Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Cidasc celebra 39 anos com conquistas na agropecuária catarinense

Cidasc celebra 39 anos com conquistas na agropecuária catarinense

Desde que foi criada, em 27 de novembro de 1979, a Cidasc trabalha para promover o agronegócio regional e o desenvolvimento das cadeias produtivas por meio da sanidade animal, vegetal e inspeção de produtos de origem animal, com o objetivo garantir a excelência sanitária dos rebanhos e lavouras do Estado.

Oportunidades

Próximos eventos

Foto: Maurício Vieira/Secom

Correntistas de qualquer banco já podem efetuar pagamento de Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais (Dare/SC) nos caixas eletrônicos do Banco do Brasil. A iniciativa da Secretaria de Estado da Fazenda (SEF) tem como objetivo agilizar e dar mais comodidade na quitação do tributo, sem nenhum custo para o Governo nem para o cidadão. 

“A medida minimizará, por exemplo, as filas nas agências localizadas dentro das instituições do Governo do Estado, quando é necessário o comprovante de quitação imediato”, afirmou o secretário da SEF/SC, Paulo Eli.

A operação já está disponível desde segunda-feira, 3, sendo restrita à pessoa física, na função débito, com exceção das multas de trânsito. São pagáveis através de Dare/SC taxas estaduais como Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Certificado de Registro de Veículo (CRV), Certificado de Licenciamento Anual (CLA), emissão de carteiras de habilitação, de carteiras de identidade, entre outros. 

Foto: Saul Oliveir/SOL

Os maiores destaques do turismo catarinense foram premiados com o Título Beto Carrero de Excelência no Turismo 2018. Foram 12 homenageados de diversas regiões do estado (acompanhe a lista abaixo). A cerimônia de entrega reuniu autoridades e convidados no Beto Carrero World, em Penha, na manhã desta terça-feira, 04. A finalidade do título é homenagear e reconhecer as pessoas e instituições que tenham contribuído de forma relevante para a divulgação e o desenvolvimento da atividade turística no estado.

Em 2018, foi realizada uma alteração do prêmio, regulamentada pelo decreto nº 1.769/2018, que permitiu a descentralização do processo ao oportunizar a efetiva integração das 12 Instâncias de Governança Regionais (IGRs) de Santa Catarina. O processo de seleção dos candidatos ao Título contou com as seguintes etapas: indicação pelas IGRs dos candidatos da respectiva região em cada categoria; escolha, pelo Conselho Estadual de Turismo (CET), de um indicado por categoria, por região turística, dentre os indicados pelas IGRs; e, finalmente, eleição mediante voto popular dos vencedores das quatro categorias, dentre os escolhidos pelo CET.

Como foi realizada a votação

O CET escolheu, dentre os indicados pelas IGRs, por maioria dos votos dos membros, um candidato de cada categoria para cada uma das 12 regiões turísticas. A escolha se deu por votação secreta em um formulário online. A lista dos 12 candidatos de cada categoria escolhidos pelos membros do CET ficou disponível no site da Santa Catarina Turismo (SANTUR) para votação popular (http://turismo.sc.gov.br/). O processo ficou aberto do dia 12 de novembro até o dia 03 de dezembro. O candidato mais votado em cada categoria foi agraciado com o Título Beto Carrero de Excelência no Turismo. Foram conferidas menções honrosas ao segundo e terceiro candidatos mais votados.

Votação histórica

Criada há 10 anos, esta edição do título bateu recorde: foram 15.488 votos registrados nas quatro categorias. A premiação deste ano sofreu alterações, como a inclusão de uma nova categoria, ampliando para quatro o número de homenageados. Foram premiados: uma personalidade; um município; um empreendimento e um evento de destaque. Além disso, a forma de votação foi alterada, buscando democratizar e descentralizar o processo de escolha dos homenageados, possibilitando a participação de todas as instâncias do turismo de Santa Catarina.

Autoridades destacam relevância

Na ocasião, o secretário de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), Tufi Michreff Neto, parabenizou os 12 premiados que fazem o turismo de Santa Catarina se destacar: “Os ganhadores demonstram que estão na linha de frente do desenvolvimento econômico do estado”, afirma.

O secretário nacional de qualificação e promoção do turismo, Bob Santos, representou o Ministério do Turismo no evento e destacou a premiação como um reconhecimento importante àquelas pessoas e instituições que “realizam uma gestão no setor turístico com trabalho e esforço constantes”.

