pavimentação, drenagem, obras de arte corrente, sinalização, obras complementares e obras de arte especiais numa extensão de 2,442 quilômetros. Os serviços serão realizados pela empresa BCL Empreendimentos Ltda, com investimentos na ordem de R$ 3.887.113,08.

Apresentação do Fundam 2  em Tubarão

A partir das 15h, o governador Raimundo Colombo estará em Tubarão  para apresentar a segunda edição do Fundo de Apoio aos Municípios (Fundam). A apresentação será feita no auditório do Praça Shopping no Centro de Tubarão para os 18 prefeitos que compreendem a Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel).

Ainda em Tubarão, o governador participa das festividades do mês de aniversário do município. Às 18h estará no lançamento do projeto Tubarão 180º, que vai planejar a cidade para os próximos 33 anos com o objetivo de tornar a melhor cidade do Brasil para se viver. Além disso, Colombo participará de assinaturas de atos de investimentos na cidade.

Informações adicionais para a imprensa

Fabrícia Silveira Carneiro
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Laguna
E-mail: imprensa@lga.sdr.sc.gov.br
Fone: (48) 3647-7707 / 98843-3563
Site: www.adrs.sc.gov.br/adrlaguna

Eduardo Zabot
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de Tubarão
E-mail: imprensa@tro.sdr.sc.gov.br
Telefone: (48) 3631-9125 / 98843-1702
Site: sdrs.sc.gov.br/sdrtubarao

Descrição do áudio

O governador Raimundo Colombo participou de um debate sobre as alternativas de abastecimento de gás natural para os estados da região Sul a partir de 2020, na manhã desta segunda-feira, 22, em Florianópolis./
Com o fim do contrato entre a Petrobras e a Bolívia em 2019, os estados do Sul e o Mato Grosso do Sul poderão negociar a compra de gás natural diretamente com o governo boliviano./
Colombo lembrou que Santa Catarina oferece o gás mais barato do país e destacou que o objetivo é negociar um novo contrato com menor preço para reduzir ainda mais os custos para os consumidores desse insumo./
SONORA
De acordo com o presidente da SCGás, Cósme Polêse, Santa Catarina é o terceiro mercado de gás natural do país e apresenta uma tendência de crescimento na utilização dessa fonte energética./
Por isso, Polêse considera fundamental a negociação do novo contrato de fornecimento de gás para o estado./
SONORA
O encontro em Florianópolis é organizado pela International Gas Union (IGU) e segue até esta terça-feira, 23.//

Duração: 2 Min. 11 Seg.
Apresentação: Marcos Lampert
Técnica: Marcos Lampert
Produção: Serviço de Rádio da Secretaria de Estado da Comunicação
Contato: (48) 3665-3003 / 3665-3051
E-mail: radio@secom.sc.gov.br

>>>Todos os boletins da Rádio Secom


Foto: Aires Mariga/Arquivo Epagri

Nesta semana, Balneário Arroio do Silva, no Sul do Estado, será o centro das atenções da cadeia produtiva do maracujá no Brasil. A Epagri realiza o VII Simpósio Brasileiro sobre a cultura do maracujazeiro e o II Seminário Sul-Brasileiro sobre Maracujazeiro, que ocorrem de 23 a 25 de maio no Hotel Scaini.

O objetivo do evento é atualizar tecnologicamente a cadeia produtiva do maracujá, trazendo inovações que possam alavancar o desenvolvimento da cultura. Os organizadores pretendem, também, reunir pesquisadores, técnicos e professores para definir novos rumos na geração e difusão de conhecimento para o produtor de maracujá do Brasil.

“Durante esses três dias, serão promovidos diálogos entre os participantes, principalmente sobre técnicas de cultivo, mercado interno e externo para frutos e produtos industrializados, bem como os desafios para a estabilização dessa cultura nas diferentes regiões do Brasil na próxima década”, destaca Henrique Belmonte Petry, pesquisador da Epagri na Estação Experimental de Urussanga.

