Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Paratletas conhecem trabalho dos bombeiros - 24/07/2017

Paratletas conhecem trabalho dos bombeiros - 24/07/2017

Um encontro entre os alunos do curso de Cabo do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina e os paratletas do Instituto Paulo Escobar resultou em um dia emocionante. Durante três horas, o grupo conheceu técnicas de salvamento e resgate de vítimas, uma experiência de inclusão social importante para pessoas com necessidades especiais. Foram cinco oficinas realizadas, proporcionando atividades muito diferentes da rotina dos paratletas.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Jaqueline Noceti/Secom

O governador Raimundo Colombo e a secretária-adjunta da Educação, Elza Moreto, inauguraram nesta quinta-feira, 3, a escola de ensino médio Valmir Omarques Nunes, em Bom Retiro, na Serra catarinense. Essa foi a sétima escola inaugurada durante esta semana em Santa Catarina. A secretária regional da ADR São Joaquim, Solange Scortegagna Pagani, também participou da cerimônia.

>>> Galeria de fotos

"Aqui entregamos uma escola grande e com vários laboratórios. Fundamentalmente são laboratórios modernos, de diversas áreas, que dão uma qualidade extraordinária no desenvolvimento da educação. Com isso, vamos fortalecendo o modelo catarinense e mantendo a interiorização. Acho isso fundamental para continuar com essa boa distribuição demográfica que nós temos em SC”, disse Colombo.

A unidade recebeu investimento de R$ 8,2 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento para a Educação (FNDE) e do Pacto por Santa Catarina. Tem capacidade para atender 700 alunos, sendo que, atualmente, possui 216 estudantes.

Sua estrutura conta com 5,9 mil metros quadrados de área construída e dispõe de 12 salas de aula, sete laboratórios, sendo dois de informática, matemática, química, física, biologia e línguas. Conta ainda com um teatro arena e um auditório com capacidade para 220 pessoas e o Centro Esportivo e Cultural (Ginásio de Esportes), que inclui arquibancadas, palco, sala de jogos e infraestrutura dos vestiários. O prédio possui centro de convivência, biblioteca com dois pisos e centro administrativo integrado com professores.

Conforme a secretária Elza Moreto, são mais de 50 escolas restauradas completamente com recursos do Governo do Estado. “Em um momento de tamanha crise, o Estado de Santa Catarina inaugura 50 escolas somente nesse mês, que é o reinício do segundo semestre do nosso ano letivo”, afirmou.

A escola iniciou suas atividades em fevereiro de 2017, com os cursos técnicos em Agropecuária e Informática, além do ensino médio regular. Os cursos técnicos na modalidade de Ensino Médio Integrado ao Ensino Profissionalizante (Emiep), em período integral, foram definidos a partir de uma comissão que realizou um levantamento de demandas na região para a definição dos cursos em audiência pública. Para 2018, a expectativa é ofertar também, os cursos de Enfermagem e Vestuário.

Colombo destacou ainda que outro ponto positivo é o ensino integral. “Ele realmente é um reforço extraordinário e uma oportunidade muito grande para nós transformarmos Santa Catarina, pela educação, em um polo de desenvolvimento humano muito grande”, explicou.

Após a solenidade, o governador plantou uma muda de Araçá. "Quisemos eternizar este momento com o plantio de uma árvore. Assim, nossos alunos poderão, a cada ano, colher os frutos e lembrar deste dia", destaca o diretor da escola Fábio de Almeida.

O nome da escola

Recebe o nome de Valmir Omarques Nunes, também conhecido como Lélo. Natural de Bom Retiro, ele trabalhou como sapateiro na sua adolescência e formou-se em Contabilidade, atuando por dez anos como tesoureiro do Hospital Nossa Senhora das Graças. Também foi professor do curso técnico em contabilidade da EEB Alexandre de Gusmão. Atleta e diretor da CME de Bom Retiro por 15 anos, Valmir teve grande parte de sua vida dedicada ao voluntariado. Faleceu em 2011, aos 59 anos de idade.