O governador Eduardo Pinho Moreira não pode estar presente, mas, em vídeo veiculado na solenidade, salientou que o Título é uma forma de estimular aqueles que confiam no turismo: ”São lideranças e instituições que plantaram e agora colhem resultados”.

O presidente do Beto Carrero World, Rogério Siqueira, destacou que o título é da personalidade João Batista Sérgio Murad, o Beto Carrero: “Ele foi uma pessoa única, como uma estrela, e por isso, o troféu, que inclui este símbolo, é uma forma de agradecer e reconhecer as pessoas que desenvolveram um trabalho verdadeiramente único para o turismo de Santa Catarina“.

A LISTA DE VENCEDORES:

Personalidade de destaque no turismo catarinense:

1º - Eraldo Vieira, da região Caminho dos Canyons
2º - Gicele Lanser Correa, do Vale Europeu
3º - Margot Rosenbrock Libório, da Costa Verde e Mar

Município de destaque no turismo catarinense:

1º - Pomerode
2º - Quilombo
3º - Balneário Camboriú

Empreendimento de destaque no turismo catarinense:

1º - Ar Livre Ecoturismo, da região Caminhos da Fronteira
2º - Blumenau e Vale Europeu Convention & Visitors Bureau, do Vale Europeu
3º - Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, da região Caminho dos Príncipes

Evento de destaque no turismo catarinense:

1º - Volvo Ocean Race - Itajaí Stopover
2º - Oktoberfest Blumenau
3º - Oktoberfest Itapiranga

Informações adicionais para a imprensa:

Ana Paula Flores
Assessoria de Imprensa Santur
Santa Catarina Turismo S.A - Santur
E-mail: imprensa@santur.sc.gov.br
Fone: (48) 3212-6311 / (48) 98821-7367
Site: www.turismo.sc.gov.br

Foto: Julio Cavalheiro/Secom

Se a expectativa de vida dos moradores de Santa Catarina é a maior do país, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2017, isso se deve também ao empenho do poder público e das lideranças da sociedade civil organizada no apoio aos idosos. Nesta segunda-feira, 3, o governador Eduardo Pinho Moreira realizou mais uma ação e firmou uma parceria com a Associação Maçonica de Apoio à Terceira Idade (Amati), autorizando a doação de um terreno do Estado para a construção de um instituto de longa permanência para idosos.  

"É um trabalho nobre o que foi proposto pelas potências maçônicas de Santa Catarina. Todas se uniram para proporcionar um local adequado para os idosos, e nós temos um terreno do Governo do Estado que não tem uso neste momento. Essa doação ou cessão à maçonaria vai ao encontro de uma parceria com o voluntariado que é exemplar. São 100 vagas para idosos que vão passar a ter um local adequado, principalmente àqueles que são abandonados pelas suas famílias, e que o Estado será parceiro”, assegurou o governador.

O terreno, localizado no Pântano do Sul, em Florianópolis, pertence ao Governo de Santa Catarina e está sem utilização. Com um projeto arquitetônico em elaboração, a Maçonaria catarinense pretende erguer um prédio de 6.000 m² para receber inicialmente 100 idosos, maçons ou não, em um ambiente confortável e adequado para tratar e acolher o cidadão em idade avançada.

Segundo o presidente da Amati, Anísio Pedro Camilo, o projeto nasceu há quatro anos com o objetivo dar uma vida digna a essa parcela da população. “Não temos dinheiro para comprar um terreno e depois construir. Viemos até o Governo do Estado e fomos prontamente atendidos pelo Governador Eduardo Pinho Moreira, que recebeu nosso projeto e nos possibilitou a parceria para Instituí-o”, comemorou.

Nos próximos dias, a Casa Civil fará o trâmite legal e encaminhará o projeto para aprovação na Assembleia Legislativa de Santa Catarina.

Mais informações para a imprensa:
Paula Darós Darolt
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Fone: (48) 3665-3009 / 9 9909-4482
Site: www.sc.gov.br


Foto: Aires Mariga /Epagri/Arquivo

O arroz entrou na pauta de exportações de Santa Catarina. Segundo maior produtor nacional do grão, o estado conquista agora o mercado internacional. De janeiro a outubro deste ano, os produtores catarinenses já embarcaram 82,7 mil toneladas para abastecer outros países – a quantidade é 24 vezes maior do que toda exportação do grão em 2017.

