Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Oportunidades

Próximos eventos

Nesta segunda-feira, 2, a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) abriu as inscrições do Vestibular de Inverno 2018 no site www.vestibular.udesc.br. As provas ocorrerão em 10 de junho, de manhã e de tarde. São oferecidas 1.048 vagas em 37 cursos presenciais de graduação, todos gratuitos (sem mensalidade), em nove municípios catarinenses: Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul.

Os candidatos poderão se inscrever até 4 de maio e pagar a taxa de inscrição de R$ 110 até 7 de maio. Na semana passada, foram anunciadas as listas de isentos de pagar a taxa de inscrição pelo critério socioeconômico e por doação de sangue/medula. Confira os resultados


Foto arquivo: Jaqueline Noceti / Secom

Com um total de 32 empresas classificadas, Santa Catarina ficou em primeiro lugar na primeira edição do Selo Nacional de Responsabilidade Social pelo Trabalho no Sistema Prisional (Resgata) instituído pelo Departamento Penitenciário Nacional (Depen) para incentivar empresas e instituições que utilizam mão de obra do sistema prisional. O resultado foi divulgado pelo Depen e fizeram parte do processo 127 instituições e 113  atenderam todos os requisitos.

“O Selo Resgata é uma forma de reconhecimento às instituições que contribuem ofertando trabalho ao sistema prisional, contribuindo assim para a construção da cidadania e de uma nova identidade à pessoa presa”, lembra o secretário de Estado da Justiça e Cidadania, Leandro Lima.

Em segundo lugar na concessão do Selo ficou o Estado de Minas Gerais, com 31 empresas classificadas e em terceiro Espírito Santo, com 13 empresas selecionadas.

O selo Resgata é válido por um ciclo e as instituições contempladas ou não poderão se inscrever nas novas edições, cuja previsão é para o primeiro semestre de 2018.

O investimento em ressocialização em Santa Catarina resulta em 31% dos presos trabalhando nas unidades prisionais por meio de 180 convênios com empresas e órgãos públicos, enquanto em 2011 um pouco mais de mil apenados exerciam atividade laboral.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br


Fotos: Jeferson  Baldo / Secom

Está praticamente pronto um dos maiores centros de eventos do Sul do país, que fica em Balneário Camboriú. Na manhã desta quinta-feira, 29, o governador Eduardo Pinho Moreira, acompanhado do ministro da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, e do secretário de Estado de Turismo, Cultura e Esporte, Leonel Pavan, visitaram as obras – em desenvolvimento com recursos do Governo do Estado – e iniciaram as tratativas para a liberação de R$ 16 milhões do Governo Federal para a aquisição de equipamentos, como aparelhos de ar condicionado.

“O ministro Marun tem sido ágil com as demandas de Santa Catarina e veio pessoalmente conhecer e entender a importância dessa obra. Tenho certeza que vamos encaminhar da melhor maneira e, em breve, vamos entregar este empreendimento fundamental para o turismo de Santa Catarina”, informou o governador.

33 MIL METROS QUADRADOS DE ÁREA CONSTRUÍDA

Ao percorrer a estrutura, o ministro ficou impressionado com o porte da obra e disse que está à altura do dinamismo da região de Balneário Camboriú e de Santa Catarina. “Nosso esforço será para atender este pedido o mais breve possível, para que toda essa estrutura cumpra sua função social e econômica de gerar renda, emprego e promover as belezas desta região e deste Estado”, garantiu o ministro.



>>> Mais fotos na galeria

Com investimentos de R$ 90 milhões, o Centro de Eventos de Balneário Camboriú tem 33 mil metros quadrados de área construída, e capacidade para mais de 60 mil pessoas. A estrutura está dividida em quatro grandes áreas. Duas para exposições/convenções; uma para alimentação e outra, no piso superior, com duas salas, para 1.600 pessoas sentadas em cada uma.

TECNOLOGIA DE PONTA

O secretário Leonel Pavan destacou que a construção segue alto padrão de tecnologia, espaços com divisórias que podem se adequar ao tamanho dos eventos, além de modernos sistemas de aproveitamento da temperatura do ambiente e da luz solar. A maior sala do centro tem como destaque de engenharia um vão livre de aproximadamente 90 metros.

O secretário informou que, paralelo ao trabalho na estrutura física, estão sendo realizados os estudos de viabilidade econômica e do sistema viário no entorno do centro de convenções. “O ritmo é bom e estamos trabalhando nestes ajustes que garantem os acabamentos de alto padrão desta obra”, enfatizou. A ideia é que o centro atraia grandes feiras e eventos, o que é fundamental para o turismo de Santa Catarina fora da sazonalidade. O setor já representa cerca de 13% do PIB do Estado.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: James Tavares / Secom

“Fazer mais com menos”, essas têm sido as palavras de ordem do governador Eduardo Pinho Moreira, que assumiu o Governo do Estado há pouco mais de um mês. O governador explica que a solicitação feita para toda equipe de governo é manter um rigoroso controle do gasto público, focando na qualidade da prestação dos serviços a fim de garantir que as prioridades da gestão sejam mantidas.