Inaugurações da semana

A semana começou com a inauguração de três escolas na Serra catarinense, duas no Norte do Estado e outra na Grande Florianópolis. Em Lages, as Escolas de Educação Básica Flordoardo Cabral e Visconde de Cairu, receberam reformas e ampliações, com investimentos que somam R$ 5 milhões. Em São José do Cerrito, a EEB Mauro Gonçalves Farias foi totalmente reformada e o investimento chegou a R$ 2 milhões. As três escolas, juntas, atendem cerca de 1,8 mil alunos da região.

Em São Bento do Sul, no Planalto Norte, o governador inaugurou o Centro de Educação Profissional (Cedup) Padre Afonso Robl. A unidade possui gestão compartilhada com a Udesc e pode atender até 1,2 mil alunos. Quem também iniciou as atividades, foi a Escola de Ensino Médio Bailarina Liselott Trinks, em Joinville, que vai receber os 895 estudantes.

Já em Tijucas, a Escola de Educação Básica Cruz e Sousa foi inaugurada pelos secretários de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, e executivo de Brusque, Ewaldo Ristow Filho. A escola foi totalmente reconstruída com investimento de R$ 7,2 milhões, para atender 950 alunos.

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Já está disponível no site oficial do Edital Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura o resultado final com os projetos aprovados na edição 2017. Após a análise dos projetos credenciados, feita na última semana pela Comissão Autônoma de Seleção (CAS) do edital, a Comissão de Organização e Acompanhamento (COA) apresenta as 175 propostas selecionadas e suas respectivas suplentes. Todos os proponentes que possuem projetos credenciados podem consultar seu desempenho acessando a plataforma eletrônica do edital.

>>> Clique aqui para conferir a lista dos aprovados

Esta edição do Elisabete Anderle contou com número recorde de inscritos: foram 1.803 projetos enviados, dos quais 1.628 se credenciaram na primeira etapa de avaliação. O resultado final traz 175 projetos contemplados, sendo 24 para o Prêmio de Letras; 24 para o Prêmio de Música; 22 no Prêmio de Patrimônio Material e Imaterial; 21 no de Teatro e Circo; 16 no Prêmio de Artes Visuais; 15 no Prêmio de Dança; 12 no Prêmio de Culturas Populares; 11 para Bolsa de Trabalho, Intercâmbio e Residência; 11 para o Prêmio de Museus; dez para Apoio a Eventos Artísticos e Culturais; e nove no Prêmio de Arte e Cultura Negra e Indígena.

"O edital cumpriu todas as suas missões. Contamos, na semana passada, com a presença dos julgadores de outros estados, que destacaram bastante a qualidade dos projetos apresentados e, também, o fato de que, com a crise que o país atravessa, Santa Catarina tenha editado o Elisabete Anderle. Agora com os resultados que estão sendo apresentados, nós acreditamos que promoveu um bom estímulo à produção cultural no Estado e é um incentivo para que nós possamos reeditá-lo no próximo ano, já que o número de inscrições superou a todos os editais anteriores", avalia o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Rodolfo Joaquim Pinto da Luz.

Devido ao atraso para a finalização das planilhas pela COA, cuja divulgação foi transferida de 1º para 2 de agosto, também fica alterado o cronograma de apresentação da documentação complementar. Os proponentes aprovados terão de 3 a 9 de agosto para realizar esta etapa por meio do site oficial do Edital. A assinatura dos contratos deve ocorrer entre o fim de agosto e o início de setembro. Já o pagamento do prêmio segue, conforme o cronograma, previsto para o mês de setembro.

"Agora são as etapas mais burocráticas, de analisar as documentações finais e, em seguida, fazermos o pagamento. Teremos uma solenidade para a entrega dos prêmios e, efetivamente, o pagamento no mês de setembro", projeta Pinto da Luz. Com investimento total de R$ 5,6 milhões, o edital deste ano teve todo seu processo de inscrição feito online, garantindo mais agilidade e segurança no envio das propostas. Os recursos são do Governo do Estado de Santa Catarina, com promoção da Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esporte (SOL), por meio da Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e do Conselho Estadual de Cultura (CEC). Proponentes de todo o Estado puderam submeter seus projetos para as seguintes premiações: Culturas Populares; Arte e Cultura Negra e Indígena; Artes Visuais; Dança; Literatura; Música; Patrimônio Material e Imaterial; Museus; Teatro e Circo, Apoio a Eventos Artísticos e Culturais; Bolsa de Trabalho, Intercâmbio e Residências. 

