Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 10 de novembro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 10 de novembro de 2017

No programa semanal Com a Palavra, o Governador, Raimundo Colombo fala sobre investimentos na Defesa Civil, Programa Juro Zero, formação dos novos policiais militares, Jogos Abertos de Santa Catarina e Ferrovia das Bromélias.


Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Divulgação / Epagri

A Estação Experimental da Epagri em Ituporanga (EEItu) observou na safra 2017/18 a ocorrência de um vírus em cebola ainda não relatado na região Sul do país. A diagnose do vírus foi confirmada por análises realizadas no laboratório da Embrapa Hortaliças em Brasília. Este vírus, conhecido como Iris yellow spot virus, foi observado no Nordeste em 1994. Desde então, não existiam relatos oficiais da ocorrência dessa virose para a cultura da cebola no Brasil.

Até o momento foi constatada a presença do vírus nos municípios catarinenses de Ituporanga, Aurora e Campos Novos. Estudos realizados até agora certificam que o microrganismo não é transmitido por sementes.

O vírus é transmitido pelo tripes ou piolho da cebola, que é o principal inseto-praga da cultura. “Essa é uma informação importante em termos epidemiológicos, uma vez que em anos mais secos e com maiores infestações por tripes os riscos de ocorrência da doença se elevam”, avalia Edivânio Rodrigues de Araújo, pesquisador da EEItu.

Além da infestação por tripes, outros fatores podem estar associados à ocorrência da virose. “Apesar de estudos sobre manejo e epidemiologia da doença ainda serem praticamente inexistentes nas condições brasileiras, sabe-se que o aparecimento dos sintomas pode estar associado a algum fator de estresse abiótico, como temperaturas elevadas e estresse hídrico, entre outros”, explica Renata de Souza Resende, também pesquisadora da unidade.

Os sinais da doença merece atenção. Há uma distinção clara entre os sintomas observados nas folhas ou no pendão floral. No pendão os sintomas são mais característicos, geralmente com manchas amarelas ou verde claras, em formato de losango, podendo ter o centro verde ou não. Já nas folhas os sintomas são menos específicos: pode-se observar manchas esbranquiçadas nas folhas, mas a queima ou “sapeco” generalizado das folhas, em um curto período de tempo, é o sintoma mais agressivo da virose.

Essa queima foliar repentina (em questão de dias a lavoura apresenta aspecto de queima) é parcialmente desencadeada por algum fator de estresse. Isso significa que, em alguns casos, podem existir plantas infectadas com o vírus, mas que não apresentam sintomas. Então, após serem submetidas a algum fator estressante, os sintomas se manifestam de forma rápida. Os sintomas normalmente aparecem no período de início da bulbificação.

O manejo da doença envolve uma série de práticas integradas: 1) Controle do tripes; 2) Controle de plantas daninhas (plantas daninhas, como o caruru, podem servir de fonte de inóculo do vírus); 3) Manejo correto da irrigação e da adubação; 4) Práticas conservacionistas, como uso de cobertura no solo e rotação de culturas também são recomendadas.

Por ser uma doença nova na região e ainda haver pouca pesquisa sobre o tema, a Estação Experimental de Ituporanga vai iniciar estudos sobre o tema. Já a partir da próxima safra serão pesquisadas a detecção do vírus, para entender a disseminação da doença, bem como práticas de manejo que minimizem as perdas ocasionadas pela virose.

Informações e entrevistas
Edivânio Araújo e Renata Resende, pesquisadores da Estação Experimental da Epagri em Ituporanga: (47) 3533- 8844 (edivanioaraujo@epagri.sc.gov.br / renataresende@epagri.sc.gov.br)

Mais informações para a imprensa:
Gisele Dias
Assessoria de imprensa 
Epagri
Fone: (48) 3665-5147 / 99989-2992
E-mail: giseledias@epagri.sc.gov.br
Site: www.epagri.sc.gov.br


Foto: James Tavares/Secom

O mês de novembro começa com tempo seco e sol em todas as regiões. A previsão do tempo da Epagri/Ciram indica temperatura em pequena elevação na tarde. No Litoral Norte as máximas devem chegar a 26ºC, no Vale do Itajaí 23ºC e no Oeste 25ºC. O vento sopra de sudoeste a sudeste, moderado com rajadas.

Para o feriado, nesta quinta-feira, 2, segue a condição de tempo seco com predomínio de sol no Estado. Conforme a Epagri/Ciram a temperatura estará mais baixa no período noturno e amanhecer, especialmente no Planalto Sul, onde a mínima fica positiva, mas próxima de 0°C, com geada fraca nas áreas mais altas. Especialmente no Oeste, elevação gradativa da temperatura. O vento soprará de sudeste passando a nordeste, fraco a moderado, com rajadas mais intensas no Litoral.

Na sexta-feira, 3, a previsão é de chuva e descarga elétrica a partir da manhã no Oeste e Meio-Oeste, devido à aproximação de uma frente fria no Rio Grande do Sul. Nas demais regiões, aberturas de sol com chuva a partir da tarde, atingindo a Grande Florianópolis e Litoral Sul à noite. A temperatura estará em elevação. 

