Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Eduardo Pinho Moreira assume Governo de SC

Transmissão do cargo de governador

O governador licenciado Raimundo Colombo transmitiu o cargo ao governador em exercício Eduardo Pinho Moreira, que assumiu o Governo de Santa Catarina com duas prioridades bem definidas: a Saúde e a Segurança Pública

Oportunidades

Próximos eventos


Foto Arquivo: James Tavares / Secom

Cerca de 501 mil estudantes da rede estadual iniciam as aulas na próxima quinta-feira, 15. Para apresentar as ações e os programas que serão executados durante o ano, o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira, 9, em Florianópolis. O secretário falou na continuidade do seu trabalho, após convite feito pelo vice-governador Eduardo Pinho Moreira, na sexta-feira passada, 2, para que permanecesse na pasta. Deschamps destacou a permanência da sua equipe e a consolidação dos programas em execução pela Secretaria.

“De maneira geral nossas escolas estão prontas para receber os mais de 500 mil alunos na próxima semana. Trabalhamos para isso desde novembro com o planejamento necessário para que estivesse tudo certo. Temos problemas pontuais, mas nada que possa prejudicar a aprendizagem dos alunos, pois se não tiverem aula em um dia, esta certamente será reposta”, explica Deschamps.

O foco da coletiva foram as três áreas de atuação da Educação: Pedagógica, Infraestrutura e Gestão.  Na área Pedagógica, destaque para a continuidade do Ensino Médio Integral em Tempo Integral ofertado este ano em 30 escolas, sendo 13 com oferta para a  1ª e 2ª série, e 17, que iniciam o programa este ano, ofertarão apenas a 1ª série. A novidade desta área é o primeiro Ciclo de Avaliação do Ensino Médio da Rede Estadual, que irá avaliar 11.600 estudantes matriculados na primeira série do Ensino Médio, em 126 escolas estaduais. O objetivo é monitorar os programas em desenvolvimento e resultados para o planejamento de políticas e ações estratégicas voltadas à melhoria da qualidade do ensino.  A 1ª etapa está prevista para março, com a avaliação.

A Secretaria aderiu este mês o Programa Mais Alfabetização, que visa fortalecer e apoiar as escolas no processo de alfabetização dos estudantes matriculados nos 1º e 2º anos iniciais do ensino fundamental. “Aderimos ao programa e agora as escolas estão fazendo a sua adesão, caso queiram. A partir daí serão contratados aos profissionais para atuarem nas escolas”, explica Deschamps.

A Tecnologia Educacional também estará em evidência este ano. Em consonância com as metas do Plano de Inovação e Tecnologia Educacional de Santa Catarina (PEITE/SC), estão sendo adquiridos, por meio de registro de preço, com investimento de R$ 96,5 milhões, diversos equipamentos para todas as escolas, como: computadores, notebooks, tablets, lousas digitais, televisores, projetores entre outros, que serão entregues durante o ano. 

“Vamos revitalizar e modernizar nosso parque tecnológico. Nossos alunos merecem trabalhar com o que há de melhor em tecnologia e estamos atuando para isso. O aumento da velocidade de internet da Rede de Governo também está em andamento e teremos muitos ganhos para todas as escolas da rede”, afirma o secretário destacando o compromisso da SED. Sobre conectividade o foco é na conexão de 100Mbps para 100 escolas, as escolas do EMIEP, EMITI e EMI que receberão 30Mbps, e as 370 escolas que passarão a trabalhar com 10Mbps.

Ainda em tecnologia, os aplicativos Professor e Estudante Online receberão diversas melhorias e funcionalidades, inclusive com acessibilidade para deficientes visuais. Após o projeto piloto, que beneficiou 7.353 alunos da Capital, a expectativa é disponibilizar a matrícula online para toda as escolas do Estado.

MATERIAL ESCOLAR

Kits diferentes para alunos do Ensino Fundamental Anos Iniciais,  Anos Finais, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos estão sendo entregues nas regionais para serem repassados as escolas. Os alunos beneficiados são os com maior vulneabilidade social. Os kits contém: lápis, caneta, borracha, régua, tesoura, canetinha, compasso, esquadro, transferidos, entre outros, dependendo da modalidade de ensino. O investimento é de R$ 4.730.855,01.

NOVOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO

No dia 1º de fevereiro, 1 mil professores e profissionais para a área administrativa das escolas foram efetivados no quadro do magistério estadual catarinense. Foram 600 professores do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e do Ensino Médio e 400 profissionais para a área administrativa: Assistente de Educação, Supervisor Escolar, Administrador Escolar e Orientador Educacional. Os profissionais já iniciaram seu trabalho nas escolas e participaram as formações ao longo desta semana. Esta foi a primeira chamada do concurso público que é válido por 2 anos, prorrogável por mais 2. Desta forma, novos profissionais da educação devem ser chamados para ingressar no magistério estadual nos próximos anos.

GESTÃO ESCOLAR

A Sistemática de Avaliação da Gestão Escolar (SAGE) ganha uma nova edição. Este ano a avaliação é sobre a atuação dos gestores escolares ao longo de 2017. Também serão realizadas formação continuada para os diretores de escola; Seminário Estadual: Socialização de Práticas de Gestão Escolar; formação continuada para o diretor e 3 membros do Conselho Deliberativo Escolar (CDE), sendo 1 profissional, 1 estudante e 1 responsável por estudante; e 40 Seminários Regionais de Gestão Escolar: Gestão Democrática e o papel do Conselho Deliberativo Escolar. Trabalha-se ainda para publicação de um Caderno Pedagógico com relato de 39 diretores escolares, sobre a implementação do Plano de Gestão Escolar.

BOLSAS UNIVERSITÁRIAS DE SANTA CATARINA (UNIEDU)

Mais de 24 mil bolsas de graduação devem ser ofertadas ao longo deste ano. As bolsas são de 25 a 100% do valor da mensalidade de 67 Instituições de Ensino Superior do sistema ACAFE e privadas. O investimento é de cerca de R$ 110 milhões para graduação e pós graduação. Neste momento, estão abertas as inscrições para cadastramento dos estudantes para bolsas de graduação. Mais informações: www.uniedu.sed.sc.gov.br

ALIMENTAÇÃO ESCOLAR

Na alimentação escolar o destaque é o novo modelo de contagem da alimentação escolar implantado em 2017 em 400 escolas. Cada aluno recebeu uma carteirinha e toda vez que vai se alimentar na escolar passa pela leitura eletrônica por meio do tablets ou leitor de código de barras para contabilizar o consumo. A ferramente gerou economia e tornou o sistema mais transparente e eficaz. A meta para este ano é implantar a contagem em todas as escolas com mais de 500 alunos, além de capacitar os gestores escolares e servidores responsáveis pelo processo da alimentação escolar para utilizarem a ferramenta.

A agricultura familiar também esteve em destaque. O investimento previsto para este ano é de R$ 20,5 milhões, o que representa 50% do valor repassado pelo PNAE/FNDE. A lei exige mínimo de 30%. Na fase de credenciamento, 31 cooperativas registraram interesse em participar da oferta dos alimentos. A inserção da agricultura familiar na alimentação escolar, integra uma política que busca atender de forma mais saudável e sustentável as necessidades nutricionais dos estudantes e fomentar o desenvolvimento do pequeno agricultor. Além disso, outros benefícios são obtidos tais como: criação das cadeias curtas de produção e comercialização que aproxima a relação entre produtores e consumidores, fortalecimento das relações sociais, valorização da diversidade produtiva, possibilitando o acesso a alimentos saudáveis e de qualidade na perspectiva das promoções de segurança alimentar e nutricional.

TRANSPORTE ESCOLAR

Novos ônibus escolares devem ser adquiridos pelo Governo do Estado para repasse aos municípios ao londo de 2018. A previsão é de 131 veículos, com investimento de R$ 22 milhões. Neste momento está sendo feito o registo de preço via FNDE, para depois fazer a compra.

A Secretaria da Educação tem parceria com os municípios catarinenses para oferta do transporte escolar. Um acordo firmado entre o Governo do Estado e a FECAM definiu um aumento significativo no repasse de recurso aos municípios este ano. O novos valores a serem pagos aos municípios pelo transporte escolar dos alunos da rede estadual são quase R$ 5,8 milhões a mais que em 2017, sendo o investimento de R$ 87,6 milhões.

