Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Campanha Compre de SC

Campanha Compre de SC

O Governo do Estado lançou a campanha Compre de SC para incentivar o consumo de produtos produzidos em Santa Catarina. Além de estimular a produção interna e muitas vezes de pequenos produtores, a campanha faz a economia girar, gerando renda e emprego.

Oportunidades

Próximos eventos


Fotos: Julio Cavalheiro/Secom

A mais nova etapa das obras de restauração da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, começou às 22h55 desta segunda-feira, 6, com os cortes de oito cabos das barras de olhal junto ao maciço de ancoragem do lado continental da estrutura. A primeira barra foi cortada em dez minutos. O procedimento que vai mudar o visual do cartão postal catarinense é necessário para a troca das peças. O governador Raimundo Colombo acompanhou os trabalhos ao lado do presidente do Deinfra, Wanderley Agostini, engenheiros do Deinfra e do grupo português Teixeira Duarte, empresa responsável por esta etapa da restauração.

>>> Confira mais fotos

O engenheiro fiscal da obra, Wenceslau Diotallévy, informou que, ao todo, são 360 barras de olhal, que medem de 12m a 15m e têm peso aproximado de 1,9 mil quilos, totalizando 685 mil quilos. “Na quarta-feira, 8, também à noite, serão cortadas outras oito barras do lado insular. Após este dia, o trabalho será feito simultaneamente dos dois lados para manter o equilíbrio da estrutura. Toda esta etapa deve estar concluída até o final de dezembro, mas tudo depende de como serão as retiradas dos pinos das barras. A ponte está toda apoiada. E este é um estágio que fecha a etapa de transferência de carga”, explicou o engenheiro.

O governador Raimundo Colombo ressaltou que esta é mais uma etapa difícil, decisiva e desafiadora. “Estamos seguros que tudo vai dar certo. Todas as precauções foram tomadas e todos os estudos foram feitos. Há uma possibilidade de diminuir o prazo de entrega de conclusão da ponte, mas isso vai depender do operacional, do que será encontrado nesta etapa. Estamos otimistas e felizes com os resultados dos trabalhos executados até o momento”, disse.

A retirada dos 28 cabos pendurais dos lados continental e insular foi concluída no último mês, o que permitiu dar início à remoção das barras de olhal. Na próxima fase, o tabuleiro será rebaixado e, depois, elevado nas extremidades para aliviar a tensão, permitindo a retirada de barras de olhal restantes.

“Estamos entrando num processo delicado de desmontagem da ponte. Acredito que, assim como todas as outras etapas, esta será executada com êxito, atingindo os resultados esperados.Tudo é fiscalizado, dando total segurança para a obra, e o material utilizado é da melhor qualidade”, disse o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini.



Emocionado e com os olhos cheios de lágrimas, Wenceslau Diotallévy disse que esta etapa é um corte com as forças do passado e que, agora, começa um novo futuro para a ponte. “Tudo o que fizemos até então justifica todos os recursos investidos. É importante que o povo catarinense saiba que o dinheiro está sendo bem aplicado. Este é o Brasil que queremos, com transparência. Lembro do governador Hercílio Luz ao dizer que deixava o legado para que os moços olhassem no futuro com orgulho pelo esforço e dedicação colocados na construção da ponte. E hoje, com a liderança do governador Raimundo Colombo, vemos este legado sendo repassado, como se fosse um bastão”, destacou o engenheiro.

Outras fases da restauração

Em seguida, serão realizados trabalhos intermediários e, então, a montagem da nova estrutura. A ponte receberá cerca de duas mil toneladas de metal novo, o que representa aproximadamente 40% da atual estrutura. Muitas das novas peças, fabricadas no Brasil e no exterior, já foram compradas e estão em depósitos no canteiro de obras. O cronograma para conclusão da restauração está prevista para o final de 2018.

Informações adicionais para a imprensa:
Elisabety Borghelotti
Assessoria de Imprensa 
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: bety@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3014 / 98843-5460
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Vandro Welter - Ascom ADR Itapiranga

Na segunda-feira, 6, o Governo do Estado promoveu o 2º Meeting de Turismo em São Miguel do Oeste. O secretário de Estado da cultura, turismo e esportes, Leonel Pavan, disse que o Extremo-Oeste possui grande potencial turístico, porém, pouco explorado. Pavan sugeriu maior ousadia dos empresários da região para proporcionar investimentos no setor. Ele enfatiza que o poder público deva incentivar o turismo, mas que os empreendimentos precisariam necessariamente ser administrados pela iniciativa privada. Leonel citou um exemplo da região e fez referência ao Termas São João que surgiu a partir do poder público, mas que efetivamente passou a funcionar nas mãos da iniciativa privada.   