Já para o sábado, 4, aberturas de sol no Estado com pancadas de chuva e trovoada isolada a partir da tarde, devido à atuação da frente fria em Santa Catarina. A temperatura diminui no fim do dia. No domingo, 5, a previsão é de céu encoberto, melhorando no decorrer do dia em todo o Estado. A temperatura estará em elevação. 

A Epagri/Ciram recomenda o permanente acompanhamento dos boletins e informações disponibilizados no site.

Mais informações para a imprensa:
Central de Meteorologia
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5007 e (48) 3665-5172
E-mail: contatociram@epagri.sc.gov.br
Site: www.ciram.epagri.sc.gov.br


Foto: Divulgação / SEF

O secretário de Estado da Fazenda, Almir Gorges, pediu exoneração do cargo nesta terça-feira, 31. A decisão deverá ser publicada no Diário Oficial do Estado de quarta-feira, 1º de novembro, e se deu pela necessidade de Gorges retomar um tratamento de saúde. Como já havia usufruído licença saúde no último mês, ela não pode ser renovada. Quem assume interinamente a pasta é o secretário adjunto, Renato Lacerda.


Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Santa Catarina avança para a etapa final do Prêmio Gestão Escolar 2017 que avalia as gestões na Educação Básica pública de todo o país. Na tarde desta terça-feira, 31, a diretora Viviane Rosa Bennert, da EEF Mont Alvern, de Ituporanga venceu a etapa regional, pelo Sul, sediada em Florianópolis com a participação de 11 estados das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. Além dos gestores, participaram do evento os secretários de Estado da Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps; do Distrito Federal, Julio Gregório Filho e do Acre, Marcos Brandão que coordena o prêmio no âmbito nacional. A etapa final ocorre em dezembro, na cidade de Bonito, Mato Grosso do Sul.

Realizado desde 1998, o prêmio contempla projetos inovadores e gestões competentes na Educação Básica da rede pública de todo o país. “Todos os premiados até aqui são uma verdadeira demonstração de qualidade na rede pública de ensino. O que eles fazem inspira outros gestores, pais e alunos e solidifica um processo que é de evolução e busca de práticas sempre melhores para a educação”, destacou o secretário Eduardo Deschamps.


Fotos: Ana Paula Keller/ADR Joinville

O Governo de Santa Catarina inaugurou nesta segunda-feira, 30, as novas instalações da UTI Neonatal do Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria, em Joinville. O investimento para execução da obra e aquisição de equipamentos foi de R$ 5,3 milhões. A estrutura vai permitir a reacomodação dos sete leitos já existentes na instituição e a implantação de 13 novos. Com isso, a unidade de saúde passa a abrigar 20 leitos para atendimento intensivo de recém-nascidos.

A solenidade de inauguração contou com a presença do secretário de Estado da Saúde, Vicente Caropreso, da secretária executiva da Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville, Simone Schramm, da diretora geral do Hospital Infantil, Ivete Negreli, e de autoridades, convidados e profissionais de saúde. Caropreso representou o governador Raimundo Colombo.

A ativação dos leitos terá início na quarta-feira, 1º de novembro, e irá triplicar o número de vagas oferecidas atualmente. Para o custeio deste serviço, a Secretaria de Estado da Saúde irá realizar um incremento anual de R$ 6 milhões no valor destinado ao hospital. “Os novos leitos contam com toda a perfeição tecnológica e estrutura de apoio dos melhores hospitais do Brasil. O Governo do Estado está muito orgulhoso em poder oferecer um serviço de tamanha qualidade para os catarinenses”, afirma o secretário.

A nova UTI Neonatal do Hospital Infantil tem área de 660 metros quadrados e equipe composta por aproximadamente 70 profissionais entre médicos, equipe de enfermagem e apoio. “Com esta estrutura, vamos poder oferecer um atendimento com ainda mais qualidade e humanização para os bebês, além de toda a segurança e o apoio necessário para os familiares”, pontua Ivete.

Em Joinville, o Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria recebeu 13 novos leitos de UTI Neonatal.

Durante a solenidade, a Secretaria de Estado da Saúde anunciou um convênio no valor de R$ 3,25 milhões junto ao Ministério da Saúde para aquisição de um equipamento de estudo hemodinâmico. “Com a unidade de hemodinâmica implantada, será possível a realização de cateterismo cardíaco em crianças, ampliando o serviço de cirurgia cardíaca realizado aqui no Infantil, que é referência para toda Santa Catarina”, explica Caropreso.

O Hospital Infantil de Joinville faz parte da rede de hospitais públicos da Secretaria de Estado da Saúde e 100% dos atendimentos são realizados pelo Sistema Único de Saúde, com apoio do Governo de Santa Catarina. Desde o início das atividades, em 2008, a gestão da unidade está sob a responsabilidade da Organização Social Hospital Nossa Senhora das Graças. Mensalmente, mais de 11 mil crianças e adolescentes são atendidos na instituição.

Informações adicionais para a imprensa:
Thiago Boeing
Assessoria de imprensa
Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria
E-mail: thiago@hjaf.org.br / comunicacao@hjaf.org.br
Telefone: (47) 3145-1654 / 98458-2390
Site: www.hjaf.org.br

Página 15 de 193