Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Paratletas conhecem trabalho dos bombeiros - 24/07/2017

Paratletas conhecem trabalho dos bombeiros - 24/07/2017

Um encontro entre os alunos do curso de Cabo do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e os paratletas do Instituto Paulo Escobar resultou em um dia emocionante. Durante três horas, o grupo conheceu técnicas de salvamento e resgate de vítimas, uma experiência de inclusão social importante para pessoas com necessidades especiais. Foram cinco oficinas realizadas, proporcionando atividades muito diferentes da rotina dos paratletas.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Porto de Imbituba/Divulgação

O Programa de Pesquisa e Monitoramento das Baleias Francas desenvolvido pela SCPar Porto de Imbituba é novamente vencedor do Prêmio Empresa Cidadã ADVB/SC, promovido pela Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing de Santa Catarina. O trabalho realizado pela Autoridade Portuária foi avaliado por um time de professores da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM–Sul) e está entre os quatro vencedores na categoria Preservação Ambiental.

A cerimônia de entrega da premiação acontecerá no dia 20 de julho, em Chapecó. Também serão premiados quatro cases na categoria Desenvolvimento Cultural e sete projetos de sucesso na categoria Participação Comunitária.

A SCPar Porto de Imbituba realiza o programa anualmente, no período de julho a novembro, desenvolvendo ações de monitoramento aéreo e terrestre da Baleia Franca Austral no principal perímetro de concentração reprodutiva e de criação de filhotes da espécie em águas brasileiras: o Porto de Imbituba e suas adjacências. O monitoramento busca catalogar sua localização e comportamento, mantendo zerada a possibilidade de colisão entre a baleia franca e as embarcações destinadas ao Porto de Imbituba, e incentiva ainda a preservação do habitat natural dessa espécie migratória que utiliza a costa catarinense para acasalar, procriar e amamentar seus filhotes.

Para o gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da SCPar Porto de Imbituba, Robson Busnardo, “a continuidade do trabalho de monitoramento e pesquisa desenvolvido com as baleias demonstra que a autoridade portuária está ciente das responsabilidades sobre a sustentabilidade na área portuária e entende que a preservação do meio ambiente é fundamental para alcançar os objetivos da empresa, estando enraizada em seus valores. A conquista de reconhecimentos como o da ADVB/SC prova que estamos no caminho certo e nos dá mais energia para continuarmos desenvolvendo nossos projetos".

Mais informações para a imprensa:
Géssica da Silva
Comunicação Social
SCPar Porto de Imbituba
Fone: (48) 3355-8908
E-mail: gessica.silva@portodeimbituba.com.br
www.portodeimbituba.com.br


Foto: Jaqueline Noceti/Secom

Um sistema de ar seco no Sul do Brasil faz o sol e a temperatura elevada se manterem em Santa Catarina nesta quinta-feira, 29. Segundo a Epagri/Ciram, haverá poucas nuvens em todas as regiões do estado. A temperatura máxima varia entre 22ºC a 30ºC durante a tarde, mantendo o dia quente para a época do ano. O vento, de Nordeste a Noroeste, tem intensidade de fraca a moderada, com rajadas.

Na sexta-feira, 30, está prevista a passagem de uma frente fria por SC, seguida de uma massa de ar frio avançando para o Sul do Brasil. Haverá aumento de nuvens e chuva fraca, porém muito isolada no estado. Do Oeste ao Litoral Sul, o tempo melhora entre a tarde e noite, quando a chuva atinge as demais regiões do Estado. A temperatura estará em declínio. O vento de Noroeste deve virar para Sul.

O final de semana deverá registrar temperaturas amenas em todo o estado. O sábado começa com muitas nuvens. No decorrer do dia, o sol passa a predominar com a atuação de uma massa de ar frio e seco. O domingo também deve ser de sol, mas com temperatura maisbaixa na madrugada, devido ao predomínio de uma massa de ar frio e seco. Há previsão de formação de geada, com temperatura mínima próxima de 0°C (entre -2°C e 2°C), nas áreas altas do Oeste ao Planalto.

>>> Mais detalhes da previsão para esta quinta

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br
Facebook

Fotos: Helena Marquardt/ADR ibirama

O dia foi de competições para mais de 100 crianças e adolescentes de escolas da Rede Estadual de Ensino da Regional de Ibirama que disputaram nesta quarta-feira, dia 28, a etapa microrregional dos Jogos Escolares de Santa Catarina (Jesc). As provas foram realizadas no Estádio Municipal Alfredo João Krieck, em Rio do Sul.