Pavan mencionou o grande potencial inexplorado das propriedades rurais, elogiou a qualidade dos queijos e das cinco cervejarias artesanais existentes no extremo oeste. Além disso, destacou a qualidade do turismo das águas termais da região, sendo consideradas as melhores do Estado. O secretário de turismo reforçou a importância de novas ações como a fase de implantação de aplicativo de celular para difundir e facilitar o atendimento de turistas em todas as cidades catarinenses. Igualmente fez alusão ao novo SC Rural que promete investimentos no turismo rural. Também citou a importância da campanha nacional “O sul é meu destino”.      

Aproximadamente 200 pessoas participaram do evento. A ADR Itapiranga esteve representada pelo secretário executivo, Claudir Larentis, e os gerentes, Rudi Rasch, Miguel Schneider e Vandro Welter. O atrativo principal da abertura foi a apresentação da orquestra de violões de São João do Oeste, muito aplaudida pela plateia.

Durante a abertura, ainda fizeram uso da palavra o secretário executivo da ADR de São Miguel do Oeste, Volmir Giumbelli, e o prefeito anfitrião, Wilson Trevisan. O público-alvo do evento foram prefeituras, secretarias municipais de turismo, ADRs, instâncias de governança e trades turísticos.

A programação prosseguiu com a fala do secretário adjunto da secretaria de Estado da cultura, turismo e esportes, Francisco dos Anjos, que abordou sobre estruturação turística: um caminho para o desenvolvimento regional. Teve ainda a participação da diretora de projetos estruturantes, Ana Paula Cardozo dos Santos, que falou sobre a infraestrutura turística no oeste catarinense. O evento ainda contemplou a apresentação de cases da região e houve espaço para apresentação dos municípios das regiões Caminhos da Fronteira, Vale das Águas e Grande Oeste. 

Mais informações para a imprensa:
Vandro Luís Welter
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de Itapiranga
E-mail: imprensa@ipx.adr.sc.gov.br
Fone: (49) 3472-5008 / (49) 98412-0485
Site: sc.gov.br/regionais/itapiranga

 


Fotos: James Tavares/Secom

O governador Raimundo Colombo e o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTIC), Gilberto Kassab, assinaram na manhã desta segunda-feira, 6, em Florianópolis, o acordo de cooperação entre ministério, Fundação Certi e Senai/SC para execução da segunda fase do Projeto LABelectron Nucleador. O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc), Sergio Gargioni, também acompanhou a assinatura.

>>> Acesse a galeria de fotos

“Esse passo que estamos dando hoje é importante para a economia e para o desenvolvimento da área de tecnologia no nosso Estado. Nos destacamos bastante, e o resultado tem sido emprego, desenvolvimento e inserção na nova economia de uma forma muito significativa. Mostramos bons números, é só olhar para nossos resultados”, destacou Colombo.

LABelectron é um laboratório-fábrica que fornece soluções tecnológicas inovadoras a partir do desenvolvimento de projetos e da manufatura de placas eletrônicas em pequenas séries, atendendo às necessidades de pequenas e médias empresas que não têm demanda para produção em larga escala. “Devemos ter a competência de produzir e não deixar nas mãos dos chineses e coreanos. Se depois tivermos que fazer em grande quantidade, aí procuramos eles”, disse o presidente da Fundação Certi, Carlos Alberto Schneider.

“Esse projeto promete ser o maior na área de tecnologia já executado em Santa Catarina. Uma das formas de superar a crise é investindo em ciência, pesquisa e inovação. Por isso, damos todo apoio ao setor, para que a gente possa encontrar saídas para a crise, investindo no desenvolvimento para gerar emprego e riqueza”, enfatizou o ministro.

>>> Governador entrega Prêmio Stemmer Inovação Catarinense

Informações adicionais para a imprensa:
Rafael Vieira de Araújo 
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado de Comunicação - Secom
E-mail: rafael@secom.sc.gov.br  
Telefone: (48)  3665-3018 / 99116-8992
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC

Entre 20 e 27 de novembro, o Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) aceitará inscrições de candidatos que desejam ingressar na turma de mestrado do primeiro semestre de 2018.

Serão aceitas inscrições pessoalmente, das 12h às 18h, na secretaria do programa, no Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), no Bairro Coqueiros, em Florianópolis, ou via Sedex, com prazo de postagem até 20 de novembro.


Foto: Arley Reis/Casan

A equipe do Laboratório de Análises de Efluentes da Casan de Florianópolis obteve nova comprovação de sua eficiência em testes realizados pela Rede Metrológica do Rio Grande do Sul − única no país acreditada pelo Inmetro para estes ensaios. O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) é uma autarquia federal, vinculada ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior.