- Aumento de 7,5% para aluno transportado a uma distância acima de 24 Km;

- Aumento de 7,5% para alunos transportados a uma distância entre 12 e 24 Km;

- Aumento de 9% para alunos transportados a distâncias compreendidas entre 6 e 12 Km.

INFRAESTRUTURA

Alunos de 9 escolas iniciarão as aulas em uma nova unidade. A Sed entregou para este início de ano letivo, 9 novas escolas de ensino médio e Cedups. Outras três escolas entregues foram completamente reformadas ou ampliadas pelo Pacto pela Educação. Além dessas, 163 escolas estão com obras em andamento, o que não prejudica o andamento das aulas.

INFORMAÇÕES IMPORTANTES

Algumas escolas pediram a reorganização do calendário escolar devido as obras que estão sendo finalizadas nas unidades. Todas as escolas que tiverem suas aulas adiadas estão organizando o calendário de reposição.

AULAS INICIAM NO DIA 15 DE FEVEREIRO COM EXCEÇÃO:

Início ano letivo dia 19 de fevereiro

- Todas as turmas de Ensino Médio Integral de 27 escolas. Apenas as escolas EEB Casimiro de Abreu, de Curitibanos, EEB Gomes Carneiro, de Xaxim, e EEB Max Tavares D’ Amaral, de Blumenau, iniciam as aulas dia 15.

- EEB Pedro Bitencourt, Imaruí, e alunos do Ensino Fundamental Anos Finais da EEB Henrique Estefano Koerich, Palhoça.

Início ano letivo dia 20 de fevereiro

EEB Laércio Caldeira de Andrada, São José

Início ano letivo dia 26 de fevereiro

EEB Cecília Rosa Lopes, São José, EEB São Miguel, São Miguel do Oeste, e EEB Santa Catarina, São Francisco do Sul.

Agenda – INÍCIO ANO LETIVO

- quinta-feira, 15, 8h30, Abertura Oficial do ano letivo na EEB Industrial de Lages. Presenças confirmadas: secretário Eduardo Deschamps e governador Raimundo Colombo.

Informações adicionais para a imprensa
Edinéia Rauta
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: edineiarauta@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0353 / 3664-0161 / 3664-0356 / 9-9980-3136
Site: www.sed.sc.gov.br


Foto: James Tavares/Secom

O novo relatório de balneabilidade da temporada de verão, divulgado nesta sexta-feira, 9, pelo Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA), órgão que substitui a Fatma, mostra que dos 215 pontos analisados, 115 (53,5%) estão próprios para banho. As coletas foram realizadas entre 5 e 9 de fevereiro e o relatório completo está no www.fatma.sc.gov.br ou no aplicativo Praias SC, disponível para Android.

Em Florianópolis, dos 75 pontos avaliados, 36 (48%) estão próprios para banho. No restante do litoral, 79 (56,4%) dos locais analisados estão seguros para os banhistas. "Houve uma melhora significativa em relação ao relatório da semana passada. Um ponto passou para a condição de impróprio e 17 passaram a ser próprios”, explica Marlon Daniel da Silva.

Como a balneabilidade é feita
Para dizer se um ponto é próprio ou impróprio para banho, a Fatma analisa a presença da bactéria Escherichia Coli, presente em fezes de animais e humanos. São necessárias cinco coletas consecutivas para se obter o resultado. “Começamos a colher as amostras para o início da temporada em 6 de novembro. Quando em 80% das análises a quantidade da bactéria é inferior a 800 por 100 mililitros, o ponto é considerado próprio”, Silva. Além da estrutura da Fundação, outros dois laboratórios parceiros contribuem para as análises.  

Os pontos analisados são nos municípios Araranguá, Bal. Arroio do Silva, Bal. Gaivota, Bal. Camboriú, Bal. Piçarras, Bal. Rincão, Barra Velha, Biguaçú, Bombinhas, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Imbituba, Itajaí, Itapema, Itapoá, Jaguaruna, Joinville, Laguna, Navegantes, Palhoça, Passo de Torres, Penha, Porto Belo e São José. 

