Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Viva a Ponte de Santa Catarina



Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Alexandre Mees/Cidasc

Fruticultores catarinenses estão de olho no mercado indiano. A Índia autorizou a importação de maçã fresca do Brasil e Santa Catarina deve ampliar ainda mais as vendas para o país. A partir de agora, para o controle de pragas, as empresas exportadoras podem realizar o tratamento a frio em pré-embarque e em trânsito, por 40 dias, nos carregamentos de maçãs do Brasil.

Prevendo o aumento nas exportações catarinenses de maçã, a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc) irá auxiliar o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) na fiscalização dos requisitos de tratamento realizados pelas empresas exportadoras, principalmente nas regiões de Fraiburgo e São Joaquim.

A Índia já dá sinais de que pode ser um mercado promissor para as maçãs catarinenses. De janeiro a julho deste ano, o Estado exportou 41 toneladas da fruta para aquele país – o dobro do que foi exportado no mesmo período de 2016. “Estou convicto que já em 2018 a Índia será o maior destino de nossas exportações de maçãs frescas”, diz o diretor executivo da Associação Brasileira de Produtores de Maçã (ABPM), Moisés Lopes de Albuquerque.

Antes da nova regulamentação, as maçãs enviadas para a Índia deviam passar por um tratamento pré-embarque com brometo de metila, substância potencialmente danosa ao meio ambiente e de uso restrito a determinadas situações. A autorização para aplicar o produto era renovada anualmente, o que trazia insegurança para os exportadores.

Nos últimos anos, o principal destino das maças brasileiras foi Bangladesh. Com a retirada do entrave fitossanitário, estima Albuquerque, o Brasil deverá ter um crescimento relevante nas exportações para o mercado indiano.

Produção

A produção brasileira safra 2016/2017 foi de 1,3 milhão de toneladas. Santa Catarina e Rio Grande do Sul são os grandes produtores de maçãs, seguidos pelo Paraná. A região Sul produz 98% da safra nacional da fruta.

Até julho deste ano, o Brasil embarcou 55 mil toneladas, com divisas de US $ 42 mil. Os principais compradores da maçã brasileira são Bangladesh - em média 35% do volume total exportado -, Irlanda, Portugal, Reino Unido, França, Rússia, Espanha, Emirados Árabes Unidos, Países Baixos (Holanda), Suécia, Arábia Saudita e Índia.

Mais informações à imprensa:

Coordenação-geral de Comunicação Social
Inez De Podestà
Imprensa@agricultura.gov.br

Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/


Fotos: James Tavares / Secom

Ao atracar no Porto de Imbituba nesta terça-feira, 5, o navio Cap San Juan, com 331 metros de comprimento, deu início a uma nova fase do desenvolvimento econômico da região. Esta foi a primeira escala no porto de uma nova rota de navios gigantes vindos da Ásia, transportando contêineres para atender aos maiores mercados do mundo. A partir de agora, a cada semana um navio chegará a Imbituba dentro da nova linha comercial. 

O governador Raimundo Colombo e a direção do Porto de Imbituba acompanharam a operação desta terça, junto a autoridades da região. “O porto já vem apresentando resultados extraordinários e agora passamos a contar com essa nova linha que vai trazer um ganho extraordinário. O Estado fica ainda mais competitivo e o Porto de Imbituba se consolida como o porto que mais vai crescer no Brasil”, avaliou Colombo.


Fotos: Jaqueline Noceti/Secom

Nas comemorações de cem anos de Porto União, no Planalto Norte catarinense, nesta terça-feira, 5, o governador Raimundo Colombo participou da inauguração da Praça do Centenário Prefeito Victor Buch Filho e fez a transferência provisória e simbólica da capital do estado para o município, conforme Lei 17.162 de 5 de junho de 2017. Colombo também recebeu o título de Cidadão Honorário da cidade.

“Porto União tem uma bela história, forte, corajosa e cheia de ideal, lutando sempre pelo bem estar, e dá uma grande contribuição para o desenvolvimento de Santa Catarina. Estamos aqui para reconhecer e valorizar todo esse trabalho. O Governo do Estado é parceiro e está a disposição para trabalharmos juntos na busca de mais resultados positivos para nossa população”, disse o governador.

