Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Medalha Zilda Arns

Medalha Zilda Arns

A medalha Zilda Arns é uma justa homenagem a quem dedica a vida para fazer o bem às pessoas. Nesta semana, o governador Eduardo Pinho Moreira entregou o título ao médium Divaldo Pereira Franco. Homem que desenvolveu um belíssimo trabalho caritativo, fruto da vontade de servir o próximo.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Divulgação / Epagri

A nova Lei Estadual da Piscicultura atende uma demanda antiga dos pescadores catarinenses, que terão uma norma condizente com a realidade de Santa Catarina. O Governo do Estado encaminhou o Projeto de Lei para Assembleia Legislativa e aguarda o resultado da votação em plenário.

O Projeto é uma atualização da Lei nº 15.736/2012, que disciplina a piscicultura de águas continentais no estado e busca adequá-la ao Código Florestal Brasileiro e ao Código Estadual do Meio Ambiente. A principal mudança será nos critérios para o licenciamento ambiental. A proposta é que a piscicultura seja permitida em áreas de preservação permanente – seguindo critérios que liberem a produção, sem comprometer a preservação da vegetação nativa.

A piscicultura catarinense tem características diferentes de outros estados. Em Santa Catarina, a grande maioria das propriedades tem menos de 50 hectares e conta com mão de obra familiar. Com o espaço reduzido, 95% dos açudes e viveiros para cultivo de peixes de água doce estão em áreas de preservação permanente. E, por isso, os produtores não possuem licença ambiental, ficando impossibilitados de acessar o crédito rural, os programas de fomento do Governo Federal e Estadual e, até mesmo, as medidas de recuperação ambiental.

A verdade é que tanto o Código Florestal quanto o Código Estadual do Meio Ambiente já autorizam a piscicultura em áreas de preservação permanente. Então a Lei Estadual da Piscicultura irá apenas regulamentar o licenciamento ambiental e dar mais segurança jurídica aos piscicultores, que em sua maioria são agricultores familiares.

A nova Lei da Piscicultura foi elaborada em conjunto pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, Instituto do Meio Ambiente (IMA), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Epagri e Polícia Militar Ambiental.

Piscicultura em Santa Catarina

Santa Catarina conta com mais de 30 mil piscicultores, entre amadores e comerciais. O estado está entre os principais produtores de peixes de água doce do país, com uma produção de 43,3 mil toneladas em 2016.

Em termos financeiros, os piscicultores profissionais produziram 29.637 toneladas de peixes e geraram mais de R$ 133 milhões em 2016. A produção está concentrada nas regiões de Tubarão, Joinville, Rio do Sul e Blumenau. E a espécie mais produzida no estado é a tilápia.

Informações adicionais para a imprensa
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca 
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br


Foto: Paulo Goeth/SES

O Hospital Celso Ramos, em Florianópolis, irá realizar avaliações em pacientes durante a 20ª Campanha da Semana Nacional da Voz, que começa nesta segunda-feira, 16. O atendimento pela campanha é gratuito e consiste numa avaliação para triagem encaminhamento dos pacientes.

Dez médicos irão atuar para atender 80 pacientes diariamente (40 pela manhã e outros 40 à tarde), com o objetivo de esclarecer a população sobre aspectos e cuidados com os órgãos do aparelho fonador (laringe, faringe, fossas nasais e boca). O atendimento será realizado por médicos do Hospital Celso Ramos, mediante ordem de chegada. A única exceção é quarta-feira, quando o atendimento ocorre apenas no período vespertino.

“A intenção é chamar a atenção da comunidade sobre os cuidados com a voz. As alterações podem significar desde casos simples como uma virose até patologias mais graves”, afirmou o chefe do Serviço de Otorrinolaringologia do Hospital Celso Ramos, Fábio Duro Zanini. “É muito importante a adesão da direção do hospital e da Secretaria de Estado da Saúde em eventos da Semana da Voz”, completou.

Semana da Voz

Ações do Dia Mundial da Voz são realizadas sempre no dia 16 de abril. No Brasil, as atividades relacionadas à data começaram em 1999. A partir de 2003, o Dia Mundial da Voz passou a ter expressão internacional, com diversos eventos organizados também nos Estados Unidos, na Europa e Ásia.

O objetivo da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cervico Facial, criadora da campanha, é promover a conscientização da população sobre a importância da voz humana para a promoção da saúde, bem detectar sinais e sintomas que favoreçam o diagnóstico precoce de doenças, como o câncer de laringe, que podem comprometer a qualidade de vida e a própria sobrevida dos indivíduos.

A celebração do Dia Mundial da Voz representa uma oportunidade única de disseminar conhecimento, orientar a população, promover ações de saúde e auxiliar no encaminhamento adequado de problemas potenciais ou reais.