Na internet
Durante a temporada de verão, a Fatma realiza as análises semanalmente. Assim que os resultados são cadastrados no sistema, o site e o aplicativo são atualizados automaticamente. “Indicamos que se observe o histórico do local. Se, na maior parte do tempo está próprio, a chance de estar contaminado é menor que um local que apresenta um histórico de impropridade”, explica o gerente de Pesquisa e Análise Ambiental, Oscar João Vasquez Filho.

Mais informações:
Fundação do Meio Ambiente (Fatma)
Claudia De Conto
comunicacao@fatma.sc.gov.br
(48) 3665.4177 / 99172.8277 / 98845.7087


Fotos: James Tavares / Secom

O governador Raimundo Colombo inaugurou nesta quinta-feira, 8, trecho da SC-477 entre Itaiópolis e Rio Negrinho, no Planalto Norte, obra que faz parte da ligação da região com o Vale do Itajaí. “Essa é uma obra muito importante, porque promove o desenvolvimento e a integração do Estado, trazendo um grande impacto positivo. É uma obra fundamental para manutenção do equilíbrio social de Santa Catarina. Uma das principais vantagens do nosso estado é a boa distribuição demográfica e a nova rodovia vai contribuir para a preservação desse modelo de sucesso”, destacou Colombo.

“Todas as obras em andamento no Estado são importantes, mas esta é muito especial. A ligação entre as regiões do Planalto Norte e o Vale do Itajaí encurta distâncias, aproxima as pessoas e faz com que as riquezas da região sejam transportadas de forma mais rápida e segura”, acrescentou o presidente do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra), Wanderley Agostini.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo participou na noite desta quinta-feira, 8, em Joinville, da posse da nova diretoria da Associação de Joinville e Região da Pequena, Micro e Média Empresa (Ajorpeme) e Instituto Ajorpeme. O comando da nova gestão fica a cargo do empresário do ramo de tecnologia, Victor Kochella, e no Instituto a Daniel Henrique Moreira.

“A Ajorpeme é uma instituição de muita credibilidade, tem um trabalho extraordinário de contribuição no desenvolvimento da cidade e da região. E a posse é o momento de reconhecer todo este trabalho, esforço, resultado e toda essa colaboração”, disse o governador.

O novo presidente Victor Kochella destacou que a entidade é a mais representativa em número de associados em Joinville e região. “Somos responsáveis por dois terços dos empregos formais.” O empresário agradeceu ao Estado por ter aprovado o SC Bem Mais Simples, responsável pela redução do tempo de abertura de 75% das empresas além de incentivar o empreendedorismo.

Durante o discurso, o governador destacou as ações e os desafios enfrentados pelo Governo do Estado para manter a força econômica catarinense diante do cenário de crise. Relatou o conjunto de ações para superar a crise: maior rigor nos gastos, investimentos em setores estratégicos, fortalecimento das exportações, renegociação da dívida, reforma da previdência e não aumentar tributos.

“Diferente de outros estados, não aumentamos impostos. Isso fez com que Santa Catarina se tornasse ainda mais competitiva. Não só o governo, mas a sociedade catarinense como um todo, apresentou avanços significativos”, informou.

Diante deste contexto, o governador salientou que, em 2017, Santa Catarina foi o Estado que mais gerou empregos com carteira assinada no país, registrando um saldo de 29.441 vagas no acumulado do ano, segundo dados do Ministério do Trabalho, sendo Joinville a cidade que mais abriu postos de trabalho. O crescimento do PIB catarinense de 4,3% em 2017, segundo dados do Banco Central, também foi o maior da nação. 

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

O governador Raimundo Colombo e o secretário da Saúde, Acélio Casagrande, inauguraram nesta quinta-feira, 8, em Joinville, a reforma e ampliação de 43 leitos de recuperação clínica e cirúrgica do Hospital Regional Hans Dieter Schmidt. Também foi autorizado o edital de licitação para 20 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do centro hospitalar, sendo 10 para cardiologia e 10 gerais.

“É uma conquista importante da comunidade. Uma obra que avança em tecnologia, melhora a estrutura da saúde e os serviços se ampliam e se qualificam. Há necessidade de ampliar e modernizar porque a maior reivindicação da população é a melhoria da saúde. E nós temos que oferecer essa proteção para as pessoas”, disse o governador ao contextualizar os avanços na expectativa de vida dos catarinenses e na redução da mortalidade infantil.