>>> Galeria de fotos

O município conta com 34.551 habitantes, segundo estimativa no IBGE (dados de 2013). Está localizado a 430 quilômetros de Florianópolis, 240 quilômetros de Curitiba e 271 quilômetros de Joinville. Porto União também está a apenas um passo da cidade-irmã União da Vitória, no Paraná. As duas cidades são separadas apenas por trilhos de trem e ladeadas pelo Rio Iguaçu.



O prefeito Eliseu Mibach destacou que são cem anos de história, trabalho e luta. “É um momento de glória e de homenagens a todos aqueles que trabalharam para desenvolver Porto União. Hoje, temos uma cidade pujante e que engrandece o nosso Estado. E nosso objetivo é fazer com que nosso município se torne cada vez melhor”, salientou.

Mibach explicou que o nome da praça é uma homenagem a Victor Buch Filho, que foi prefeito no cinquentenário do município, celebrado no ano de 1967, e que contribuiu para o desenvolvimento e progresso de Porto União. Victor Buch Filho faleceu em maio deste ano. Na praça, será depositada uma cápsula do tempo contendo fragmentos da história do município e só poderá ser aberta daqui 50 anos.

O município, conhecido como Capital Catarinense do Steinhaeger e do Xixo, possui infraestrutura com comércio, serviços e indústrias. Conforme dados da prefeitura, a madeira constitui-se em um pilar econômico importante, com as indústrias de esquadrias e compensados de madeiras representando mais de 30% da produção nacional. Também recebem destaques as atividades rurais com a produção de leite, soja e milho.

As comunidades do município foram colonizadas por alemães, italianos, ucranianos, poloneses e suíços. Eventos tradicionais como a Festa da Fogueira de São Pedro e São Paulo, a Bergbauernfest – Festa do Colono da Montanha, a Festa do Peixe e a Festa Nacional do Steinhaeger e do Xixo, levam as pessoas às ruas para apreciarem gastronomia, músicas e danças típicas dos grupos folclóricos das variadas etnias que compõem a população.

“Hoje é dia de agradecimento a todos que nos antecederam e que ajudaram a construir Porto União. E que venham muitos outros centenários”, destacou o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Canoinhas, Aloísio Francisco Salvatti.

Título de Cidadão Honorário


No Clube Recreativo 25 de julho, o governador Raimundo Colombo foi homenageado com o Título de Cidadão Honorário de Porto União. A proposta foi do vereador Christian Martins e aprovada por unanimidade pelos demais vereadores. A honraria é concedida em reconhecimento à prestação de serviços relevantes ao município.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: FCC/Arquivo

Durante o feriadão de Independência do Brasil, celebrado nesta quinta-feira, 7, alguns dos espaços culturais administrados pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) atenderão ao público em horários especiais até o próximo domingo, 10.

O Centro Integrado de Cultura (CIC) estará aberto durante todo o período, bem como o Museu de Arte de Santa Catarina (Masc) com exposições em cartaz; o Cinema do CIC, com programação gratuita de sexta-feira a domingo; o Teatro Ademir Rosa, que terá apresentações na quinta, sexta e sábado; e o Espaço das Oficinas de Arte, que está com exposição aberta à visitação.

A Casa de Campo do Governador Hercílio Luz, em Rancho Queimado, e o Museu Nacional do Mar, em São Francisco do Sul, abrem todos os dias; enquanto o Museu Histórico de Santa Catarina, localizado no Centro de Florianópolis, também atenderá ao público em todos os dias, mas com horário diferenciado na quinta-feira.

Já a Casa da Alfândega, no Centro da Capital; e o Museu Etnográfico Casa dos Açores, em Biguaçu, fecham na quinta-feira, mas reabrem normalmente ao público a partir de sexta-feira, 8. A Biblioteca Pública de Santa Catarina, no Centro de Florianópolis, estará fechada durante todo o período, bem como o Museu da Imagem e do Som (MIS/SC), no CIC, que está sem exposições abertas.

