Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Vídeos

Tem produtos da agricultura familiar nas refeições de todas as escolas de SC



Oportunidades

Próximos eventos

Fotos: Maurício Vieira/Secom

Um evento multicultural e cheio de manifestações artísticas. Assim foi a abertura oficial da 59ª edição dos Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc), na noite desta sexta-feira (1º), em Timbó. Cerca de três mil pessoas lotaram o Pavilhão de Eventos Henry Paul para acompanhar o evento, que teve como tema a inclusão, diversidade e história dos três municípios-sede dos Jasc 2019: Timbó, Indaial e Pomerode. Os jogos começaram nesta sexta-feira e seguem até dia 10.

Na edição deste ano, cerca de 4,8 mil atletas, de 120 municípios, disputam 26 modalidades esportivas. O chefe da Casa Civil, Douglas Borba, acompanhou a solenidade e declarou aberta a competição.

“A expressão perfeita para definir o Jasc é a de alimentar sonhos. E isso é motivar que cada catarinense corra atrás de seus objetivos. Outra que também pode ser usada é superação, afinal 11 anos depois as três cidades estão dando exemplo de reconstrução, atitude e coragem”, afirmou.

O governador Carlos Moises gravou um vídeo, que foi transmitido durante a cerimônia. Ele reforçou a importância do evento para o estado. "Sabemos que os Jasc já revelaram atletas importantes, mas o esporte representa mais do que isso. Santa Catarina tem dado valor à prática esportiva porque sabe que ela promove marcos sociais e atrai muitas pessoas para o bem", declarou.

Essa é a terceira vez que essas três cidades recebem os Jasc. A primeira foi em 2004, a segunda em 2008. Porém, neste ano, por causa das fortes chuvas, a competição precisou ser cancelada no segundo dia. O presidente da Fesporte, Rui Godinho, também reforçou que a superação é um dos diferenciais dessa edição. “Tenho certeza que será um grande evento, já que as cidades se uniram para realizar mais uma vez uma grande competição. Desejo aos atletas muito empenho, para que também possam fazer parte da história dos Jasc”.

:: Veja mais fotos na galeria

A cerimônia de abertura foi marcada por apresentações, que fizeram referências à herança cultural da região do Médio Vale, passando pelos primeiros habitantes indígenas até as danças típicas alemãs e italianas. Nesta edição, os atletas José Alessandro Bagio (marcha atlética), Monica Bogo (Bolão 16CM), Jéssica Mayer (ginástica rítmica), Jocemar Kreitlow (tiro carabina) e Alessandra Picagevicz (marcha atlética) foram os protagonistas em um dos momentos mais esperados do evento. Eles acenderam juntos a pira dos Jasc 2019. Logo em seguida, a atleta de Bolão 23CM Michele Erdmann fez o juramento.

Competições começaram nesta sexta-feira

As competições começaram na manhã desta sexta-feira, quando saiu a primeira medalha da etapa estadual dos Jasc. A nadadora Amanda Schumacher de Oliveira, de Joinville, cravou 5min8s9 e venceu a prova dos 400 metros medley.

Neste primeiro dia de evento, foram mais de 100 confrontos em diversas modalidades. Ao todo, a competição conta com 26 modalidades: atletismo, basquete, bocha, bolão 16, bolão 23, ciclismo, caratê, futebol, futsal, ginástica artística, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, punhobol, remo, taekwondo, tênis, tênis de mesa, tiros, triatlo, vôlei, vôlei de praia e xadrez e ainda jitsuo (provisória). Na programação haverá também a exibição do boxe.

Os Jasc, em sua etapa estadual, são uma realização do Governo de Santa Catarina, por intermédio da Fesporte, em parceria com as prefeituras de Indaial, Pomerode e Timbó.

:: Confira os boletins diários e a programação no site da Fesporte

Informações adicionais para imprensa:
Karine Wenzel
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
Fone: (48) 3665-3005 
E-mail: karinew@secom.sc.gov.br 
Site: www.sc.gov.br 
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Fotos: Jackson Jacques / CBMSC

O Curso de Formação de Soldados do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) começou nesta sexta-feira, 1º de novembro, em Florianópolis. Os 175 novos alunos foram recebidos no Centro de Ensino, pelo comandante, tenente coronel BM Alexandre da Silva.

Já pela manhã, receberam as primeiras instruções referentes ao cotidiano do Bombeiro Militar e foram recepcionados por integrantes do Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças. 


