Encontre serviços oferecidos pelo Governo de SC

Reunimos neste site tudo o que o Governo pode fazer por você

Notícias em destaque

Serviços em destaque

Vídeos

Safra de Maçã 2017

Safra de Maçã 2017 - 03/04/17


Santa Catarina comemora a supersafra de maçã, com uma produção que supera em 20% a de 2016.

Oportunidades

Próximos eventos


Foto: Julio Cavalheiro/Secom

O governador Raimundo Colombo autorizou, nesta quarta-feira, 26, o lançamento imediato de novo edital de licitação para a reforma da EEB São Miguel de São Miguel do Oeste. Em reunião realizada em Florianópolis, foram apresentados os projetos revisados e atualizados da escola estadual que enfrenta a paralisação das obras após o encerramento do contrato com a empresa licitada.

“Tem coisas que fogem do nosso controle, como por exemplo, quando uma empresa não consegue fazer a obra andar. Mas estamos numa fase em que o Governo do Estado pode agir e resolver essa situação. Estamos com os projetos prontos, revisados e vamos contratar a nova empresa para encerrar a reforma da EEB São Miguel”, disse o governador.

A reforma iniciou em 2013 e era realizada pela empresa C2 Engenharia e Construções de Chapecó. Em setembro de 2016, o contrato não foi renovado devido o atraso na obra por parte da empreiteira. Os trabalhos foram paralisados prejudicando a comunidade escolar. Para a nova licitação, as Gerências de Infraestrutura da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de São Miguel do Oeste e da Secretaria de Estado da Educação (SED) realizaram o levantamento de alterações no layout da escola; a readequação dos projetos arquitetônicos e complementares; a aprovação nos órgãos competentes; o memorial descritivo, o cronograma e a atualização dos orçamentos.

“O setor de engenharia trabalhou de forma incessante para revisar os projetos e fazer alterações e aprovações necessárias. Alterações, inclusive, que foram sugeridas pela comunidade escolar, que também se mostrou empenhada para que os contratempos da paralisação causassem menor impacto possível”,menciona o secretário executivo da ADR, Volmir Giumbelli.

O edital deve ser lançado na próxima semana sendo na modalidade concorrência pública e será realizado pela Regional de São Miguel do Oeste. A obra foi orçada inicialmente em R$ 3,5 milhões. Foram executados e pagos até o encerramento do contrato R$ 1,8 milhão. A obra faz parte do pacote de ações do Programa Pacto pela Educação.

Participaram da reunião: o secretário de Estado da Casa Civil, Nelson Serpa; o prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan; a diretora de Infraestrutura da SED, Karen Lippi; o gerente de Infraestrutura da ADR, Leonardo Miola e o presidente do Deinfra, Wanderley Agostini.

Informações adicionais:
Gisele Vizzotto
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 98837-7422

Foto: Heloisa Dallanhol/FAPESC

Começaram na terça-feira, 25, encontros para formular um Marco Legal do Biogás para Santa Catarina e do modelo de organização para coordenação das ações (Agenda SC Biogás). Embasamento técnico e ambiental foi o tema abordado na terça, para apresentar atividades mais específicas do Comitê SC Biogás, liderado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc).

“Nós precisamos ter uma política econômica para incentivar a produção do gás, tecnologias que se adaptem à nossa região (Meio-Oeste) e uma nova legislação para estabelecer diretrizes visando estimular produtores para produzirem gás a partir da biomassa, vindos dos dejetos de suínos abundantes na nossa região”, disse o deputado estadual Natalino Lázare, presidente da Comissão de Agricultura e Política Rural da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina. “Vamos transformar um problema ambiental grave, que é a poluição causada por dejetos de animais, numa alternativa econômica.”

“O problema ainda está para ser resolvido, e queremos ser parte da solução,” salientou Airton Spies, secretário adjunto de Estado da Agricultura e Pesca do Estado O caminho que o Governo do Estado está trilhando pode ser um grande exemplo para o país como um todo, nas palavras de Camila Taquino, representante da ABiogás  (Associação Brasileira de Biogás e de Biometano).