A programação inclui temas como mercado nacional e de exportação de maracujá e seus derivados, a situação da cultura em todas as regiões do Brasil, sistema de plantio direto, melhoramento genético e manejo integrado de pragas e doenças. Também haverá uma visita guiada a pomares comerciais do Sul catarinense. O evento trará especialistas de instituições de pesquisa e empresas de todo o Brasil.

O evento conta com apoio institucional da Sociedade Brasileira de Fruticultura, do Instituto Agronômico de Campinas, da Embrapa-Cerrados, da Cidasc, da UFRGS, do IFC-Santa Rosa do Sul e da Unisul-Tubarão. Produtores e outros membros da cadeia produtiva também apoiam o evento.

Maracujá em SC

De acordo com o Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Cepa), Santa Catarina conta com 1.260ha plantados de maracujá e colheu, em 2014/15, cerca de 22,4 mil toneladas. O Valor Bruto da Produção (VBP) alcançou R$ 25,5 milhões.

O Litoral Sul catarinense é responsável por 84,5% do maracujá produzido no Estado. Na safra 2014/15, a região colheu 18.936t em 1.075ha. Os principais municípios produtores são Sombrio, com 8.150t, Jacinto Machado, com 2.600t, e Araranguá, com 2.400t. A cultura já é a terceira atividade agrícola mais importante na região.

Esse resultado não vem por acaso: é fruto do esforço dos produtores em parceria com a Epagri, que mobilizou profissionais de pesquisa e extensão com a missão de estruturar a cadeia produtiva na região e consolidar a cultura como uma atividade rentável para os agricultores. O objetivo é gerar, validar e difundir tecnologias para melhorar a produtividade e tornar o cultivo mais sustentável.

>>> Mais informações sobre o evento

Mais informações e entrevistas:

Henrique Belmonte Petry - Epagri/Estação Experimental de Urussanga: (48) 34031379.

Stevan Grützmann Arcari - Epagri/Estação Experimental de Urussanga: (48) 9127 9293.

Reginaldo Ghellere - Epagri/Gerência Regional de Araranguá: (48) 3529 0306.

Darlan Rodrigo Marchesi - Epagri/Gerência Regional de Criciúma: (48) 3403 1074.

Informações para a imprensa
Gisele Dias, jornalista: (48) 99989-2992 / 3665-5147
Cinthia Freitas, jornalista: (48) 3665-5344
Isabela Schwengber, jornalista: (48) 3665-5407


Foto: James Tavares/Secom Arquivo

Depois de um final de semana de muita chuva em Santa Catarina, a segunda-feira, 22, começa com predomínio de sol entre algumas nuvens em todas as regiões. A temperatura estará mais baixa. Conforme o meteorologista da Epagri/Ciram, Marcelo Martins, uma massa de ar frio e seco chegou ao Sul do Brasil e enviou a frente fria para o oceano.

Na terça-feira, haverá condições de chuva e trovoadas a partir da manhã no Oeste. Nas demais regiões, aberturas de sol com aumento de nuvens. No Meio-Oeste, Planalto Sul e Litoral, pode chover no decorrer da tarde e da noite.  

O meteorologista Marcelo Martins explicou que a condição se dá devido à formação de uma nova área de instabilidade que se forma no Oeste e Meio-Oeste e que resulta em pancadas de chuva. A temperatura estará baixa na madrugada, sofrendo uma pequena elevação durante o dia. O vento sopra de Nordeste no Oeste e Meio-Oeste e de Sudeste a Nordeste nas demais regiões.

Para a quarta-feira, a previsão é de tempo instável, com chuva na maioria das regiões, melhorando no decorrer do dia a partir do Norte do Estado. A temperatura estará em pequena elevação. O vento sopra de Nordeste a Norte, fraco a moderado, com rajadas.

Recomenda-se o acompanhamento diário da previsão do tempo.

Qualquer problema deve ser comunicado à Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou do Corpo de Bombeiros no número 193.

>>> Chuva do fim de semana deixa Defesa Civil em alerta

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006

Página 315 de 343