Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Paratletas conhecem trabalho dos bombeiros - 24/07/2017

Paratletas conhecem trabalho dos bombeiros - 24/07/2017

Um encontro entre os alunos do curso de Cabo do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e os paratletas do Instituto Paulo Escobar resultou em um dia emocionante. Durante três horas, o grupo conheceu técnicas de salvamento e resgate de vítimas, uma experiência de inclusão social importante para pessoas com necessidades especiais. Foram cinco oficinas realizadas, proporcionando atividades muito diferentes da rotina dos paratletas.

Oportunidades

Próximos eventos

Pela primeira vez uma professora da rede estadual de ensino da região Norte de SC foi indicada ao Prêmio Educador Nota 10. A docente de matemática Andreia Cristina Viliczinski, 37, da Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, em Joinville, está entre as 50 melhores educadoras do Brasil. O projeto desenvolvido com os estudantes denominado África O Berço da Matemática rendeu a indicação disputada com 5.006 trabalhos de todo o país.

O resultado das 10 vencedoras no território nacional será informado por telefone a cada uma delas nesta sexta-feira, 4, pela Fundação Victor Civita, organizadora da condecoração. Depois, o resultado oficial dessa 20ª edição do será publicado oficialmente no site da instituição até a segunda-feira, 7. Andreia se formou em matemática no ano de 2007 pela Universidade da Região de Joinville (Univille). Leciona há 10 anos, sendo cinco deles na EEM Celso Ramos, no Bucarein. O projeto foi desenvolvido com turma de 20 alunos do segundo ano do Ensino Médio Inovador.

“Recebi uma revista Scientific American que abordava a África como sendo o continente onde surgiu a matemática. Depois dei início à pesquisa e trabalhei com os estudantes os conceitos básicos e fomos além com a identificação das sequências numéricas, números primos, depois estudamos os jogos que deram origem ao xadrez, passamos pelas formas geométricas, ângulos, probabilidade e as notas musicais”, resume a professora Andreia.

Professora da Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, em Joinville, está entre as 50 melhores e é indicada ao Prêmio Educador Nota 10

As alunas Andreia Caroline Barbosa e Jéssica Aimee Nielsen, ambas de 17 anos, participaram dos estudos. “Foi possível quebrar a barreira e o medo que era aprender a matemática”, comenta Jéssica. Além disso, teve um trabalho de interdisciplinaridade realizada com as professoras e das disciplinas de português e geografia com estudo dos contos e da imigração africana.

Mais catarinenses indicados

Outras duas professores catarinenses também foram indicadas. De Joinville, a educadora da Escola Municipal Orestes Guimarães, Gislane do Amaral Freitag está na final com o projeto Alimentos, desperdício, hábitos, escolhas e Raquel Gullini, da Escola Municipal Professor Aluízius Sehnem, foi classificada c\om a iniciativa Explorando medidas além da sala de aula.

Na cidade de Brusque, o professor Thiago Alessandro Spiess foi indicado com o trabalho de línguas Abrindo as portas para o mundo, ele é da Escola de Ensino Fundamental Professora Augusta Knorring. De Lages, Uma Escola de Todos e para Todos também é destaque pela educadora Alexsandra de Oliveira Schlemper, da Escola Municipal de Educação Básica Izabel Thiesen Roseto.

De São Bento do Sul, no Planalto Norte, a professora Gislaine Carla Pilz Stoeberl foi indicada entre as 50 melhores com o trabalho A poesia dos sons, no Centro de Educação Infantil Tempo Mágico. E de Seara, a educadora Nair Schaefer Bedin, do Centro de Educação Infantil Chapeuzinho Vermelho desenvolveu Chuva Molhada.

Informações adicionais para a imprensa:
Ana Paula Keller
Assessoria de imprensa
Agência de Desenvolvimento Regional de Joinville
E-mail: anakeller@jve.adr.sc.gov.br / imprensa@jve.adr.sc.gov.br
Telefone: (47) 3461-1225 / 99240-8064
Site: sc.gov.br/regionais/joinville


Fotos: Denise Lacerda / SJC

A Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania (SJC) iniciou nesta quinta-feira, 3, a aula inaugural do Curso de Formação Inicial para Agentes de Segurança Socioeducativos. São 255 agentes que participaram da solenidade de apresentação que contou com a presença da Secretária de Estado da Justiça e Cidadania, Ada Faraco De Luca. “Estamos colhendo os primeiros frutos de um investimento a médio e longo prazo em treinamento e capacitação, uma de nossas prioridades à frente da SJC”, ressaltou.

O diretor da Academia de Justiça e Cidadania (Acadejuc), Rafael Fachini, lembrou que o Curso de Formação Inicial deixou de ser uma etapa de servidores, já empossados, e passou a ser uma etapa classificatória, do processo de formação. “A formação segue a orientação da Escola Nacional de Socioeducação e da Coordenação Nacional do Sinase, o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo que regulamenta a execução das medidas socioeducativas em todo o Brasil.

