Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Com a Palavra, o Governador - 13 de outubro de 2017

Com a Palavra, o Governador - 13 de outubro de 2017

No programa "Com a Palavra, o Governador", Raimundo Colombo fala sobre a entrega da SC-157 no Oeste do estado, do primeiro mês da nova rota internacional no Porto de Imbituba, da operação de transferência de carga da Ponte Hercílio Luz e sobre a Jucesc Digital.


Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Vinicios Ranzan / ADR Quilombo

O governador Raimundo Colombo entrega oficialmente as obras de restauração da SC-157, nesta sexta-feira, 6, em Quilombo. O ato está marcado para as 15h. A obra na rodovia foi divida em três lotes, que somam um investimento de aproximadamente R$ 185,7 milhões. No fim da tarde, às 17h30, Colombo ainda participa da abertura da Efapi 2017, em Chapecó.

A inauguração é do trecho de 25,6 quilômetros, desde a ponte sobre o Rio Chapecó até o trevo de Formosa do Sul, num investimento de R$ 54,7 milhões. Ele foi concluído esta semana. A empresa que havia vencido a licitação desistiu da obra e até que a segunda colocada no certame assumisse levou alguns meses. Foram feitos serviços de recuperação da pavimentação asfáltica, aumento da capacidade de tráfego, a inclusão de terceiras faixas em locais com aclive, a melhoria de algumas curvas acentuadas, defensas, novos trevos, paradas de ônibus, acostamento e drenagem.

No mesmo ato, o governador também fará a menção de entrega oficial do trecho entre o trevo da BR-282 em Chapecó, que passa pelo Distrito de Fernando Machado em Cordilheira Alta e por Coronel Freitas, até a ponte sobre o Rio Chapecó no limite com Quilombo. Neste lote de 29,2 quilômetros, o investimento foi de R$ 47,2 milhões.

O primeiro lote de São Lourenço do Oeste a Formosa do Sul foi inaugurado em 2015. São 40,9 quilômetros, um investimento de R$ 83,8 milhões. A SC-157 tem 96 quilômetros desde a divisa com o Paraná até o trevo de Chapecó

Trecho de Chapecó

A obra no trecho de Chapecó até a divisa com Quilombo foi concluída em agosto de 2016. Também foram feitos serviços de recapeamento asfáltico, terceiras pistas em 12,2 quilômetros, redução de curvas, sinalização horizontal e vertical, ponto de ônibus, calçadas e sarjetas. Ainda foi construída ponte sobre o Rio Julio de Castilho com extensão de 21,2 metros.

Segundo a secretária Executiva da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó, Astrit Savaris Tozzo, os investimentos na infraestrutura das estradas estimulam o desenvolvimento. “Dessa forma oferecemos mais condições para o escoamento da produção agrícola e industrial da região”, destaca.

Efapi 2017

Considerada a maior festa, exposição e feira multissetorial do Sul do Brasil, a Efapi 2017 começa nesta sexta, 6 e vai até 15 de outubro, no Parque de Exposições Tancredo Neves, em Chapecó. Ela é promovida pela Prefeitura e entidades empresariais. Participarão cerca de 400 expositores. Os negócios fechados e prospectados devem atingir R$ 150 milhões.

A abertura oficial será nesta sexta-feira, 6, às 17h30, em frente ao Museu da Colonização no Parque de Exposições.

Agenda de 6 de outubro:

- Inauguração da restauração da SC-157

Horário: às 15h
Local: Trevo da SC-157 em frente ao frigorífico da Aurora, ao lado do antigo Posto Fox, em Quilombo 

- Abertura da Efapi

Horário: 17h30
Local: Em frente ao Museu da Colonização no Parque de Exposições Tancredo de Almeida Neves – Chapecó.

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Chapecó
Fone: (49) 2049-7427 / 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
Site: sc.gov.br/regionais/chapeco

 

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) aceitará inscrições para o Vestibular de Verão 2018 em vestibular.udesc.br até as 23h59 desta sexta-feira, 6. Já o prazo para pagar o boleto, de R$ 110, irá até a próxima segunda-feira, 9, em agências bancárias, caixas eletrônicos, lotéricas e internet banking.

Estão abertas 1.273 vagas de 49 cursos presenciais de graduação, que são gratuitos e oferecidos em Balneário Camboriú, Chapecó, Florianópolis, Ibirama, Joinville, Lages, Laguna, Pinhalzinho e São Bento do Sul.