Eduardo Pinho Moreira destaca que os recursos obtidos a partir das ações de economia e contenção de despesas serão empregados prioritariamente na melhoria dos serviços ofertados aos cidadãos, convergindo principalmente para as áreas de Saúde e Segurança Pública, que representam os principais anseios da sociedade catarinense. “Todos terão o compromisso de ajudar o Governo nessa missão”, ressaltou.


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

A busca constante do Governo do Estado em atender as demandas, ampliar e qualificar o acesso aos serviços de saúde em Santa Catarina já apresenta resultados. Na manhã desta quinta-feira, 29, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, oficializou junto ao governador Eduardo Pinho Moreira o repasse de mais R$ 20 milhões. Os recursos totais formalizados chegam a R$ 120 milhões, já que R$ 100 milhões foram confirmados pelo presidente Michel Temer ao governador na última semana.

A partir de abril, estes valores anunciados para atender os serviços de média e alta complexidade serão incorporados à Saúde, que com isso passa a dispor de R$ 10 milhões mensais, garantidos em portaria públicada nesta quinta, no Diário Oficial da União. Os valores foram pleiteados em conjunto com o Fórum Parlamentar Catarinense.

ANÚNCIO FEITO EM COLETIVA

O anúncio foi realizado em coletiva de imprensa nesta quinta, no Centro Administrativo, em Florianópolis. O secretário da Saúde, Acélio Casagrande, e representantes do Fórum Parlamentar Catarinense deputados federais Carmen Zanotto, Jorginho Mello e Rogério Peninha Mendonça acompanharam a oficialização.



>>> Mais fotos na galeria

Eduardo Pinho Moreira destacou que Santa Catarina está priorizando investimentos em Saúde e Segurança Pública, mas sem esquecer outras áreas. Informou que este incremento de R$ 10 milhões por mês no teto da Saúde, mais os valores que serão incorporados por serviços novos, cerca de R$ 25 milhões, representam mais de R$ 100 milhões até o final do ano.

14% DA RECEITA PARA A SAÚDE

“Temos ainda os 14% da receita liquida do Estado que estamos investindo na Saúde. Essas ações vão manter em dia e melhorar o atendimento de forma significativa. Saúde não pode ser atividade meio, tem que ser atividade fim e a finalidade é cuidar das pessoas e é isto que estamos fazendo”, apontou o governador.

O ministro Marun explicou que o Governo do Estado demonstrou a necessidade dos recursos para a Saúde, e o presidente Michel Temer entendeu como justo o pleito. “Entendemos que os serviços prestados por Santa Catarina são superiores aos previstos. E agora com este aumento de recursos, somados ao esforço do governador, a população será ainda mais bem atendida. É uma demonstração de que quando existe vontade e competência os resultados em beneficio da população acontecem”, explicou o ministro

PLANEJAMENTO

O secretário da Saúde, Acélio Casagrande, explicou que existe um planejamento estratégico muito bem elaborado, relativo à regionalização da Saúde. Com isso, já foram mapeadas ações necessárias para melhorar a qualidade do serviço. 

AÇÕES EXECUTADAS

O secretário citou algumas ações que já estão sendo executadas com o objetivo de tirar as pessoas das filas e prestar um bom atendimento aos catarinenses. Exemplificou o Projeto Ver, que está atendendo pessoas que aguardavam por uma cirurgia de cataratas, e tratamento geral nesta área de oftalmologia. No Vale do Araranguá já são 800 cirurgias. Em 45 dias foram quatro mil cirurgias de oftalmo. “Todas as regiões estão sendo atendidas. Em outras áreas também estamos buscando as necessidades. É um trabalho extenso que aos poucos vai mostrando os resultados”.

O abastecimento de medicamentos e insumos nos hospitais próprios também já apresentam resultados. Passou de 36% para 76% nas unidades. A meta é atingir 90%. “Melhorando os abastecimentos se melhora a capacidade dos atendimentos. Estamos ao poucos melhorando o fluxo e adequando com o financeiro existente”.

O secretário explicou que todos os pagamentos de contratualização com os hospitais filantrópicos foram colocados em dia nestes dois meses à frente da pasta.

“Estamos fazendo uma gestão rigorosa com análise de todos os contratos de serviços, isso faz também que possamos equilibrar as contas. Vamos sempre priorizar a assistência a saúde com o atendimento aos que mais necessitam”, destacou o secretário.

RESULTADOS

O recurso anunciado nesta quinta é resultado da primeira visita do governador a Brasília, onde, acompanhado dos representantes do Fórum Parlamentar Catarinense, entregou ao presidente e ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, um ofício solicitando verbas para a Saúde.

“Somos gratos ao Governo Federal, mas também ao Fórum Parlamentar por todo empenho e comprometimento em mais está conquista para a população catarinense”, reconheceu o governador.

NOVOS RECURSOS

Além dos R$ 10 milhões incorporados mensalmente, o Estado está recebendo recursos oficializados por recentes portarias ministeriais para serviços de alta complexidade no valor de R$ 25 milhões. Os recursos atenderão, por exemplo, serviços de câncer de Rio do Sul e São Bento, cardiologia de Lages e Mafra, neurocirurgia também em Mafra, leitos de AVC em Blumenau, e leitos em outros municípios. 

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 12 de 301