Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Tem produtos da agricultura familiar nas refeições de todas as escolas de SC



Oportunidades

Próximos eventos


Foto: SES/Arquivo

O secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, assinou nesta terça-feira, 15, o Projeto de Aprimoramento de Inovação no Cuidado e Ensino em Obstetrícia e Neonatologia em hospitais com atividades de ensino. Por meio de ações de qualificação, o projeto engloba os temas de atenção ao parto, nascimento e abortamento; saúde sexual e saúde reprodutiva; e atenção humanizada às mulheres em situação de violência sexual. A iniciativa é uma parceria com Ministério da Saúde, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Fundação Osvaldo Cruz, Associação Brasileira de Hospitais Universitários e de Ensino, Ministério da Educação e Empresa Brasileira de Serviço Hospitalar.

O projeto terá duração de dois anos e contará com um apoiador do Ministério da Saúde, que vai acompanhar toda a implantação nos hospitais. As instituições contempladas são aquelas com caráter de ensino e com mais de mil partos em 2015. Em Santa Catarina quatro hospitais estão no projeto: Maternidade Carmela Dutra (Florianópolis) , Maternidade Darcy Vargas (Joinville) , Hospital Universitário de Florianópolis (HU) e Hospital Nossa senhora da Conceição (Tubarão).


Foto: Robson Valverde/SES

A adesão ao projeto será realizada nesta quinta-feira, 17, em Brasília. Na ocasião, os diretores dos hospitais contemplados assinam o compromisso com o projeto e participam de oficinas para mais detalhes do programa. A coordenadora da Rede Cegonha no Estado, Carmem Delziovo, representará o secretário de Estado da Saúde no evento.

Para Caropreso, a participação em iniciativas como esta são de extrema importância.“Para manter a qualidade dos serviços prestados aos nossos pacientes temos que investir em nossos profissionais com capacitaçõespara gerar novos conhecimentos. O aprimoramento da saúde pública passa pelo aprimoramento dos nossos profissionais e pelo acompanhamento dos nossos pacientes. O grande beneficiado com projetos como este é o paciente catarinense”, afirmou o secretário.

Mais informações para a imprensa:
Suelen Costa
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Saúde - SES
Fone: (48) 3664-8820 / 99113-6065
E-mail: imprensa@saude.sc.gov.br
Site: portalses.saude.sc.gov.br

 

 


Fotos: Denise Lacerda/SJC

O diretor-geral do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, Marco Antônio Severo Silva, esteve na tarde desta segunda-feira, 14, na Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) para uma visita institucional após participar durante a manhã da solenidade de abertura do 5º Encontro de Formação Profissional de Agentes Federais de Execução Penal na sede Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal (ANPRF), em Florianópolis.

>>> Galeria de fotos

Acompanhado da diretora do Sistema Penitenciário Federal, Cintia Rangel, ele foi recebido pela secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca, e pelo secretário-adjunto Leandro Antônio Soares Lima. O diretor do Depen lembrou que Santa Catarina é um grande referencial nacional em projetos de ressocialização de presos pelo trabalho e humanização. “É sempre importante virmos aqui para saber que novos programas estão sendo implementados e levá-los de modelo para o restante do Brasil”, ressaltou Severo Silva.

A secretária Ada Faraco De Luca também lembrou os números de excelência da atividade laboral em Santa Catarina obtidos desde que assumiu o sistema penitenciário em 2011. “Há seis anos, eram um pouco mais de mil presos que trabalhavam, hoje temos mais de 3,7 mil presos estudando e quase sete mil exercendo atividades laborais (38%) nas unidades catarinenses, com mais de 240 convênios com empresas e órgãos públicos”, ressaltou.

Participaram ainda da reunião o diretor do Departamento de Administração Prisional (Deap), Deiveison Querino Batista; o diretor Financeiro da SJC, Edemir Alexandre Camargo Neto; o diretor da Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc), Rafael Fachini; a corregedora Geral da SJC, Tatiane de Souza Leandro; e o diretor do Setor de Gerenciamento de Armas e Munições (Segarmi), Leandro Lisboa.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br


Fotos: ADR Joinville

Com percentual de conclusão de 94%, o Contorno de Garuva, na região Norte do Estado, será inaugurado no mês de outubro. As obras têm investimento de R$ 30 milhões do Governo do Estado por meio do Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra). Parte dos nove quilômetros está pavimentada e sendo utilizada pela comunidade, faltando a conclusão na interseção com a SC-417.

