Arte / Secom

O Governo do Estado informou, no fim da tarde deste sábado, 4, que Santa Catarina tem 356 pacientes com diagnóstico positivo de Covid-19. Há moradores de 52 municípios com infecção confirmada por coronavírus.

Abelardo Luz - 1

Antônio Carlos - 8

Araranguá - 2

Balneário Arroio do Silva - 1

Balneário Camboriú - 12

Balneário Gaivota - 1

Biguaçu - 1

Blumenau - 26

Braço do Norte - 15

Brusque - 6

Camboriú - 7

Canelinha - 1

Chapecó - 5

Criciúma - 27

Florianópolis - 91

Gaspar - 2

Governador Celso Ramos - 1

Gravatal - 4

Içara - 1

Imbituba - 6

Indaial - 1

Irati - 1

Itajaí - 20

Itapema - 3

Itapiranga - 1

Jaguaruna - 2

Jaraguá do Sul - 6

Joaçaba - 1

Joinville - 20

Lages - 3

Laguna - 2

Mafra - 1

Morro da Fumaça - 1

Navegantes - 4

Palhoça - 3

Papanduva - 2

Paulo Lopes - 1

Pescaria Brava - 1

Pomerode - 1

Porto Belo - 4

Rancho Queimado - 2

São Francisco do Sul - 2

São José - 15

São Lourenço do Oeste - 1

São Ludgero - 3

São Pedro de Alcântara - 1

Siderópolis - 3

Sombrio - 2

Tijucas - 1

Timbé do Sul - 1

Tubarão - 18

Urussanga - 2

Outros estados - 6

Outros países – 3

Distribuição dos casos confirmados por faixa etária:

10 a 19 anos - 2 casos (0,6%)

20 a 29 anos - 44 casos (12,4%)

30 a 39 anos - 82 casos (23%)

40 a 49 anos - 55 casos (15,4%)

50 a 59 anos - 70 casos (19,7%)

60 a 69 anos - 69 casos (19,4%)

70 a 79 anos - 21 casos (5,9%)

80 a 89 anos - 11 casos (3,1%)

90 a 99 anos - 1 casos (0,3%)

100 a 109 anos - 1 casos (0,3%)

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Foto: Robson Valverde / SES

A Secretaria de Estado da Saúde registrou mais cinco mortes causadas por coronavírus em Santa Catarina, e o total desde o início da pandemia chegou a 10. Os óbitos foram confirmados pelo órgão estadual até o fim da tarde deste sábado, 4.

Duas das mais recentes vítimas da Covid-19 são do Sul do estado: um homem de 32 anos, morador de São Ludgero, e uma idosa de 71 anos, de Balneário Gaivota. Eles estavam internados em Içara e Criciúma, respectivamente. Também morreram em decorrência do coronavírus uma mulher de 54 anos, de Itajaí, uma idosa de 81, de Florianópolis e outra idosa de 90 anos, em Pedras Grandes, no Sul.

O homem de 32 anos é a pessoa mais jovem a perder a vida em razão da Covid-19 em Santa Catarina. Ele não apresentava comorbidades. As outras três vítimas faziam parte de grupos de risco.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Foto: Divulgação / CBMSC

Nestes dias de isolamento social, o Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) tem auxiliado ao Estado para em serviço de diversas áreas, para o enfrentamento da Covid-19. Durante esta semana uma equipe do Centro de Ensino Bombeiro Militar (CEBM) participou de uma reunião na Defesa Civil para ajustar as ações de logística quanto ao gerenciamento dos itens doados em esfera estadual.

Na manhã deste sábado, 4, o avião Arcanjo 02, do Batalhão de Operações Aéreas (BOA), uma parceria entre o CBMSC e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), realizou o transporte de equipamentos respiratórios de São Paulo para Santa Catarina, numa ação em conjunto com a Secretaria de Estado da Saúde. 

Os equipamentos adquiridos pela SES foram 10 monitores e 14 mangueiras para respiradores, num total de 14 caixas. Em função da logística necessária, o BOA contou com auxílio da Polícia Militar do Estado de São Paulo. O Arcanjo-02 pousou no aeródromo de Campo de Marte, na Capital paulista, recebeu o material e em seguida retornou a Florianópolis.

Somente neste sábado, foram percorridos em torno de 1.000 quilômetros (540 milhas náuticas) entre os estados Santa Catarina, Paraná e São Paulo em um total aproximado de 5 horas de voo.

As atividades dos Arcanjos não são interrompidas durante este período.

Além disso, um grupo de alunos soldados serão responsáveis pelo controle e expedição de materiais e o ginásio de esportes do CEBM funcionará como almoxarifado.

Informações adicionais à imprensa:
Melina Cauduro
Assessoria de Imprensa
Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina - CBMSC
48) 3665-8426 / (48) 98843-4427 / (48) 9 9938-9839
imprensa@cbm.sc.gov.br 

O Governo do Estado mantém a autorização de funcionamento para lojas, supermercados e mercados que comercializam gênero alimentício, conforme a Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) de cada estabelecimento. A operação deve seguir as regras determinadas em portaria pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES).