Mais informações para a imprensa:
Fabrício Escandiuzzi
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99913-0316
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br


Foto: Divulgação / PC

A Polícia Civil, por meio de suas Delegacias Especializadas, realizou uma grande operação nesta quinta-feira, 12, em Santa Catarina que prendeu pelo menos 41 criminosos - 12 em Florianópolis e 29 nas demais regiões. Na Capital, na Grande Florianópolis (São José, Palhoça, Biguaçu) e no Rio de Janeiro a Delegacia de Combate às Drogas (DECOD) mobilizou 110 policiais civis para cumprir 25 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão temporária e quatro internações de adolescentes. Nas demais regiões, 325 policiais civis das Delegacias de Investigação Criminal (DIC) cumpriram 74 mandados de busca e 59 mandados de prisão.

No Bairro Monte Cristo foram presos 12 criminosos que atuavam em Florianópolis, São José, Biguaçu, Palhoça e Rio de Janeiro. O esquema foi descoberto a partir da localização de um pacote com seis quilos de maconha endereçado a uma pessoa que morava no Rio de Janeiro, pelos Correios. A partir deste fato os agentes da DECOD começaram uma investigação e descobriram que os criminosos catarinenses tinha uma conexão com traficantes independentes do Rio de Janeiro. “O grupo fazia parte de uma organização baseada no Bairro Monte Cristo e com ramificação na Grande Florianópolis e as remessas eram mensais ou quinzenais, conforme a demanda”, explicou o Delegado da DECOD, Attílio Guaspari Filho, que coordenou a operação.


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Em reconhecimento pelos projetos sociais que faz, o médium e filantropo Divaldo Pereira Franco recebeu do governador Eduardo Pinho Moreira a medalha Zilda Arns Neumann. A honraria foi entregue durante inauguração da exposição Os Pacificadores na noite desta sexta-feira, 13, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), em Florianópolis.

“Divaldo é um homem que prega e pratica a caridade e que através de suas ações e exemplos mostra ao Brasil e ao mundo que é possível, com o esforço de cada um de nós, mudar a realidade. Por isso, o governo catarinense faz essa homenagem justa para alguém que vem a Santa Catarina trazer bons exemplos”, disse o governador.

“Lutar pela paz é o dever de todos nós e sabemos que os poderes constituídos, como a Assembleia Legislativa e o Governo de Santa Catarina, devem criar, preservar e sobretudo fazer da paz, a bandeira da ordem e do progresso”, enfatizou Divaldo Franco.

A MEDALHA

A Medalha Zilda Arns Neumann homenageia pessoas e instituições que se destacam em trabalhos, ações e projetos sociais relevantes voltados a crianças e adolescentes. Foi criada pelo decreto nº 952, de 8 de maio de 2012, e é entregue pelo chefe do Executivo.



>>> Fotos na galeria

Na cerimônia de entrega, Pinho Moreira destacou a importância do papel desempenhado pela catarinense Zilda Arns, dedicada a caridade e a fazer o bem. “Ela é uma das brasileiras mais importantes da história.  Por meio de sua profissão promoveu cuidado a crianças e idosos. Com seu trabalho tivemos uma diminuição da mortalidade infantil no nosso país. Essa medalha significa uma homenagem a pessoas que se dedicam a promover o bem e a paz”.

O HOMENAGEADO

Nasceu em 5 de maio de 1927, em Feira de Santana, Bahia, se comunicando com os Espíritos desde a infância. É professor e reconhecido como um dos maiores médiuns e oradores espíritas da atualidade, além de ser o maior divulgador da Doutrina Espírita por todo o Mundo. 
A exposição

A exposição Os Pacificadores é resultado da parceria entre a Federação Espírita Brasileira (FEB) e a Federação Espírita Catarinense (FEC) que elucida e traz a reflexão sobre a responsabilidade de cada cidadão como construtor da paz. Entre as personalidades lembradas nesta exposição estão: Gandhi, Martin Luther King Jr, Nelson Mandela, Albert Schweitzer, Madre Tereza, Chico Xavier e Divaldo Franco. A mostra estará aberta até 27 de abril.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O segundo Ciclo de Palestras Brainstorming da Secretaria de Estado da Administração (SEA) em parceria com o Conselho Regional de Administração de Santa Catarina (CRA/SC) começou na tarde desta quinta-feira, 12, no Centro Administrativo, em Florianópolis. A abertura contou com a presença do secretário de Estado da Administração, Milton Martini e do presidente do CRA/SC, Evandro Fortunato Linhares. O evento vai até agosto deste ano com cinco palestras sobre gestão pública, sendo uma por mês. 

Página 6 de 304