Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 17 de novembro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 17 de novembro de 2017

O governador Raimundo Colombo fala sobre a ressocialização dos presos no estado, os resultados do agronegócio e o projeto piloto da Secretaria da Educação com a implantação do sistema de matrículas online.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: CBMSC

Interessados em ingressar no Corpo de Bombeiros Militar como soldado têm até a quinta-feira, 31, para realizar a inscrição e iniciar as etapas do processo seletivo. Estão sendo oferecidas 300 vagas, sendo 282 para homens e 18 para mulheres. As inscrições devem ser feitas por meio do site da empresa licitada para realizar o concurso: www.objetivas.com.br.

Depois da inscrição, o próximo passo dos candidatos é passar pela prova de conhecimentos gerais, prevista para acontecer no final de setembro, em cinco cidades do estado: Florianópolis, Blumenau, Curitibanos, Chapecó e Criciúma. Entretanto, o subcomandante-geral do Corpo de Bombeiros e presidente da Comissão de Concurso, coronel João Valério Borges, alerta para a necessidade de quitar a taxa de inscrição para efetivar a participação no processo de seleção. “Até o momento, temos mais de dez mil inscritos, mas apenas cerca de 25% das inscrições foram quitadas. Por isso, é importante que as pessoas se atentem para os prazos de inscrição e para o pagamento da taxa”, disse.

>>> Edital e inscrições

Depois da prova escrita, composta por 50 questões objetivas e redação, os candidatos precisarão apresentar boa condição de saúde física e mental, demonstrando à comissão do concurso, os laudos dos exames solicitados no edital. Em seguida, serão submetidos aos testes de aptidão física, avaliação psicológica e social, demonstrando bons antecedentes e lisura em exames toxicológicos.

Após todas estas etapas, ocorre a entrega de documentos pessoais e a homologação da aprovação do concurso para início do curso de formação, que deverá iniciar em 19 março de 2018.

Somente após a conclusão do curso de formação, previsto para durar cerca de nove meses, é que são abertas as vagas de lotações e os aprovados no curso iniciam a atuação profissional como soldado do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina.

>>> Governo do Estado abre 2,5 mil vagas por meio de concursos públicos e processos seletivos em 2017

Informações adicionais para a imprensa
Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa 
Corpo de Bombeiros Militares de Santa Catarina - CBMSC
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Fone: (48) 3251-9614 / 98843-4427
Site: www.cbm.sc.gov.br


Irmãos Vinícius e Eduardo Dedonatti, de Arvoredo, que conseguiram dobrar a produtividade de leite após o curso do Programa SC Rural. Foto: Aires Mariga/Epagri

Nessa quarta-feira, 30, acontece em Maravilha o Encontro Macrorregional de Jovens Rurais do Oeste Catarinense. O evento vai reunir cerca de 250 pessoas no Centro de Eventos Luz do Sol. Participam jovens das regiões de Palmitos, São Miguel do Oeste, Chapecó, São Lourenço e Xanxerê, que vão discutir empreendedorismo rural e sucessão familiar no campo. O evento é realizado pela Epagri com apoio do Programa SC Rural, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e outros parceiros.

A Epagri vem capacitando jovens rurais desde 2012, dentro das atividades do Programa SC Rural. Até o final de 2017, a empresa terá formado cerca de 1,9 mil homens e mulheres com idades entre 18 e 29 anos para tornarem-se empreendedores em suas propriedades e sucederem seus pais no comando dos negócios.

Os cursos oferecidos pela Epagri acontecem ao longo de oito meses, normalmente num dos Centros de Treinamento que a Empresa tem pelo estado. Na sala de aula, eles recebem noções de informática, administração e aprofundam seus conhecimentos nas principais cadeias produtivas de suas regiões. Depois retornam à propriedade para colocar em prática o conteúdo teórico, numa metodologia chamada de alternância. Ao final do curso, elaboram projetos para implementar ou melhorar seus empreendimentos e os melhores são selecionados para receber financiamento do SC Rural.

O evento de quarta-feira tem duas palestras - uma sobre sucessão familiar e o conflito de gerações e uma sobre desafios e perspectivas para juventude rural do Oeste catarinense. A programação conta ainda com apresentação de casos de sucesso de jovens que passaram pelo curso da Epagri e com atividades culturais.

Em 2015 e 2016, a Epagri realizou encontros estaduais de jovens rurais, que reuniram mil participantes cada. Esse ano, a empresa optou por realizar quatro encontros macrorregionais, que devem reunir um total de mil pessoas também. Esse é último encontro do ano. Já foram realizados eventos semelhantes em Treze Tílias, Lages e Florianópolis.