Foto: Maiara Gonçalves / PGE

O resultado final do concurso para a carreira de procurador do Estado de Santa Catarina foi homologado nesta quinta-feira, 31. No total, 28 candidatos foram aprovados e estão aptos à nomeação. A intenção da Procuradoria Geral do Estado de Santa Catarina (PGE) é nomear os primeiros colocados ainda em 2019 para restaurar o quadro de procuradores atualmente defasado em virtude de aposentadorias. A relação completa com os nomes dos aprovados está disponível em http://pge.fepese.org.br/.

A PGE abriu concurso para a carreira de procurador do Estado, além da formação de cadastro de reserva para eventual abertura de novas vagas no prazo de validade do concurso, que é de dois anos, prorrogáveis por mais dois. A prova objetiva, primeira etapa do concurso, foi realizada no dia 2 de dezembro do ano passado, com a presença de 2.290 candidatos do total de 2.667 que tiveram a inscrição deferida.

No total, 185 candidatos realizaram a primeira prova prática no dia 24 de março, em Florianópolis. Destes, 68 passaram para a segunda fase realizada no dia 18 de agosto, dos quais 28 foram aprovados para prova oral. As arguições foram realizadas entre os dias 12 e 13 de outubro e os 28 candidatos foram classificados. Na sequência, houve a última etapa, a prova de títulos, de caráter classificatório.

Informações adicionais para a imprensa: 
Maiara Gonçalves
Assessoria de Comunicação
Procuradoria Geral do Estado
comunicacao@pge.sc.gov.br
(48) 3664-7650 / 99131-5941 / 98843-2430

 
Foto: James tavares/Arquivo/Secom

O ecossistema de inovação de Santa Catarina receberá um incremento de R$ 3,5 milhões da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) neste fim de ano. São dois editais diferentes, um deles voltado aos Centros de Inovação e o outro às Instituições de Pesquisa Científica e Tecnológica (ICTs). As propostas devem ser submetidas no site www.fapesc.sc.gov.br até 8 de novembro deste ano para ambos. 

No caso dos Centros de Inovação, será destinado R$ 1,5 milhão com a finalidade de contribuir na implantação ou fortalecimento dos complexos que já estão em operação por meio de ajuda de custo para a realização de eventos. Cada proposta contemplada receberá até R$ 100 mil.

“Temos o compromisso de sermos reconhecidos como um Estado competitivo e inovador. As ações integradas da SDE (Secretaria de Desenvolvimento Econômico) juntamente com a força das vinculadas, como a Fapesc, que atua frente ao fomento da pesquisa e da inovação, são alicerce para o fortalecimento deste ecossistema empreendedor que já faz a diferença no desenvolvimento econômico de Santa Catarina”, destaca o secretário da SDE, Lucas Esmeraldino.

O diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fapesc, Amauri Bogo, completa que como fomentadora e incentivadora da política de inovação, a Fapesc tem em seu planejamento estratégico editais voltados para a área e que ajudam na consolidação do ecossistema.

Podem apresentar propostas os Centros de Inovação que integram o Programa do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), ou outros habitats de inovação vinculados aos Comitês de Implantação dos Centros de Inovação. 

“A ideia é fortalecer e consolidar o ecossistema nas regiões onde os centros ainda são incipientes e também promover ações que são típicas dos centros de inovação naqueles locais onde o ecossistema está mais desenvolvido”, enfatiza o gerente de Inovação e Tecnologia da Fapesc, Jefferson Fonseca.

Para ele, “o desenvolvimento de uma cultura do empreendedorismo e da inovação é fundamental, é o terreno fértil onde nasce e cresce um ecossistema diverso, forte e sustentável. A Fapesc quer injetar recursos, ânimo, atividades em toda Santa Catarina”.

Integração universidades com o setor produtivo

Já no caso do edital voltado às ICTs, são R$ 2 milhões para implantação e consolidação de Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs). O objetivo é possibilitar a capacitação das equipes, atividades de pesquisa e macro ações que levem à realização, aprimoramento, desenvolvimento e difusão de boas práticas dos núcleos.

Com o edital, a Fapesc pretende ainda possibilitar atividades direcionadas ao processo de consolidação da cultura da inovação por meio da prospecção tecnológica, proteção intelectual, propriedade intelectual (PI), empreendedorismo, transferência de tecnologia e gestão dos ativos tecnológicos e do capital intelectual junto às ICTs para o desenvolvimento do ecossistema de inovação e pesquisa aplicada em Santa Catarina.

De acordo com o diretor Amauri Bogo, os NITs fazem o elo entre as instituições e as empresas gerando novos produtos que venham a contribuir com a sociedade: “O fortalecimento dos NITs é muito importante, pois são os agentes que ligam as universidades ao empreendedorismo ampliando a filosofia do pensar de inovação tecnológica”. 