Foto: Cléia Schmitz / SEF

Em audiência pública realizada na manhã desta quarta-feira, 4, na Assembleia Legislativa, o secretário da Fazenda em exercício Renato Lacerda e a diretora de Contabilidade Graziela Meincheim apresentaram à Comissão de Finanças os números do segundo quadrimestre de 2017, conforme determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. Antes da apresentação das metas fiscais, Lacerda fez um panorama dos reflexos do cenário econômico nacional para o Estado de Santa Catarina. “Não é possível fazer análise das contas públicas sem o contexto da pior crise que o País já enfrentou”, destacou.  

O secretário também enfatizou os reflexos da política do Governo do Estado, que manteve a carga tributária para garantir investimentos privados e, consequentemente, emprego e renda para o catarinense. Santa Catarina é o Estado com o menor índice de desemprego, 7,9%, contra 13,7% da média nacional. “A crise não é uma desculpa, é uma realidade, e nós honramos os nossos compromissos”, concluiu Lacerda ao final da audiência.

A diretora de Contabilidade da Fazenda, Graziela Meincheim, resumiu os números de receitas e despesas alcançados até o segundo quadrimestre de 2017, comparando com os resultados do mesmo período em 2016. Ela destacou também os indicadores fiscais de gasto com pessoal, endividamento, operações de crédito, garantias e contragarantias, e metas de resultado nominal e primário.

O principal alerta é sobre o comprometimento da Receita Corrente Líquida (RCL) com a folha de pagamento. No segundo quadrimestre, o Poder Executivo ultrapassou o Limite Prudencial, alcançando 48,84% sobre a RCL. Enquanto a despesa com pessoal estiver acima do limite prudencial (46,55% da RCL), estão vedados, por exemplo, conceder vantagens, aumentos, reajuste ou adequação de remuneração a qualquer título, salvo os derivados de sentença judicial ou de determinação legal ou contratual, ressalvada a revisão geral prevista na Constituição. Também está proibido o provimento de cargo público, admissão ou contratação de pessoal, ressalvada a reposição decorrente de aposentadoria ou falecimento de servidores das áreas de educação, saúde e segurança.

Números

O total de receitas arrecadadas até o segundo quadrimestre de 2017 foi de R$ 21,92 bilhões, o que representa 62% do total previsto no orçamento do ano. A arrecadação de tributos estaduais somou R$ 15,08 bilhões, sendo R$ 12,45 bilhões de ICMS, R$ 1,11 bilhão de IPVA e R$ 1,52 bilhão de outros tributos. As transferências de impostos arrecadados pela União resultaram em apenas R$ 1,01 bilhão aos cofres de Santa Catarina, sendo a mais expressiva o FPE – Fundo de Participação dos Estados.

As despesas dos Poderes e órgãos do Estado totalizaram R$ 15,82 bilhões até o mês de agosto deste ano, sendo 4% maior que o mesmo período do ano passado. A maior parcela foi com a folha de servidores ativos, inativos e pensionistas: R$ 10,13 bilhões. Em seguida, o custeio e a manutenção dos serviços públicos somaram R$ 3,88 bilhões. Os investimentos totalizaram R$ 1,02 bilhão. O pagamento das parcelas e juros da dívida pública consumiu cerca de R$ 800 milhões. 

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Fazenda - SEF
Aline Cabral Vaz
E-mail: avaz@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2575 / (48) 98843-8352
Cléia Schmitz
E-mail: cschmitz@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2572/ (48) 99157-1980
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 98843-8553
Rosane Felthaus
E-mail: rosanef@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3506/ (48) 99109-8513
Site: www.sef.sc.gov.br 

 

Em outubro, o CIC 8:30 da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) recebe o encontro do Quinteto de Metais Catarinense com músicos convidados no palco do Teatro Ademir Rosa, no Centro Integrado de Cultura (CIC). O show será no dia 18, uma quarta-feira, às 20h30.

No repertório da noite, clássicos da música brasileira dos anos 1960 até os dias atuais. Para comandar o show, o CIC recebe o Quinteto formado pelos músicos Luiz Bueno (trombone), Patrick Martins (tuba BB), Rodrigo Peres (trompete), Leandro Otávio da Rosa (trompete) e Leandro Rizzatti (trompete). Participações especiais dos músicos Jorge Maurício (trombone), Ricardo Jorge Machado (bateria), Tio Cachopa e Tia Chica, Bianka de Liz e Lino e Leno.