>>> Imagens na galeria 

Durante as aulas, teóricas e práticas, que serão ministradas nas unidades socioeducativas da Grande Florianópolis e no campus da Univali de Biguaçu, os alunos terão acesso a diversos conteúdos como Rotinas Administrativas, Defesa Pessoal e Direitos Humanos. A previsão é que a carga horária do curso seja concluída em três meses, no início de novembro. A partir daí será homologada a classificação final, os alunos devem ser nomeados no máximo em 7 dias e a partir desta data eles terão 30 dias para tomar posse e iniciar o exercício funcional.

Além da secretária Ada De Luca, integraram a mesa de autoridades o diretor da Acadejuc e Presidente da Comissão do Concurso Público, Rafael Fachini; o diretor do Departamento de Administração Socioeducativo (Dease), Zeno Tressoldi; o gerente de Ensino e Formação da Acadejuc, Klaus da Silva; a coordenadora de Formação em Socioeducação, Gisleine Aver. A solenidade foi realizada na Academia da Polícia Civil em Canasvieiras.

Informações adicionais para a imprensa
Denise Lacerda
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania - SJC
E-mail: deniselacerda@sjc.sc.gov.br
Fone: (48) 3664-5810 / 99152-6934
Site: www.sjc.sc.gov.br




Foto: Divulgação / FCEE

A Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE) informa que estão abertas as inscrições para o curso Pessoa com deficiência no mercado de trabalho: conhecendo e convivendo, que será realizado no formato à distância (Ead) entre os dias 28 de agosto e 2 de outubro. Voltado para empresários, instituições especializadas em educação especial e instituições de formação profissional, o curso capacita os profissionais para garantir à pessoa com deficiência o acesso à formação profissional e ao mundo do trabalho.

As inscrições estão abertas até 27 de agosto. Mais informações pelo telefone (48) 3381-1657, pelo e-mail cetep@fcee.sc.gov.br ou na seção Cursos e Capacitações do site da FCEE.

O curso será coordenado pelo Centro de Educação e Trabalho (CENET) da FCEE, que desde 1981 promove a inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho através do Serviço de Colocação no Mercado de Trabalho. Desde 2012, o serviço promoveu a contratação de cerca de 600 pessoas com deficiência por empresas da Grande Florianópolis, sendo 80 apenas neste primeiro semestre de 2017.

O Serviço de Colocação no Mercado de Trabalho da FCEE encaminha e acompanha pessoas com deficiência (intelectual, mental, sensorial, física ou transtorno do espectro autista) para o mercado de trabalho. 

Além do encaminhamento e acompanhamento de pessoas com deficiência nos postos de trabalho, a equipe de profissionais do CENET/ FCEE também realiza sensibilizações nas empresas contratantes, abordando conteúdos relativos à conceituação e caracterização das deficiências, aspectos relacionais e potencial produtivo da pessoa com deficiência.

Serviço:

NOME DO EVENTO: Pessoa com deficiência no mercado de trabalho: conhecendo e convivendo 
MODALIDADE DO CURSO: À distância - Plataforma Moodle
PÚBLICO ALVO: Meio Empresarial, Instituições Conveniadas com a FCEE e Instituições de Formação Profissional do Estado de Santa Catarina.
PERÍODO: 28 de agosto a 2 de outubro de 2017
PRAZO DE INSCRIÇÃO: Até dia 27 de agosto às 23h55
INSCRIÇÕES: O link para inscrição e o tutorial estão disponíveis com a Integradora e/ou responsável pela educação especial na Gerência Regional de Educação ou diretamente com o CETEP/FCEE pelo telefone (48) 3381-1657 ou pelo e-mail cetep@fcee.sc.gov.br.

Mais informações: clique aqui

Informações adicionais para a imprensa:
Aline Buaes
Assessoria de Imprensa 
Fundação Catarinense de Educação Especial - FCCE
E-mail: imprensa@fcee.sc.gov.br
Fone: (48) 3381-1693 / 99115-8918
Site: www.fcee.sc.gov.br



Fotos: Julio Cavalheiro / Secom

Prefeitos e gestores técnicos municipais de Santa Catarina participaram de uma capacitação sobre as novas regras de regularização fundiária e habitação, na tarde desta quinta-feira, 3, em Florianópolis. O evento marca o início da mobilização do Governo do Estado, via secretaria da Assistência Social, Trabalho e Habitação, para levar a mais de 300 mil famílias catarinenses os documentos que regularizam as propriedades. A base dos debates foi a lei federal 13.465, que trata do tema, sancionada no mês passado.

Para o governador Raimundo Colombo, a nova lei facilita o processo.“Não vamos medir esforços para que esse trabalho seja conduzido da melhor maneira possível e com agilidade. Para muitas famílias, esse é um drama que vem passando de geração em geração sem ser resolvido. Nossa meta é vencer a burocracia, e permitir que os proprietários tenham em mãos a escritura da propriedade, começando por quem tem menos condição financeira. É uma ação social das mais importantes que o Estado vai promover”, disse Colombo.

Com base nas novas regras, a legislação trata da regularização fundiária rural e urbana, da liquidação de créditos concedidos aos assentados da reforma agrária e da regularização fundiária na Amazônia Legal. Além disso, institui mecanismos para aprimorar a eficiência dos procedimentos de alienação de imóveis da União.