O assessor de Esportes e Lazer da Prefeitura de Ibirama, Jimenis Reiner, que integra a comissão que coordena o evento, explica que a etapa do Atletismo estava marcada para maio, mas em virtude das chuvas que atingiram o Alto Vale as competições puderam ser realizadas somente agora, mesmo assim foi um sucesso. “O balanço foi muito positivo, pois tivemos a participação das unidades escolares e para nós é uma satisfação a presença de todos que vieram participar, sejam técnicos e alunos das categorias de 12 a 14 ou  15 a 17 anos”, comentou.

Ele ressaltou ainda que a qualidade técnica da equipe de arbitragem e as ótimas condições da estrutura para atletismo em Rio do Sul favoreceram o evento. “Tivemos grandes disputas e essa é uma grande oportunidade para eles porque sabemos que o atletismo é praticado em ainda dentro da unidade escolar, porém, os municípios dificilmente fazem competições, então eles tem essa prova apenas nos Jogos Escolares e temos a esperança de ter mais competições desse nível para revelar talentos.”

ADR de Ibirama realiza provas de atletismo  da etapa microrregional dos JESC

O gerente de Educação da ADR de Ibirama, Nilo Poffo, prestigiou o evento e afirmou que o esporte é fundamental para esses estudantes. “Ele vem complementar todo o processo educativo. Através dele eles aprendem a se respeitar, a se ajudar e a ter fraternidade. O esporte é uma peça de educação muito importante.”

Os classificados da etapa microrregional ganham o direito de disputar a etapa estadual que acontece nos dias 15 e 16 de julho em Itajaí.

Mais informações para a imprensa:
Helena Marquardt
Assessoria de Comunicação ADR Ibirama
Fone: (47) 3357-8908 / (47) 98819-9350
Site: www.adrs.sc.gov.br/adribirama
Facebook:www.facebook.com/regional.ibirama


Foto: Rosália Pessato / SPG 

Inovação tecnológica, empreendedorismo e valorização do meio rural e da atividade pesqueira foram os temas levantados como prioritários para 2030 por representantes do Governo do Estado e sociedade civil organizada  nesta quarta-feira, 28, em Florianópolis. As propostas da área de agricultura e pesca integram o Plano de Desenvolvimento de Santa Catarina 2030, cuja elaboração é coordenada pela Secretaria de Estado do Planejamento com apoio técnico da UFSC.

“Quem não tem um plano, não tem rumo, por isso a importância deste evento. Temos a agricultura como pilar em Santa Catarina, um modelo diversificado da agropecuária, investimentos na agricultura familiar com produtos de qualidade, com custos competitivos e uma cadeia logística onde as cooperativas tem papel fundamental. Mas estamos sofrendo um esvaziamento do campo e precisamos reter os jovens”, afirmou o secretário adjunto de Estado da Agricultura e Pesca Airton Spies.

Os participantes do workshop sugeriram melhorar a infraestrutura no meio rural com estradas para veículos pesados, energia elétrica trifásica, internet e modernização das estruturas de produção animal e vegetal. Com isso, melhora-se a qualidade de vida dos agricultores e facilita a sucessão das atividades rurais. Nos últimos dez anos, houve redução de 12% da população no campo.

Estima-se que o agronegócio representa 18% da economia catarinense e 30% dos empregos no Estado quando o cálculo inclui produção florestal, móveis, bebidas, celulose, papel, indústria alimentícia, têxtil, da madeira e insumos da agroindústria. Os destaques da produção animal são suínos, frango e leite que passa por processo de industrialização maior que a média nacional. Já quanto à produção vegetal, estão maçã, cebola, fumo e arroz. Santa Catarina também é líder nacional na produção pesqueira e aponta crescimento da piscicultura.

“Foi um evento muito produtivo que indicou estratégias de mudanças tecnológicas e institucionais para o aprimoramento da agricultura e da pesca em Santa Catarina”, ressaltou o professor da UFSC Marcelo Arend.

Participaram do workshop representantes das secretaria estaduais de Agricultura e Pesca, Fazenda e Planejamento, além de Epagri, Ceasa, Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina, Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc) e as cooperativas de crédito Sicoob e Cresol.