Centro Integrado de Cultura (CIC)

De 7 a 10/9 (quinta-feira a domingo): aberto em horário normal, das 10h às 21h.
Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Contato: (48) 3664-2555

Cinema do CIC

Terá sessões de quinta-feira a domingo (7 a 10/9), normalmente.
Consulte a programação
Endereço: Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis
Contato: (48) 3664-2555.

Museu Histórico de Santa Catarina - Palácio Cruz e Sousa

Dia 7/9 (quinta-feira): abre em horário de feriado, das 10h às 16h
Dia 8/9 (sexta-feira): abre em horário normal, das 10h às 18h
Dias 9 e 10/9 (sábado e domingo): abre em horário normal, das 10h às 16h
Confira a programação de exposições temporárias
Endereço: Praça XV de Novembro, 227 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6363

Museu da Imagem e do Som de Santa Catarina (MIS/SC)

De quinta-feira a domingo (7 a 10/9): fechado
Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2650

Museu de Arte de Santa Catarina (Masc)

De quinta-feira a domingo (7 a 10/9): abre em horário normal, das 10h às 21h
Confira a programação de exposições temporárias
Endereço: no Centro Integrado de Cultura (CIC) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600 – Agronômica – Florianópolis
Contato: (48) 3664-2629

Museu Nacional do Mar - Embarcações Brasileiras

Quinta-feira (7/9): abre em horário especial, das 12h às 18h (bilheteria fecha às 17h30)
De sexta-feira domingo (8 a 10/9): abre em horário normal, às 10h às 18h (bilhteria fecha às 17h30)
Endereço: Rua Manoel Lourenço de Andrade, 133 - Centro - São Francisco do Sul
Contato: (47) 3481-2155

Casa de Campo do Governador Hercílio Luz

De quinta-feira a domingo (7 a 10/9): abre em horário normal, das 10h às 17h
Endereço: Rua Paulo Sell, 428 - Taquaras - Rancho Queimado 
Contato: (48) 3275-1453

Biblioteca Pública de Santa Catarina

De quinta-feira a domingo (7 a 10/9): fechada
Endereço: Rua Tenente Silveira, 343 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6422

Casa da Alfândega

Dia 7/9 (quinta-feira): fechada
Dia 8/9 (sexta-feira): abre em horário normal, das 9h às 18h30
Dia 9/9 (sábado): abre em horário normal, das 9h às 13h
Endereço: Rua Conselheiro Mafra, 141 - Centro - Florianópolis
Contato: (48) 3665-6097

Museu Etnográfico Casa dos Açores

Dia 7/9 (quinta-feira): fechado
Dia 8/9 (sexta-feira): abre em horário normal, das 8h às 12h e das 13h às 17h
Dias 9 e 10/9 (sábado e domingo): abre em horário normal, das 9h às 12h30 e das 13h30 às 18h
Endereço: BR-101, km 189 - Balneário São Miguel - Biguaçu
Contato: (48) 3665-6195

Informações adicionais para a imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Cultura - FCC
E-mail: fernanda@fcc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-2571/ 98802-1822
Site: www.fcc.sc.gov.br


Foto: Corpo de Bombeiros/Arquivo

Foram confirmadas as inscrições de 10.228 candidatos para as 300 vagas no curso de formação de soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina, segundo levantamento preliminar da empresa Objetivas, vencedora da licitação para realização do concurso. O número compreende 7.612 candidatos do sexo masculino, que concorrem em 282 vagas. As outras 2.616 inscrições são de mulheres, que concorrem a uma das 18 vagas destinadas ao sexo feminino.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o número de inscritos ainda pode aumentar, pois há inscrições em processo de deferimento ou indeferimento. Entretanto, a corporação já considera uma elevada procura no curso de formação de soldados e acredita que a concorrência pode ser um indicativo do elevado prestígio que os bombeiros de Santa Catarina conquistaram junto à população.

Até o momento, o índice para inscritos do sexo masculino é de 26,9 candidatos para uma vaga. Já o índice feminino é de 145,3 mulheres por vaga.

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br

Página 500 de 612

Conecte-se