Dúvidas podem ser esclarecidas com a COA exclusivamente pelo e-mail anderle2017@fcc.sc.gov.br.

Informações adicionais para imprensa
Assessoria de Comunicação Fundação Catarinense de Cultura
Telefones: (48) 3664-2571 / 3664-2572
E-mail: imprensa@fcc.sc.gov.br
Site: www.fcc.sc.gov.br
T
witter: www.twitter.com/fccoficial 
Facebook: www.facebook.com/FundacaoCatarinensedeCultura 


Foto: Fabio Lima/SDS

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDS), Carlos Chiodini, esteve reunido na manhã desta quarta-feira, 2, com o presidente do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, em Brasília. A reunião deu início às tratativas de parceria na implementação de ações do plano de manejo da Floresta Nacional (Flona) de Três Barras, no Planalto Norte catarinense.

“Queremos fazer com que o patrimônio dos catarinenses seja utilizado para benefício de todos e, de fato, preservar o meio ambiente, executando as ações do plano, sempre pensando no desenvolvimento sustentável”, afirma Chiodini. O plano de manejo da Flona Três Barras foi aprovado em dezembro de 2016.

A parceria desencadeará uma série de medidas que contribuirão para o desenvolvimento socioambiental da Flona e região. “Vamos recuperar aquelas que são florestas replantadas para recompor para mata nativa. Assim, transformaremos as ações positivas para região do Contestado”, explica Mariani.

Participaram também da reunião os procuradores de Santa Catarina, André Emiliano Uba e Gerson Luiz Schwerdt, que irão conduzir o processo dentro do Governo do Estado. A primeira reunião de trabalho está agenda para dia 15 de agosto, envolvendo os técnicos da SDS e ICMBio.

Informações adicionais para a imprensa:
Fabio Lima
Assessoria de Imprensa
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDS
Fones: (48) 3665-2255 / 99155-2727 / 99924-2644
E-mail: imprensachiodini@gmail.com
www.sds.sc.gov.br


Foto: Rosália Pessato/Suderf

Foram confirmadas as datas das apresentações públicas da reestruturação do transporte público metropolitano na Grande Florianópolis nesta quarta-feira, 2, durante reunião do Comitê de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Coderf), na sede da Granfpolis. O primeiro evento ocorrerá em São Pedro de Alcântara, na Câmara de Vereadores, em 15 de agosto.

O objetivo das apresentações é promover o diálogo e participação social no processo de elaboração do sistema integrado de transporte público coletivo da região metropolitana de Florianópolis, que abrangerá os territórios dos municípios de Águas Mornas, Antônio Carlos, Biguaçu, Governador Celso Ramos, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz, São José e São Pedro de Alcântara. O projeto de reestruturação do transporte público coletivo da Grande Florianópolis é iniciativa conjunta do Poder Executivo Estadual, por meio da Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) e dos poderes executivos do municípios participantes do sistema, com apoio técnico do Observatório da Mobilidade Urbana da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

“A expectativa da Suderf é que a gente tenha uma participação boa da população para que possamos aprimorar o projeto de transporte público metropolitano que está sendo construído. Além disso, fazer contato mais próximo com os municípios para que, cada vez mais, os municípios se integrem a favor da região metropolitana”, ressaltou o diretor técnico da Suderf Celio Sztolt.

A proposta de reestruturação do transporte pretende racionalizar o sistema que hoje conta com superposição de linhas municipais com intermunicipais, melhorar a oferta de ônibus e a qualidade de serviço, oferecer mais conectividade entre os municípios da região continental, ter modicidade tarifária e segurança contratual às partes, pelo estabelecimento de contrato de concessão até então em condições precárias.