Serviço

O quê: Encontro Macrorregional de Jovens Rurais do Oeste Catarinense
Quando: dia 30 de agosto, quarta-feira, a partir das 8h30min
Onde: Centro de Eventos Luz do Sol, em Maravilha (Estrada Linha Arabutã)
Informações e entrevistas: Simone Bianchini (49) 99158-9493 ou (49) 3622-1161 / Lilian Castelani (49) 99926-9977 ou (49) 3462-4082

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação da Epagri
Gisele Dias
Fone: (48) 3665-5147 / (48) 99989-2992
E-mail: giseledias@epagri.sc.gov.br
Cinthia Andruchak
Fone: (48) 3665-5344
E-mail: cinthiafreitas@epagri.sc.gov.br
Isabela Schwengber
Fone: (48) 3665-5407
E-mail: isabelas@epagri.sc.gov.br
Site: www.epagri.sc.gov.br


Foto: Divulgação / SOL 

Entrou no ar neste fim de semana nos veículos tradicionais de mídia e nas redes sociais a campanha publicitária do projeto O Sul É Meu Destino, iniciativa surgida em Santa Catarina para divulgar de forma integrada os atrativos turísticos do Sul do país. O projeto foi lançado oficialmente nas última sexta-feira, 25, no 6º Meeting de Turismo que reuniu representantes do setor dos três estados do Sul no Beto Carrero World, em Penha, no Litoral Norte de SC.

Com o conceito “Sul. Não dá para contar, tem que conhecer” e um investimento estimado em R$ 5 milhões, a campanha quer atingir jovens, casais, famílias e turista de negócios. Para cada um desses segmentos, haverá mensagens específicas. Serão anúncios em meios impressos (jornais e revistas), TV e banners em locais estratégicos como metrôs e aeroportos. Nas redes sociais, a estratégia publicitária inclui o engajamento de influenciadores digitais e de personalidades nascidas na região.


Audiência em São Pedro de Alcântara. Foto: Rosália Pessato/Suderf

Novas linhas de ônibus municipais na Grande Florianópolis e mais frequência do transporte coletivo são as principais mudanças propostas pela Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) para a Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano. O projeto, elaborado em parceria com o Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC e discutido com as prefeituras, foi apresentado nos municípios de São Pedro de Alcântara, Antônio Carlos, Santo Amaro da Imperatriz, Biguaçu e Águas Mornas nas últimas semanas.

“Os resultados foram muito bons porque não se resumiram a reclamações. As pessoas expuseram suas necessidades, como a ampliação de linhas e horários e tudo aquilo que corresponde a um bom sistema de transporte. Foi muito produtivo, inclusive com a participação dos prefeitos dos cinco municípios, que estão integrados ao processo de planejamento, visando ao atendimento da sua população”, comentou o superintendente de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis, Cassio Taniguchi.

Hoje, o sistema de transporte coletivo, na maioria das cidades da região continental da Grande Florianópolis, está restrito a linhas intermunicipais para Florianópolis, com pouca oferta de ônibus. Com a Rede Integrada de Transporte Coletivo Metropolitano, o usuário do sistema poderá trocar de veículo para chegar a uma cidade da região sem pagar novas passagens cheias, ou seja, pagará apenas o complemento de tarifa dependendo do destino.

"Todos os sistemas de transporte coletivo na região metropolitana têm que ser regularizados, ou seja, precisa haver concorrência pública, com exceção de Florianópolis. A sobreposição de linhas e serviços é ineficiente e não traz benefícios ao usuário. As vantagens do sistema integrado são mais conectividade entre os municípios da região continental, redução de custos do sistema, mais serviços aos usuários e média de tarifa mais baixa”, explicou o diretor técnico da Suderf, Celio Sztoltz.

As apresentações da Suderf e UFSC da Nova Rede de Transporte Coletivo Metropolitano ocorrem em parceria com as prefeituras municipais. Nesta quinta-feira, 31, será realizada em São José, a partir das 19h30, no Centro Multiuso. Já em Palhoça e Governador Celso Ramos, as datas não foram definidas pelas prefeituras.

Serviço

O quê: Apresentação da Nova Rede de Transporte Coletivo Metropolitano
Onde: Centro Multiuso de São José (Av Acioni Souza Filho, s/n)
Quando: 31 de agosto de 2017 (quinta-feira)
Horário: 19h30

Canais de informação:

www.spg.sc.gov.br/suderf
www.facebook.com/suderf
www.facebook.com/observatoriodamobilidade

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis - Suderf
E-mail: rosalialdors@gmail.com
Fones: (48) 3665-3334 e (48) 99150-1222
Site: www.spg.sc.gov.br/suderf


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Dentro da programação do aniversário de 100 anos de Chapecó, no Oeste do Estado, o governador Raimundo Colombo, acompanhado do secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, participou do evento Educação Integral para o Século XXI, onde foi assinado o termo de compromisso entre o Governo do Estado, a prefeitura de Chapecó, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e o Instituto Ayrton Senna, para instituir e consolidar a proposta de educação integral nas redes de ensino. O evento contou com a participação de duas mil pessoas, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nes.

Colombo destacou a importância de criar o ambiente adequado para promover o ensino integral e o trabalho desenvolvido pelo Instituto Ayrton Senna na área da Educação em todo o Brasil. "Essa união de forças vai nos permitir avançar em um dos eixos mais importantes do desenvolvimento social e até econômico, de qualquer sociedade. O conhecimento e o que é possível transformar através dele também está na forma de atrair o nosso estudante para a sala de aula e apresentar a eles novas habilidades e novas oportunidades", destacou o governador.

Página 102 de 218