Na mais recente rodada da chamada “Proficiência para Testes Físico-Químicos em Análises Ambientais”, realizada em julho de 2017, com participação de 101 laboratórios do Brasil, todos os ensaios foram avaliados como bons e excelentes.

Quatro parâmetros, entre os oito avaliados, apresentaram ótima precisão e exatidão. Nesta etapa, foram avaliados ensaios de DQO (Demanda Química de Oxigênio), Nitratos, pH, Alcalinidade, Turbidímetro, Cloretos, Sulfatos e Cor aparente.  

A equipe já participou de outras duas rodadas de trabalho, obtendo ótimos resultados. Uma delas avaliou ensaios microbiológicos, envolvendo análises de colimetria quantitativa (utilizados em análises de balneabilidade) e outra de testes de coleta e amostragem – em que são avaliados os métodos utilizados para coleta de amostras, preparo de frascaria e resultados analíticos obtidos diretamente em campo. 

“O retorno obtido reafirma a qualidade de nossos ensaios laboratoriais”, destaca o chefe do Setor de Qualidade de Água e Esgoto da Casan, José Luciano Soares. "Os resultados obtidos pelo laboratório da Casan também confirmam que as estações de tratamento de esgoto da companhia trabalham com eficiência, produzindo efluentes dentro dos parâmetros técnicos adequados para ajudar a conservar o meio ambiente", disse. 

Segundo o engenheiro, atualmente 16 laboratórios da Casan realizam testes de proficiência em amostragem, ensaios físico-químicos e microbiológicos, em um processo contínuo de controle de qualidade externo. “Esse é um dos requisitos para acreditação dos nossos laboratórios pelo Inmetro, processo pelo qual estamos lutando diariamente com nosso quadro técnico e com o apoio da Divisão de Políticas da Qualidade, ligada à Gerência de Políticas Operacionais”, complementa Soares.

Proficiência

Os testes de proficiência estão entre os mecanismos de controle da qualidade previstos pela Norma Técnica NBR ISO/IEC 17025:2005, que trata de requisitos gerais para competência de laboratórios de ensaio e calibração.

O objetivo é avaliar o desempenho dos laboratórios na realização de ensaios, medições ou calibrações, sendo confirmação de desempenho competente.

Controle de qualidade e monitoramento ambiental

O Laboratório de Efluentes da Casan em Florianópolis produz análises para acompanhamento da operação de 10 estações de tratamento de esgotos da região metropolitana: Canasvieiras, Barra da Lagoa, Lagoa da Conceição, Saco Grande/João Paulo, Parque Tecnológico, Insular, Potecas, Santo Amaro da Imperatriz e Rancho Queimado.

Também realiza o monitoramento ambiental da qualidade das águas das Baías Norte e Sul, dos rios do Braz, Capivari e Rio Tavares. Além disso, realiza análises que permitem o controle do lençol freático na região das ETEs Potecas, Barra da Lagoa e Lagoa da Conceição. 

Como funciona a proficiência para laboratórios

A Rede Metrológica do Rio Grande do Sul organiza o programa e envia amostras teoricamente iguais (contra-provas) a todos os laboratórios participantes do Brasil inscritos. 

Também determina quais parâmetros deverão ser analisados. O laboratório realiza os ensaios e encaminha apenas os resultados. A rede metrológica, que possui acreditação no Inmetro para avaliação, realiza o trabalho estatístico para avaliação dos resultados - quanto mais afastado da média, maior o erro (resultado incompatível).

Benefícios da participação em ensaios de proficiência

● Confirmação do desempenho competente 
● Identificação de problemas de ensaio ou medição 
● Comparação de métodos e procedimentos 
● Melhoria do desempenho 
● Treinamento da equipe
● Inspiração de confiança nos funcionários, na gerência e nos usuários externos de serviços de laboratório 
● Comparação de capacidades de operadores 
● Geração de materiais de referência 
● Determinação da precisão e exatidão dos métodos 
● Satisfação de agências reguladoras e de organismos de acreditação 
● Fornecimento de gestão adicional de riscos aos laboratórios

Mais informações para a imprensa:
Gerência de Comunicação Social da Casan
Fones: (48) 3221-5034 | 3221-5035 | 3221-5036
Arley Reis 
E-mail: areis@casan.com.br
Suzete Antunes
E-mail: santunes@casan.com.br
Ricardo Stefanelli 
E-mail: ristefanelli@casan.com.br
Fone: (48) 9136-9345
www.casan.com.br

 

 

Página 161 de 341