Por meio do Programa SC-Rural, a Secretaria contratou, com recursos do Banco Mundial, serviços de consultoria de três empresas para fazer o diagnóstico do potencial de geração de biogás em Santa Catarina, localizando os pontos de maior geração de dejetos: as regiões de Concórdia e Braço do norte, por exemplo, estão à frente na produção de dejetos suínos, enquanto Biguaçu tem grande fonte de matéria-prima a partir dos resíduos sólidos.  A prospecção também detectou os potenciais segmentos e grupos de consumidores deste tipo de energia, estudando as redes de distribuição, geração e aproveitamento do biometano.

Um dos pontos destacados é a necessidade de produção industrial e de serviços relacionados à cadeia do biogás no estado para atender a construção de usinas e distribuição. Apenas 23 empresas no território catarinense trabalham nesse setor atualmente. A proximidade dos fornecedores aos consumidores poderia gerar empregos e impostos, girar a economia local e alavancar o desenvolvimento industrial e inovador dessa área em Santa Catarina.

Novos encontros acontecerão nos próximos dois meses, conforme cronograma apresentado por Iara Dreger,Coordenadora Técnica do Comitê Biogás SC, formado pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, da  ALESC, como coordenadores políticos; pela FAPESC, como coordenadora técnica; por membros da FATMA (Fundação do Meio Ambiente), das Diretorias do Desenvolvimento Econômico e do Meio Ambiente da SDS (Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável) e da Associação de Produtores de Energia de Santa Catarina.

Informações adicionais para imprensa:

Heloisa Dallanhol
Coordenadoria de Comunicação – FAPESC
Fone: (48) 3665 4812
comunicacao@fapesc.sc.gov.br
www.fapesc.sc.gov.br

 


Foto: James Tavares/Arquivo Secom

Os catarinenses que gostam do frio podem comemorar porque a partir da noite desta quarta-feira, 26, as temperaturas devem cair no Estado com a chegada de uma massa de ar frio e seco, de origem polar, conforme a previsão da Epagri/Ciram. Durante o dia desta quarta, a nebulosidade diminui gradativamente, devido ao deslocamento da frente fria para o oceano e o sol volta a predominar com a chegada da massa de ar frio.

De quinta-feira a domingo, a previsão da Epagri/Ciram indica tempo seco e ensolarado, com nevoeiros isolados ao amanhecer. A temperatura estará baixa no período noturno e ao amanhecer em todas as regiões, podendo chegar a 0ºC ou até ser negativa nas áreas mais altas do Estado, com possibilidade de formação de geada. No decorrer do dia, temperatura fica amena.

Mar agitado no litoral de SC

No decorrer desta quarta e durante a quinta-feira, o vento sopra de sudoeste e sul de forma persistente, com rajadas de 60 a 70 km/h no Litoral Sul de SC, deixando o mar muito agitado, devido à passagem de uma frente fria pelo oceano estendendo-se ao Sul do Brasil. Os picos de onda variam de 2,0 a 2,5 m, podendo chegar a 3,0 m e 3,5 m, especialmente em áreas afastadas da costa, ao Sul da Ilha de Santa Catarina, deixando o mar muito agitado e grosso, sendo desaconselhável o tráfego de pequenas e médias embarcações.

Recomenda-se o acompanhamento diário da previsão do tempo.

Qualquer problema deve ser comunicado à coordenadoria municipal de Defesa Civil, através do telefone de emergência 199 ou para o Corpo de Bombeiros no número 193.

Mais informações:
Epagri/Ciram
Fone: (48) 3665-5006



A equipe de Futebol Feminino da EEB Professora Lourdes A.S Lago, de Chapecó, comemora o título do Campeonato Escolar de Futebol Feminino Sub17, conquistado na manhã desta quarta-feira, 26, em Belém, no Pará. Com o título, as atletas irão representar o Brasil no Mundial Escolar de Futebol Feminino em Praga, na República Tcheca, em maio.

As atletas da Associação Desportiva Lourdes Lago representaram Santa Catarina e a Federação Catarinense de Desporto Escolar na competição que começou na última sexta-feira, 21. A partida decisiva foi com o Colégio Ateneu, que representou o Ceará. A equipe de Chapecó garantiu o título com o placar de 3 a 0. Saiu invicta do campeonato, com 18 gols feitos e apenas um sofrido.