Os novos quartos são mais amplos, possibilitam ventilação com luz natural e as camas têm capacidade para pacientes de até 260 quilos. Os banheiros também foram completamente reestruturados e tiveram tamanho ampliado para acesso de macas e cadeirantes. Dos novos leitos, 18 passam a ser utilizados na sexta-feira, 9, e o restante da ala entra em funcionamento depois de concluída a higienização.

>>> Mais imagens na galeria

O investimento do Governo do Estado é de R$ 8,9 milhões somados aos 42 leitos entregues em outubro de 2015. Essa quantia também foi destinada à construção de salas de estar e áreas de estudo e reuniões, uma forma de humanizar a ala de recuperação. Além disso, todo o setor está climatizado, inclusive corredores e postos de enfermagem.

“Essas melhorias significam a humanização para aqueles que necessitam. É uma obra fundamental, pois a demanda de atendimentos é grande. E a população precisa de mais leitos. Vamos conseguir proporcionar para a população uma qualidade melhor na assistência à saúde. É um grande ganho”, salientou o secretário Casagrande.

Desde 2014, o HRHDS, referência em cardiologia, apresenta um crescimento gradativo do número de atendimentos. Em 2017, entre serviços de pronto socorro, ambulatoriais, internações e cirurgias, foram prestados 101.176 atendimentos.

A diretora da unidade de saúde, Tânia Eberhardt, destacou que as melhorias representam um grande avanço, oferece ainda mais eficiência e qualidade para a saúde de Joinville e todas as regiões que atende. “Aqui era uma ala antiga deste hospital, onde funcionava a pediatria e quando abriu o hospital infantil esses leitos ficaram fechados. Então, efetivamente o que estamos abrindo hoje são 43 novos leitos para atender a comunidade. E a nossa expectativa é de que o pronto socorro possa diminuir o número de pessoas internadas nele, bem como pacientes que hoje ficam um ou dois dias aguardando vagas no hospital.”

Também participaram da inauguração a secretária Regional Simone Schramm o prefeito de Joinville, Udo Döhler , deputados federais e estaduais, funcionários e comunidade.

Mais investimentos

O Hospital Regional Hans Dieter Schmidt é referência para o Ministério da Saúde em procedimentos cardíacos. Possui 20 leitos de UTI e com o edital de licitação terá sua capacidade dobrada – 10 novos leitos de cardiologia e 10 gerais. O projeto orçado em R$ 8,9 milhões atende a parte estrutural, elétrica, hidrossanitária, climatização, exaustão, renovação de ar e tratamento de gases medicinais.

O Governo do Estado conclui nos próximos meses a reforma e readequação da subestação de energia elétrica do hospital que inclui a construção de um novo prédio para receber toda a casa de máquinas. A entrega está prevista para o mês de março com investimento de R$ 2,5 milhões.

Além disso, cinco novas salas do centro cirúrgico estão na fase final, investimento de R$ 11,5 milhões. Neste mesmo valor está incluída a nova central de materiais esterilizados (CME), concluída e em funcionamento desde o ano passado.

Investimentos entregues

Sistemas de iluminação e condicionamento de ar e refrigeração mais eficientes, viabilizados em abril de 2015 pelo Programa de Eficiência Energética da Celesc Distribuição, num investimento de R$ 670 mil. O trabalho contemplou substituição de 2.798 lâmpadas, 1.546 luminárias, quatro refrigeradores e 114 condicionadores de ar.

Três focos cirúrgicos de uso móvel com LED, quatro eletrocardiógrafos de quatro canais e 60 carros auxiliares para banho e curativo. Novo ultrassom ecocardiógrafo, duas novas ambulâncias. Aquisição de 130 camas hospitalares para os novos leitos do hospital com capacidade para pacientes de até 260 quilos e contam com três regulagens.

O Governo do Estado investe aproximadamente R$ 21,8 milhões por mês no funcionamento manutenção dos três hospitais públicos em Joinville: o Hospital Regional Hans Dieter Schmidt, a Maternidade Darcy Vargas e o Hospital Infantil Jeser Amarante Faria. Neste valor está incluído o custeio e pagamento de servidores.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 6 de 268