Este ano, as exportações de arroz já trouxeram um faturamento de US$ 24 milhões para Santa Catarina. Os principais mercados são Venezuela e África do Sul. Em todo ano de 2017, o estado arrecadou apenas US$ 2,2 milhões com a exportação, 10 vezes menos que na atual temporada. 

Um dos destaques do agronegócio catarinense, o arroz é produzido majoritariamente por agricultores familiares. “Produzimos em áreas menores do que os outros estados, porém com alta produtividade, cultivando variedades desenvolvidas aqui mesmo em Santa Catarina pela Epagri. Com essas características, a produção catarinense de arroz tem uma importância socioeconômica, criando empregos e respeitando o meio ambiente dentro dos princípios da sustentabilidade”, ressalta o secretário da Agricultura e da Pesca, Airton Spies.

Safra 2018/19

As estimativas do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa) apontam para uma leve redução na área plantada de arroz irrigado em Santa Catarina. Está prevista uma colheita de 1,1 milhão de toneladas em 143,3 mil hectares.

No estado, 99,5% da área destinada ao arroz irrigado na safra 2018/19 já foi semeada e, segundo os relatórios de campo, a área plantada encontra-se em condição boa, sem apresentar problemas que resultem em redução da produtividade ou perdas.

Segundo maior produtor nacional, Santa Catarina tem a maior produtividade de arroz do país. “Os produtores adotam tecnologia de ponta em suas lavouras. Além disso, Santa Catarina contribui com o desenvolvimento da rizicultura através das pesquisas e assistência técnica da Epagri e da parceria com as cooperativas e indústrias”, destaca Spies.

Boletim Agropecuário

O Boletim Agropecuário é publicado mensalmente pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Epagri/Cepa) e traz o acompanhamento das safras, da produção e dos mercados para os principais produtos do agronegócio catarinense. O documento está disponível no site da Epagri.

Informações adicionais para a imprensa
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca 
E-mail: imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-4417/ 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br

Foto: Jeferson Baldo/Secom

O governador Eduardo Pinho Moreira e o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, apresentaram na manhã desta segunda-feira, 3, os novos projetos de eficiência energética e chamada pública da companhia. Os investimentos chegam a R$ 35 milhões e estimulam o uso racional da energia elétrica. As novas edições dos projetos Banho de Energia, Energia do Bem e Bônus Eficiente visam combater o desperdício de energia em residências por meio da substituição de eletrodomésticos antigos por novos ou com a instalação de sistemas de reaproveitamento energético.

No mesmo ato, a Celesc destinou recursos do Bônus Eficiente para três instituições sociais: Associação Catarinense de Autismo (ASCA); Associação de Síndrome de Down, de Joinville; Asilo São Vicente de Paulo, de Criciúma. A estimativa é que cada entidade receba aproximadamente R$ 100 mil.

Eduardo Pinho Moreira afirmou que a Celesc tem um desempenho de excelência como órgão regulador que é e de contribuição social. “Ao longo do tempo, a Empresa tem ajudado muitas instituições filantrópicas que prestam assistência social trazendo benefícios às pessoas mais carentes do nosso Estado. É uma iniciativa que a presidência e a diretoria da Celesc realiza todos os anos com grande satisfação, conscientes de que uma empresa pública precisa desempenhar um trabalho social de qualidade”, destacou Eduardo Moreira.

Os projetos Banho de Energia 3, Energia do Bem 5 e Bônus Eficiente 5 vão beneficiar aproximadamente 77,5 mil pessoas com a instalação de sistemas trocadores de calor para chuveiros elétricos e fogões à lenha; troca de refrigeradores, freezers e ares condicionados antigos por novos com selo Procel; e a substituição de lâmpadas ineficientes por lâmpadas bulbo de LED.

Para os projetos, serão destinados um total de R$ 25,5 milhões. Além deles, a Celesc também está lançando nova Chamada Pública para a seleção de projetos requisitados pelos próprios consumidores. Para a Chamada, serão investidos outros R$ 9,5 milhões.