Serviço:

O quê: Quinteto de Metais Catarinense e convidados - CIC 8:30 - Grandes Encontros
Quando: 18/10/2017, às 20h30
Onde: Teatro Ademir Rosa - Centro Integrado de Cultura (CIC)
Av. Gov. Irineu Bornhausen, 5600 - Agronômica - Florianópolis (SC)
Ingressos: R$ 20 inteira e R$ 10 meia-entrada.
Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/156502414947944

Informações adicionais para imprensa
Fernanda Peres
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefone: (48) 3664-2571
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br 
Twitter: www.twitter.com/fccoficial  
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 


Foto: 1ºBBM

Ação integrada entre diferentes órgãos da Segurança Pública, a já tradicional Operação Veraneio de Santa Catarina é sempre planejada e organizada com meses de antecedência. Para a próxima edição, diferentes profissionais estão sendo treinados para reforçar o efetivo que vai atuar ao longo de toda temporada, especialmente no período de maior movimento nas praias catarinenses.

>>> Galeria de fotos

A logística necessária envolve todas as forças da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que trabalham com o objetivo de promover o bem-estar e a segurança de moradores, turistas e veranistas que visitam algumas das regiões do Litoral catarinense, com mais de 560 quilômetros de praias e baías com balneabilidade que atraem pessoas do mundo inteiro. Para esta próxima edição, a Operação Veraneio 2017/2018 vai abranger 34 cidades, com 167 locais monitorados, entre praias, represas ou estâncias hidrominerais.

O período de cobertura da Operação Veraneio envolve três momentos diferentes, divididos de acordo com o movimento de pessoas nas áreas monitoradas. A pré-temporada começa nesta quinta-feira, 5 de outubro, com ênfase na atuação do Corpo de Bombeiros. A alta temporada vai de 15 de dezembro de 2017 até 4 de março de 2018, com o maior reforço de pessoal, por todos os órgãos da Segurança Pública. E ainda existe trabalho na pós-temporada, que vai de 5 de março até 15 de abril do próximo ano. Nos períodos de pré e pós-temporada, equipes do Corpo de Bombeiros Militar permanecem nas áreas mais estratégicas, em continuidade com os serviços de guarda-vidas, e a Polícia Militar segue com atuação mais seletiva e estratégica nos fins de semana e feriados.

Para o período de alta temporada, os diferentes órgãos da segurança pública ganham reforço no efetivo. O comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Onir Mocellin, explica que a corporação trabalha no monitoramento, orientação e salvamentos aquáticos, realizados em praias e balneários. Para isso, há um reforço nesses locais com efetivo próprio do Corpo Bombeiro Militar e com guarda-vidas civis, voluntários que são treinados e atuam temporariamente para execução das atividades, recebendo ajuda de custo. 

Em setembro, em Florianópolis, finalizaram o curso de recertificação guarda-vidas civis que já haviam atuado em temporadas passadas. Foram recertificados 206 guarda-vidas civis que agora estão prontos para atuar na nova operação. Nas próximas semanas, ainda serão realizados cursos com voluntários interessados em atuar pela primeira vez como guarda-vidas.

Em toda a área de cobertura, a previsão é que nesta temporada atuem temporariamente em Santa Catarina cerca de 1,4 mil guarda-vidas civis e que sejam movimentados outros 200 bombeiros militares, para cumprimento das escalas em praias e balneários.

No policiamento, como uma das novidades previstas para este ano, a Diretoria de Integração da Secretaria de Estado da Segurança Pública trabalha em parceria com a província de Misiones, na Argentina, e o Ministério das Relações Exteriores, em uma iniciativa que prevê a participação de policiais argentinos em operações nas cidades de Florianópolis e em Balneário Camboriú. Os trâmites para garantir a parceria ainda estão em andamento.

Mas além da expectativa do reforço internacional, a Polícia Militar está promovendo desde abril curso para formação de mais de 900 novos policiais, que já participarão da Operação Veraneio. Na Polícia Civil, também há equipe em treinamento: são 142 agentes de polícia e 47 delegados que estão na reta final dos cursos de formação na Academia da Polícia Civil. Depois de formados, eles atuarão em delegacias situadas em cidades do Litoral ao longo da alta temporada.

Para o secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, a meta é repetir o sucesso da operação anterior, quando o registro de ocorrências ficou dentro da normalidade. “Tudo isso se deve à união das forças e ao reforço que recebemos na Operação Veraneio, em especial ao nosso projeto de recomposição dos efetivos”, avalia.

Informações adicionais para a imprensa:
Alexandre Lenzi
Assessoria de Imprensa Secom
E-mail: lenzi@secom.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-3018 / 98843-4350

João Carlos Mendonça Santos
Assessoria de Imprensa SSP
E-mail: imprensa@ssp.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-8183 / 98843-7615

Krislei Oechsler
Assessoria de Imprensa Corpo de Bombeiros 
E-mail: ccs@cbm.sc.gov.br
Telefone: (48) 3665-8426 / 98843-4427

Página 16 de 170