“No elevado sobre a BR-101 ainda temos de fazer a sinalização horizontal e a instalação da iluminação com a colocação de 24 postes. Concluímos a ponte sobre o Rio Sete de Voltas e, na parte que o Contorno de Garuva acessa a rodovia SC-417, estamos finalizando o serviço de pavimentação com base de brita graduada para, depois, asfaltar um trecho de aproximadamente 700 metros”, explica o engenheiro do Deinfra, Rodney Heyse.

O Contorno de Garuva será destinado ao trânsito de caminhões pesados para desafogar o tráfego que passa pelo Centro do município. O contorno se inicia na BR-101 e segue até a localidade de Palmital, onde faz interseção com a SC-417. A obra está sendo executada pela Construtora Fortunato Ltda, vencedora da licitação.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville


Foto: Pâmela Simas Fogaça/ADR Itajai

A partir desta segunda-feira, 14, profissionais da educação que quiserem ingressar no magistério público estadual podem fazer suas inscrições no concurso público 2017. Neste primeiro momento, são mil vagas para início dos trabalhos em 2018. A inscrição pode ser feita até o dia 12 de setembro pelo site www.acafe.org.br/concurso/magisterio.

Estão abertas 600 vagas para professores do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) e do Ensino Médio, estas para as disciplinas de Artes, Biologia, Educação Física, Espanhol, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Língua Portuguesa e Literatura, Matemática, Química e Sociologia. As outas 400 vagas são para a área administrativa das escolas da rede pública estadual de ensino de Santa Catarina, sendo para: assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional.

“O novo concurso é uma grande conquista, resultado de muito esforço e responsabilidade com o equilíbrio das contas da secretaria e de todo o governo”, afirma o secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps. O concurso terá validade para dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois. Deschamps lembra que o último concurso para efetivos da educação foi realizado em 2012 com a chamada inicial de dois mil professores e, posteriormente, mais três mil.

A jornada de trabalho para o cargo de professor de Ensino Médio corresponde à carga horária de dez horas semanais, para o professor do Ensino Fundamental corresponde à carga horária de 20 horas semanais e para os cargos de assistente de educação, supervisor escolar, administrador escolar e orientador educacional corresponde à carga horária de 40 horas semanais.

O concurso prevê duas provas. A primeira fase com Prova Objetiva, que será no dia 8 de outubro, sendo eliminatória/classificatória, e a segunda fase com a Prova de Títulos, sendo classificatória. A primeira chamada dos aprovados está marcada para os dias 12, 13 e 14 de dezembro de 2017.

Certificação

Professor: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Licenciatura Plena na disciplina que se candidatar.

Administrador escolar: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação na área de Administração Escolar; ou diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Pedagogia e certificado e histórico escolar de conclusão de Pós-Graduação Latu Sensu - especialização em Administração Escolar

Assistente de educação: Formação em nível superior em Pedagogia

Orientador educacional: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação na área de Orientação Educacional; ou diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Pedagogia e certificado e histórico escolar de conclusão de Pós-Graduação Latu Sensu - especialização em Orientação Educacional

Supervisor escolar: Diploma e histórico escolar de conclusão de curso de Licenciatura Plena em Pedagogia com habilitação na área de Supervisão Escolar; ou diploma e histórico escolar de conclusão de curso superior de Pedagogia e certificado e histórico escolar de conclusão de Pós-Graduação Latu Sensu - especialização em Supervisão Escolar

Escolas indígenas

Dentro destas mil vagas também estão previstas vagas para atendimento nas escolas indígenas da rede pública estadual de ensino de Santa Catarina. O concurso prevê contratação de professores do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano) e do Ensino Médio e cargos administrativos como:  assistente de educação e assistente técnico-pedagógico.

Para os povos Guarani e Xokleng/Laklãnõ estão abertas vagas para professor de 1º ao 5º ano e para professores atuarem nas disciplinas de: Ciências Humanas e Sociais aplicadas (História, Geografia, Sociologia e Filosofia), Ciências da Natureza e suas tecnologias (Ciências, Biologia, Química e Física), Linguagens e suas tecnologias (Artes, Arte Indígena, Língua Portuguesa, Língua Materna, Educação Física, Língua Portuguesa/Literatura) e Matemática e suas tecnologias (Matemática).