Incentivo na Escola

Dominar a bola não é o bastante, é preciso ter disciplina e bom rendimento na sala de aula. Com este objetivo as atletas recebem incentivo na EEB Lourdes Lago, escola reconhecida pela dedicação ao esporte, que atrai estudantes de vários estados.  Das 14 atletas do elenco do Futebol Feminino, cinco são de Chapecó as demais de cidades do Sul do Estado. A escola também conta com a Casa do Atleta, que abriga estudantes esportistas de outros municípios.

A gerente Regional da Educação, Maria de Lourdes Seben, destaca que a equipe é merecedora da conquista. “Parabenizamos as atletas, a escola e a asssociação, que não medem esforços para fazer com que a equipe tenha conquistas dentro e fora da sala de aula”, afirma. 

>>> Leia mais

Mais informações para a imprensa:
Andréia Cristina Oliveira
Assessoria de Comunicação
ADR Chapecó
Fone: (49) 99938-6966
E-mail: imprensasdrcco@gmail.com
www.adrs.sc.gov.br/adrchapeco

 

 

Foto: Ricardo Miotto Ternus/Cidasc

Para dar conta das demandas relacionadas ao à produção de maçãs em Santa Catarina, foi realizada na Faesc, em Florianópolis, na manhã desta terça-feira, 25, uma reunião para tratar da erradicação do cancro europeu nos pomares de maçã catarinenses.

A reunião contou com a presença de autoridades ligadas à produção de maçã e à defesa sanitária vegetal catarinense, tais como o presidente da Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), Enori Barbieri; o presidente da Federação de Agricultura do Estado de Santa Catarina (Faesc), José Zeferino Pedrozo; e o presidente da Associação dos Produtores de Maçã e Pera de Santa Catarina, Rogério Pereira.

Ainda, gestor do Departamento Estadual de Defesa Sanitária Vegetal da Cidasc, Ricardo Miotto Ternus, e Rides Campos Ferreira, gestor do Departamento Regional da Cidasc de São Joaquim.

“A Cidasc já está trabalhando para apoiar o produtor e precisa da parceria com as demais entidades relacionadas ao setor para alcançar os objetivos desejados para o cenário estadual e nacional”, destacou Enori Barbieri.

“Sabemos das dificuldades, mas estamos trabalhando para suprir as carências da área, garantindo o status sanitário do Estado. É fundamental envolver todos os meios e profissionais que atuam no setor para alinhar as ações”, declarou Ricardo Miotto. 

Os principais estados brasileiros produtores de maçã são Santa Catarina e Rio Grande do Sul, e juntos representam 94,9% da produção nacional e 94,4% da área em produção da maleicultura. Santa Catarina participa com 46% da produção brasileira e 48% da área em produção da cultura no país.  

Em 2017, Mais de 500 mil toneladas de maçã devem ser colhidas no Estado. O número é 20% maior em relação ao ano passado. A maior parte das maçãs colhidas tem categoria 1, o maior nível de qualidade, com tamanho e coloração que impressionam, resultado do clima favorável na região. Essa é uma das melhores safras em termo de qualidade da fruta.  

Sobre o cancro europeu

O cancro europeu das pomáceas, causado pelo fungo Neonectria ditissima, é uma doença que afeta as partes lenhosas das plantas. A principal característica da doença é a formação dos cancros que prejudicam a translocação de seiva e o crescimento vegetativo. A praga é considerada quarentenária presente no Brasil, tendo critérios e procedimentos para a sua contenção estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A partir do monitoramento da praga nos pomares comerciais e viveiros de mudas de macieira em Santa Catarina, foi possível constatar que, na safra 2015/2016, 42 novos pomares foram confirmados com a doença, somando até 2016, 117 pomares com a ocorrência da doença em 10 municípios catarinenses.

Mais informações à imprensa:
Jaqueline Vanolli
Assessoria de Comunicação – Cidasc
Fone: (48) 3665 7037
ascom@cidasc.sc.gov.br
www.cidasc.sc.gov.br
www.facebook.com/cidasc.ascom

Página 20 de 34