Propostas de objetivos estratégicos

- Meio Rural e o Pesqueiro valorizados pela sua diversidade social, ambiental e cultural
- Meio Rural e Pesqueiro providos de infraestrutura de qualidade reconhecida pelos seus habitantes.
- Meio Rural e Pesqueiro ofertando produtos e serviços diferenciados e diversificados, com produção limpa e competitiva.
- Promover a sustentabilidade em termos de geração de renda do meio rural e pesqueiro por meio de cadeias produtivas e políticas de estimulo à inovação e diferenciação do produto.
- Garantir a conformidade jurídica, fundiária, ambiental, sanitária, fiscal e societária no meio rural.
- Promover a inclusão social e produtiva das populações tradicionais e de baixa renda no meio rural.
- Criar um ambiente de negócios favorável ao empreendedorismo através de uma burocracia positiva que permita o surgimento de uma indústria de serviços no meio rural e a conformidade legal dos negócios.
- Melhorar a infraestrutura no meio rural com estradas para veículos pesados, energia elétrica trifásica, internet e modernização das estruturas de produção animal e vegetal.
- Certificar a condição de bem estar animal e a rastreabilidade total para assegurar um diferencial competitivo da produção
- Ampliar a produção aquícola e pesqueira de SC com sustentabilidade, inovação tecnológica, empreendedorismo e gestão adequada de recursos.
- Melhorar/aumentar a segurança da produção agropecuária e das relações entre os elos das cadeias produtivas

Sobre o Plano de Desenvolvimento de Santa Catarina 2030

O Plano de Desenvolvimento de Santa Catarina 2030 abordará quatro grandes dimensões: Desenvolvimento Econômico, Desenvolvimento Social, Infraestrutura e Meio Ambiente e Gestão Pública. É uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Planejamento, em cooperação com a UFSC e com apoio da FAPESC.

Está sendo construído de forma participativa a partir do estabelecimento de indicadores, metas, objetivos e estratégias como instrumento auxiliar para a ação governamental em Santa Catarina. Busca responder as seguintes questões: onde estamos, aonde queremos chegar, como vamos chegar lá e com quais instrumentos de governança.

Até meados de julho serão realizados workshops setoriais abordando os temas: indústria, comércio, ciência e tecnologia; pessoal e finanças; cultura, esporte e turismo; saúde; educação; segurança pública; assistência social, trabalho e habitação; agricultura e pesca; meio ambiente; infraestrutura; mobilidade urbana. Depois dessa etapa, a equipe técnica fará entrevistas com especialistas de cada área e apresentará o conteúdo em workshops regionais (Grande Florianópolis, litoral norte, litoral sul, Planalto Serrano, Planalto Norte, Alto Vale do Itajaí, Meio Oeste e Oeste).

Informações adicionais para imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado do Planejamento
E-mail: rosalia@spg.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3319/99186-9740

Telas pintadas por artistas curitibanenses e da região começaram a ser expostas nesta terça-feira, 27, no Centro Administrativo do Governo de Santa Catarina, em Florianópolis. Projeto denominado ‘Nossa Essência em Cores’ permanecerá por duas semanas com os trabalhos expostos no hall de entrada para apreciação do público que ali passar.

Organizada pela ADR e UnC de Curitibanos, a exposição ainda está aberta a receber obras. “Tivemos esta iniciativa para mostrar um pouco dos nossos valores, dos nossos talentos regionais, a nossa cultura e as diversas formas de expressão que temos”, ressalta a secretária executiva em exercício, Cristina Maria Agustini Moraes Erhartdh.

Ana Paula Della Giustina, diretora do campus da UnC, diz que a iniciativa visa a valorização do artista. “Sabemos do esforço e da dedicação deles para retratar sonhos, angústias, temas sociais, nossas contradições humanas e por isso esperamos e buscamos este reconhecimento aos nossos artistas regionais”, frisa.

Dois dos artistas que colocaram suas obras à disposição, estavam presente no lançamento da exposição: Adriana Volpi e Jean Cleiton Rodrigues. Outros artistas da região que expõem seus trabalhos são Débora Aparecida Almeida, Dalva Regina Ronsani, Edla Ronchi (in memorian) e Marines Gazzola Paust.

A artista plástica curitibanense Adriana Volpi já tem inclusive reconhecimento internacional. Ela realiza exposições individuais com bastante frequência no Brasil, Miami, Nova York e Paris. Alguns de seus trabalhos já ilustraram publicações como a coleção de cartões do UNICEF, revista Marie Claire HK e The Washington Post.

Adriana começou a expor fora do país em 2006 com uma exposição para mulheres em Miami. “Foi realmente um grande marco em minha vida, muito emocionante, muito desafiador”, conta.  “É uma prova de que ser pode chegar onde quiser, basta disciplina, persistência, mas acima de tudo amar o que se faz”, orienta.

Outro artista curitibanense que impressiona o público da região de Curitibanos desde seus oito anos é Jean Cleiton Rodrigues. Incentivado por professores, ele realça seu talento em telas impressionantes. “Gosto de retratar um pouco da cultura da nossa região como a figura do monge, do cavalo. Também me agradam temas como o Carnaval de Veneza e a Santa Ceia”, explica.  

Informações adicionais para a imprensa:
Fabio Claudino Fontana
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Curitibanos
E-mail: ascom@cbs.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3412-3011 / 98839-0615
Site: sc.gov.br/regionais/curitibanos

 

Página 50 de 107