Para o povo Kaingang, há vagas para professor de 1º ao 5º ano e para professores atuarem nas disciplinas de: Artes, Arte Kaingang, Biologia, Ciências, Cultura Indígena Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Língua Kaingang, Língua Portuguesa, Língua Portuguesa e Literatura, Matemática, Química e Sociologia.

As Gerências Regionais que oferecem vagas para escolas indígenas são: Chapecó, Xanxerê, Ibirama, Brusque, Grande Florianópolis, Laguna, Joinville, Canoinhas e Seara. 

O valor da inscrição é de R$ 100. Dúvidas e mais informações estão disponíveis em www.acafe.org.br/concurso/magisterio.

Retrospectiva últimos concursos para:

- Professor regular: 2012 com cerca de 5 mil profissionais efetivados;

- Professor indígena: 2003;

- Assistente educacional (AE): 2005;

- Administradores e supervisores escolares e orientador educacional: 1998.

Informações adicionais para a imprensa
Edinéia Rauta
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Educação  - SED
E-mail: edineiarauta@sed.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-0353 / 3664-0161 / 3664-0356 / 9-9980-3136
Site: www.sed.sc.gov.br


Elizabeth Buss produz bolachas caseiras em São Bonifácio. Foto: Aires Carmem/Epagri

A Epagri promove nesta semana Encontros Macrorregionais de Jovens Empreendedores Rurais na Grande Florianópolis e na região de Lages. São esperados cerca de 250 participantes em cada evento, que busca motivar os jovens agricultores, bem como ouvir seus relatos e mapear ações futuras.

A Epagri vem capacitando jovens agricultores desde 2012, dentro do Programa SC Rural. Até o final do ano, cerca de 1,8 mil homens e mulheres do campo com idades entre 18 e 29 anos terão sido preparados para empreender em suas propriedades rurais em Santa Catarina. Nos centros de treinamento da Epagri, esses jovens recebem noções de administração e aprofundam seus conhecimentos nas cadeias produtivas mais importantes de suas regiões. Ao final do curso, cada um elabora um projeto para sua propriedade e os melhores são selecionados para serem fomentados com recursos do SC Rural.

Na quarta-feira, 16, acontece o Encontro Macrorregional de Jovens Rurais e do Mar do Litoral Catarinense, a partir das 8h30, no Centro de Eventos Petry, em Biguaçu. Estarão reunidos agricultores das regiões de Joinville, Blumenau, Criciúma, Florianópolis, Tubarão, Criciúma e Araranguá.

No dia seguinte, 17, mais um grupo de jovens se reúne em Lages, a partir das 8h, no auditório da Associação Empresarial (Acil). Além de Lages, participam desse evento agricultores das regiões de São Joaquim, Rio do Sul, Canoinhas e Mafra.

Em 2015 e 2016, a Epagri realizou encontro estaduais de jovens rurais que reuniram mil participantes cada. Esse ano, a empresa optou por realizar quatro encontros macrorregionais que devem reunir um total de mil pessoas também. O primeiro aconteceu em Treze Tílias. No dia 30 de agosto, acontece o último evento, em Maravilha, para os jovens da região Oeste.

Os dois eventos desta semana serão abertos por palestras. Na programação, ainda constam debates e apresentação de casos de sucesso, relatados pelos próprios jovens que já passaram pelas capacitações da Epagri e hoje se tornaram empreendedores rurais bem-sucedidos.

Um dos exemplos de sucesso da Grande Florianópolis será o caso de um jovem rural de Anitápolis que montou uma agroindústria de processamento de frutas e verduras. Na região de Lages, serão relatadas experiências exitosas em turismo rural, produção de queijos, pecuária de corte e de leite e fruticultura.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação da Epagri
Gisele Dias
Fone: (48) 3665-5147 / (48) 99989-2992
E-mail: giseledias@epagri.sc.gov.br
Cinthia Andruchak
Fone: (48) 3665-5344
E-mail: cinthiafreitas@epagri.sc.gov.br
Isabela Schwengber
Fone: (48) 3665-5407
E-mail: isabelas@epagri.sc.gov.br
Site: www.epagri.sc.gov.br

Página 519 de 610

Conecte-se