>>>Confira mais imagens na galeria de fotos

Conheça os programas

Banho de Energia 3

- Objetivo: Instalação de 700 sistemas de trocador de calor para fogão à lenha, instalação de 3,4 mil trocadores de calor para chuveiro elétrico e substituição de 30,7 mil lâmpadas ineficientes por lâmpadas bulbo de LED.
- Investimento: R$ 9.504.467,50
- Beneficiados: 4,1 mil famílias do meio rural e baixa renda - aproximadamente 16 mil pessoas.
- Municípios participantes: Abdon Batista, Anita Garibaldi, Correia Pinto, Lages, Otacílio Costa, Ponte Alta e São Cristóvão do Sul
- Definição dos municípios: planalto serrano, devido à utilização do fogão a lenha e por atingir baixas temperaturas em determinadas épocas do ano

Energia do Bem 5

- Objetivo: Substituição de 42.800 lâmpadas fluorescentes compactas ou incandescentes por lâmpadas bulbo LED. Troca de 1,4 mil refrigeradores antigos por novos com selo Procel e instalação de 3.450 trocadores de calor para chuveiro.
- Investimento R$ 6.960.800,00
- Beneficiados: 8,5 mil famílias poderão participar do projeto - aproximadamente 34 mil pessoas.
- Municípios participantes: Será atendida a região litorânea, com prioridade para locais com os maiores índices de perdas não técnicas nas regiões de Joinville, Itajaí, Criciúma e Florianópolis.

Bônus Eficiente 5

- Objetivo: Subsídio de 50% para a troca de 6.850 eletrodomésticos (3.500 refrigeradores, 1.500 freezers e 1.850 aparelhos de ar condicionado) antigos por equipamentos novos com Selo Procel
- Investimento R$ 9,0 milhões
- Benefício para 6.850 famílias, em toda área de concessão, aproximadamente 27,4 mil pessoas
- Bônus de 50% para troca de refrigeradores, freezers, condicionadores de ar e lâmpadas

Um dos benefícios proporcionados pelos projetos Bônus Eficiente está a doação para instituições filantrópicas. Desde 2012, foram doados mais de R$ 4 milhões para instituições assistenciais como apaes, creches e hospitais. Ao todo, 31 instituições já receberam esse apoio.

Chamada pública

Nesse processo, pode participar qualquer consumidor da Celesc, inscrito no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, ou seja, com CNPJ. Para tal, o cliente deverá apresentar para a Celesc um projeto para redução do consumo de energia, conforme as regras estabelecidas no Edital e definidas pela ANEEL.

Ao todo serão destinados R$ 9,5 milhões para a execução desses projetos, sendo R$ 2,5 milhões destinados exclusivamente para ações de incentivo à Eficiência Energética com a inserção de geração por fontes incentivadas (fotovoltaica, eólica) em Hospitais Públicos e Filantrópicos.

As chamadas públicas são realizadas pela Celesc desde 1999. Em 2014, essa boa prática tornou-se obrigatória para todas as distribuidoras de energia do País, com regimento estabelecido pela própria Agência e nesse período (últimos quatro anos), 37 projetos foram aprovados pela Celesc, com investimento de mais de R$ 50 milhões, em benefício de universidades, prefeituras, hospitais, indústrias, prédios públicos.

“Desde 2011, por orientação do Governo do Estado, tomamos a decisão de executar projetos sempre visando a democratização do uso dos recursos energéticos, a ideia principal é que esses projetos possam ser sentidos e aproveitados pela maior quantidade possível de pessoas e em áreas de maior necessidade”, enfatizou o presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

Convênio com a Acaert

Ainda na manhã desta segunda-feira, 3, na presidência da Celesc, o governador Eduardo Pinho Moreira e o secretário de Estado da Comunicação, Gonzalo Pereira, acompanharam o ato que renova o convênio entre a Companhia e a Associação Catarinense das Emissoras de Radio e Televisão (Acaert) com o objetivo de divulgar eventos programáticos da Empresa, desligamentos para a realização de obras e informações como dicas de segurança para a sociedade. “É fundamental uma parceria onde se facilita a comunicação do Governo com o cidadão”, frisou o governador.


Foto: Jeferson Baldo/Secom

O secretário reforça a importância da comunicação para que a informação e os serviços públicos cheguem a todos os catarinenses, especialmente pela mídia regional. “É um importantíssimo instrumento não só para as instituições que celebram o convênio, mas para a sociedade que recebe a informação com credibilidade e em tempo adequado”, observa Gonzalo Pereira.

Durante a assinatura do convênio, o presidente da Celesc, Cleverson Siewert, recebeu da Acaert uma placa de homenagem em reconhecimento à trajetória profissional, especialmente na vida pública.

>>>Confira mais imagens na galeria de fotos

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 7 de 340