>>> Mais imagens na galeria

De acordo com o secretário de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação, Valmir Comin, a nova lei simplifica os procedimentos de regularização em todo o Brasil. “Os processos que eram judicializados passam a ser administrativos o que facilita o acesso à escritura pública das terras e propriedades. A regularização promove a inclusão social e o resgate da dignidade”, pontuou. Para o secretário, a regularização também vai aquecer o mercado imobiliário e a economia dos municípios. 

Em Santa Catarina

O secretário Comin explicou que o Estado dará início aos procedimentos de regularização, a partir do mês de setembro, por meio de convênios com todos os municípios catarinenses para levar o aporte financeiro do Estado às pessoas de baixa renda que estão inscritas no Cadastro Único do Governo Federal. Estabelecida uma média de RS 1 mil por escritura, o Estado atende 60% do custo, o município 20% e o proprietário com mais 20% no momento da aquisição da escritura.

“Temos que parar de fazer de conta, partir para o enfrentamento da questão e adequar a legislação à realidade que estamos vivendo”, completou.

Capacitações

Nesta primeira etapa, em Florianópolis, participaram representantes de prefeituras dos municípios que integram as ADRs de Araranguá, Blumenau, Braço do Norte, Brusque, Canoinhas, Criciúma, Ibirama, Itajaí, Ituporanga, Jaraguá do Sul, Joinville, Lages, Laguna, Mafra, Rio do Sul, São Joaquim, Taió, Timbó e Tubarão. 

Os municípios que integram as demais ADRs não mencionadas serão contemplados na etapa realizada em Chapecó, no dia 25 de agosto, no Centro de Cultura e Eventos Plínio Arlindo de Nes, das 8h30m às 17h. 

O evento na Capital contou com a participação do diretor do Departamento Nacional de Assuntos Fundiários Urbanos da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Urbano do Ministério das Cidades, Silvio Figueiredo; do secretário do Patrimônio da União (SPU), Sidrack de Oliveira Correia Neto; e da diretora de Assuntos Fundiários do município de Guarulhos, região Metropolitana de São Paulo, a arquiteta Sophia Rachid.

Informações adicionais para a imprensa
Francieli Dalpiaz 
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: francieli@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3018 / 98843-5676
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Divulgação / CBMSC

O governador Raimundo Colombo determinou para este ano a abertura de 1,8 mil vagas por concurso público e mais 747 vagas por meio de processo seletivo. Estão contempladas as áreas da Segurança Pública, Educação, Agricultura, Saúde, além de oportunidades para trabalhar na Udesc e na Secretaria de Estado da Assistência Social, Trabalho e Habitação (SST).

“Oferecer vagas de trabalho é uma ação importante, especialmente no momento delicado em que vive nossa economia. Os concursos são fundamentais para manter ativo o quadro funcional do Estado e, consequentemente, conseguir prestar um bom atendimento ao cidadão. No caso da Segurança Pública, por exemplo, vão nos ajudar a compensar o déficit em função das aposentadorias”, afirma Colombo.

O Corpo de Bombeiro Militar oferece 300 novas vagas para soldado militar, sendo 282 para o sexo masculino e 18 para o sexo feminino. As inscrições vão até 31 de agosto de 2017.

>>> Confira o edital para o Corpo de Bombeiros

A Educação terá mil novos profissionais, sendo 600 vagas para professores do ensino regular, da educação indígena e dos Centros de Educação Profissional (Cedup) e mais 400 para cargos administrativos das escolas, tais como assistente educacional (AE), administrador, supervisor escolar e orientador educacional. As inscrições começam no dia 14 de agosto e terminam em 12 de setembro de 2017. A prova será no dia 8 de outubro e os primeiros profissionais aprovados serão convocados ainda em dezembro deste ano. O edital estará disponível no site da Educação a partir do dia 14.

Na Saúde, as inscrições para o processo seletivo com 659 vagas terminam dia 11 de agosto e serão contratados médicos de diversas áreas, enfermeiros, técnicos em enfermagem, além de farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas e físico.

>>> Edital para vagas da Saúde  

A SST também oferece sete vagas para técnico de enfermagem que serão habilitados para atuar no Centro Educacional São Gabriel, em São José. A inscrição termina nesta sexta-feira, 4 de agosto, e pode ser realizada no site da secretaria.  

Também estão previstos concursos para a Polícia Civil e Instituto Geral de Perícias (IGP) para o ingresso de 200 agentes, 194 escrivães, 49 peritos e dois técnicos periciais. Ainda não há data para o lançamento do edital. 

Concursos e processos já realizados ou em andamento 

Para a defesa sanitária, a Cidasc realizou concurso em abril deste ano com 67 vagas para profissionais atuarem nas barreiras sanitárias que ficam nas divisas com os estados vizinhos e com a Argentina, e para 16 médicos veterinários. Os aprovados podem acompanhar as informações no site da Cidasc.

Já a Udesc está realizando um processo seletivo com 81 vagas de professor substituto nas 12 unidades em todo o Estado. As inscrições já estão encerradas e a prova será aplicada no próximo dia 22.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Página 16 de 111