Informações adicionais para imprensa:
Francieli Oliveira
Assessoria de Imprensa
Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de SC - Fapesc
E-mail: francieli@fapesc.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-4812 / 9.9927-4159
Site: www.fapesc.sc.gov.br 

O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) divulga os vencedores do 21º Prêmio Fritz Müller. Com finalidade de reconhecer e premiar empresas e organizações que desenvolvem projetos em prol do meio ambiente, a honraria é destinada a projetos e iniciativas que vão além da legislação ambiental e que resultam em benefícios para a conservação do meio ambiente. A solenidade de entrega da premiação está marcada para 10 de dezembro, na Fiesc. 

Dividido em 15 categorias diferentes, o concurso é voltado a projetos e ações desenvolvidos nas áreas de agricultura sustentável, conservação de insumos como água e energia, controle da poluição, tratamento de efluentes, reciclagem e resíduos sólidos, educação ambiental, gestão ambiental, turismo ecológico, entre outros. 

Participam da premiação empresas públicas e privadas, instituições, órgãos governamentais, cooperativas, ONGs, institutos e organizações que atuam em Santa Catarina, com projetos desenvolvidos no estado.  

Categoria e Premiado:

Categoria: AGRICULTURA SUSTENTÁVEL
Vencedora: EPAGRI
Projeto: Biodiversidade e potencial de uso de parasitoides no controle biológico da mosca-das-frutas sul-americana no Meio-Oeste de Santa Catarina.

Categoria: CONSERVAÇÃO DE INSUMOS DE PRODUÇÃO (ÁGUA)
Vencedora: General Motors do Brasil
Projeto: 75% de água reciclada da General Motors – Unidade de Joinville

Categoria: CONSERVAÇÃO DE INSUMOS DE PRODUÇÃO (ENERGIA) 
Vencedora: BMW DO BRASIL LTDA
Projeto: Programa de Eficiência Energética BMW Araquari.

Categoria: CONSERVAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS E DA VIDA SILVESTRE
Vencedora: PREFEITURA DE SÃO BENTO DO SUL
Projeto: Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) – Programa Produtor de Água do Rio Vermelho

Categoria: CONTROLE DA POLUIÇÃO ATMOSFÉRICA
Vencedora: Termotécnica
Projeto: Energia Renovável expandindo a sustentabilidade

Categoria: EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Vencedora: Itapoá Terminais Portuários S.A
Projeto: Itapoá Sempre Verde

Categoria: GESTÃO AMBIETAL
Vencedora: CIA INDUSTRIAL H CARLOS SCHNEIDER
Projeto: Reaproveitamento de Óleo de Têmpera

Categoria: GESTÃO SOCIOAMBIENTAL
Vencedora: WESTROCK, CELULOSE, PAPEL E EMBALAGENS LTDA
Projeto: Projeto Vencer

Categoria: PRODUTO ECOLÓGICO
Vencedora: EPAGRI - EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL DE SANTA CATARINA
Projeto: Indicação geográfica erva-mate do Planalto Norte Catarinense.

Categoria: PROJETOS DE PESQUISA
Vencedora: Associação Catarinense de Assistência e Defesa do Meio Ambiente
Projeto: Reprodução e Reintrodução da Bromélia Dyckia ibiramensis, Planta Rara e Endêmica do Rio Hercílio em Ibirama – SC.

Categoria: RECICLAGEM
Vencedora: EPAGRI
Projeto: Confecção de armadilhas artesanais de baixo custo para a captura de insetos-praga.

Categoria: RESÍDUOS SÓLIDOS
Vencedora: Associação Comercial e Industrial de Florianópolis
Projeto: ReÓleo

Categoria: TURISMO ECOLÓGICO E SUSTENTÁVEL
Vencedora: Associação Catarinense de Assistência e Defesa do Meio Ambiente
Projeto: Turismo Ecológico Comunidade da Barra do Ribeirão do Cocho – Ibirama/Apiúna – SC

Certificado IMA de Gestão Ambiental

Além do troféu Fritz Müller, os projetos premiados receberão o Certificado IMA de Gestão Ambiental. Com esse certificado, o Instituto reconhece que os resultados ambientais da organização contemplada estão fazendo a diferença na preservação ambiental catarinense.

Informações adicionais à imprensa:
Claudia Xavier
Assessoria de Imprensa IMA
Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina
E-mail: comunicacao@ima.sc.gov.br
Fone: (48) 3665 4177 / (48) 99172 8277
Site: www.ima.sc.gov.br 

Página 13 de 611

Conecte-se