Participaram da reunião do Coderf representantes da Suderf, Granfpolis, Fetrancesc e das prefeituras de São José, Biguaçu, Antônio Carlos, Águas Mornas e São Pedro de Alcântara.

Apresentações públicas:

15/8 - São Pedro de Alcântara
16/8 - Antônio Carlos
17/8 - Governador Celso Ramos
22/8 - Santo Amaro da Imperatriz
23/8 – Biguaçu
24/8 – Águas Mornas

Etapas da reestruturação do sistema de transporte metropolitano

1 - Apresentações públicas nos municípios (proposta de reestruturação do transporte público intermunicipal na região da Grande Florianópolis)
2 - Audiência pública inicial (apresentação do edital de licitação para criação do sistema de transporte metropolitano)
3 - Consulta pública
4 - Avaliação técnica (período de avaliação do edital pela sociedade)
5 - Audiência pública final (apresentação do edital com as contribuições recebidas e debate)
6 - Adequação do edital de licitação
7 - Edital para TCE (TCE avalia o edital)
8 - Publicação do edital de concorrência pública

Mais informações para a imprensa:
Rosália Dors Pessato
Assessoria de Comunicação
Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis - Suderf
E-mail: rosalialdors@gmail.com
Fones: (48) 3665-3334 e (48) 99150-1222
Site: www.spg.sc.gov.br/suderf


Foto: Claudia de Conto/Fatma

A Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca (SAR), a Fundação do Meio Ambiente (Fatma), e o Banco do Brasil assinaram nesta quarta-feira, 2, um termo de cooperação para fomentar a liberação de financiamento para suinocultores pelo plano Safra 2017/2018 e 2018/2019. O acordo entre as três instituições permite que os produtores liberem o crédito do programa com a apresentação do protocolo de pedido de licenciamento ambiental na Fatma.

O termo é similar ao assinado em 2016, mas o atual foi estendido até dezembro de 2018. “A Fatma emitiu mais de quatro mil licenças para o setor no ano passado. A atividade requer uma rigorosa análise ambiental e, por mais que se atue com empenho, nem sempre conseguimos emitir os pareceres sobre as licenças com a agilidade que o produtor precisa. Com esse acordo, o produtor garante o financiamento e dá tempo para que o suinocultor faça as adequações necessárias no processo de licenciamento e atue dentro da legislação ambiental”, explica o presidente da Fatma, Alexandre Waltrick Rates.

Para o secretário da Agricultura do Estado, Moacir Sopelsa, essa é uma ação importante e que demonstra o esforço do Governo do Estado em apoiar um setor que produziu 969 mil toneladas de proteína animal em 2016. “É um incentivo ao agronegócio, sem deixar de lado a preservação do meio ambiente Esse acordo permite que os suinocultores invistam em suas propriedades com mais tranquilidade. É uma ação que pode ser replicada em outros setores e que pode facilitar a vida dos produtores rurais”, afirma o secretário.

Plano Safra

No final de maio, o Governo Federal anunciou liberação de R$ 30 bilhões em créditos para produtores rurais familiares. O Plano Safra da Agricultura Familiar 2017/2018 contempla a regularização fundiária de imóveis rurais, comercialização, assistência técnica e extensão rural. O programa é voltado para os agricultores que possuem Declaração de Aptidão ao Programa Nacional de Apoio a Agricultura Familiar (Pronaf). Em Santa Catarina, 87% dos estabelecimentos agropecuários economicamente ativos são classificados como de agricultura familiar.

Mais informações para a imprensa:
Claudia De Conto
Assessoria de Comunicação
Fundação do Meio Ambiente (Fatma)
E-mail: comunicacao@fatma.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-4177 / 99172-8277 / 98845-7087 
www.fatma.sc.gov.br 

Secretaria de Estado da Agricultura e Pesca
Ana Ceron
Luiz Henrique Monticelli
Assessoria de Imprensa
Fone: (48) 3664-4417 / 3664-4418 / 98843-4996
imprensa@agricultura.sc.gov.br

Página 17 de 111