A autorização e as regras se aplicam, também, ao comércio de chocolates. Os estabelecimentos devem estabelecer restrição para a entrada de metade da capacidade de público para evitar aglomerações e preservar um distanciamento entre as pessoas de ao menos 1,5 metro. As denúncias de irregularidades podem ser feitas pelo telefone 190, pelo aplicativo PMSC Cidadão da Polícia Militar e pelo telefone 181 da Polícia Civil.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br




Arte / Secom

Santa Catarina tem 334 casos confirmados de infecção por coronavírus. O número foi divulgado pelo governador Carlos Moisés na manhã deste sábado, 4. Entre eles, há 30 internados em unidades de terapia intensiva (UTI).

O número de casos confirmados representa um aumento de 11% em relação à quantidade confirmada no dia anterior. Até as 10h30 deste sábado, a Secretaria de Estado da Saúde mantinha a confirmação de cinco mortes causadas pela Covid-19 desde o início da pandemia.

Há 49 municípios com moradores infectados por coronavírus. No boletim deste sábado, a novidade é Sombrio, no Extremo Sul, que confirmou o primeiro caso.

Confira os municípios com casos confirmados:

Antônio Carlos - 8
Araranguá - 2
Balneário Arroio do Silva - 1
Balneário Camboriú - 12
Biguaçu - 1
Blumenau - 25
Braço do Norte - 15
Brusque - 4
Camboriú - 7
Canelinha - 1
Chapecó - 5
Criciúma - 23
Florianópolis - 90
Gaspar - 2
Governador Celso Ramos - 1
Gravatal - 4
Içara - 1
Imbituba - 6
Indaial - 1
Irati - 1
Itajaí - 20
Itapema - 2
Jaguaruna - 2
Jaraguá do Sul - 5
Joaçaba - 1
Joinville - 18
Lages - 3
Laguna - 1
Mafra - 1
Morro da Fumaça - 1
Navegantes - 4
Palhoça - 2
Papanduva - 2
Paulo Lopes - 1
Pescaria Brava - 1
Pomerode - 1
Porto Belo - 4
Rancho Queimado - 2
São Francisco do Sul - 2
São José - 14
São Lourenço do Oeste - 1
São Ludgero - 3
São Pedro de Alcântara - 1
Siderópolis - 2
Sombrio - 1
Tijucas - 1
Timbé do Sul - 1
Tubarão - 16
Urussanga - 2
Outros estados - 6
Outros países - 3

Distribuição dos casos por idade:

10 a 19 anos – 2 (0,6%)
20 a 29 anos – 42 (12,6%)
30 a 39 anos – 79 (23,7%)
40 a 49 anos – 52 (15,6%)
50 a 59 anos – 63 (18,9%)
60 a 69 anos – 63 (18,9%)
70 a 79 anos – 20 (6,0%)
80 a 89 anos – 11 (3,3%)
90 a 99 anos – 1 (0,3%)
100 a 109 anos – 1 (0,3%)

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br



O Governo de Santa Catarina ampliou um dos mais abrangentes programas para o microempreendedor individual (MEI) no Estado, o Juro Zero, durante a pandemia do novo coronavírus. O valor da linha de crédito passará de R$ 3 mil para R$ 5 mil por CNPJ. Esta medida faz parte do programa  Reação SC, movimento que prevê ações de retomada após a crise.

Coordenado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE) e operacionalizado pela Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc), o programa já disponibilizou mais de R$ 274 milhões, ultrapassando 92 mil operações, aos microempreendedores catarinenses.

“Diante da pandemia causada pelo coronavírus, o Governo do Estado adiantou esse passo importante no apoio ao MEI. Agora, a partir do decreto 540, aumentamos em 66% o valor disponível. Esta e outras medidas vão contribuir na retomada econômica dos catarinenses, neste contexto tão desafiador para todos. É momento de união, de apoio e de confiança, de que juntos vamos conseguir enfrentar esta adversidade mundial, em primeiro lugar preservando vidas e depois, a nossa saúde financeira”, destaca o secretário Lucas Esmeraldino.

O presidente do Badesc, Eduardo Machado, afirma que fomentar o desenvolvimento de Santa Catarina é a missão da agência. “Fomos criados por catarinenses para atender aos catarinenses e, por isso, estamos engajados em dar condições de crescimento e renda para todos os empreendedores, especialmente MEIs, que encaram com muita coragem o dia a dia do seu negócio”.

Como funciona o Programa Juro Zero

Em funcionamento desde 2011, o Programa Juro Zero surgiu com o propósito de incentivar a formalização e valorizar a atuação do MEI em Santa Catarina. Quando lançado, o Estado tinha 50 mil MEIs registrados, hoje são mais de 557 mil.

Por meio do Juro Zero, o MEI recebe recursos financeiros de até R$ 5 mil para investir no seu negócio. Podem aderir ao programa todos os profissionais residentes em Santa Catarina. O empréstimo poderá ser parcelado em até oito vezes com os juros subsidiados pelo Estado. O empreendedor tem o direito a realizar até duas operações de crédito, que serão sujeitas à análise, por uma instituição de microcrédito habilitada pelo Badesc para esta finalidade. Há instituições disponíveis em todas as regiões.

>>>Procure aqui o posto de atendimento mais próximo de você

O Juro Zero conta com a parceria do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) e da Associação das Organizações de Microcrédito de Santa Catarina (Amcred/SC).

Programa Reação SC

O Programa Reação SC, desenvolvido pela SDE, trata ainda de uma série de medidas prioritárias que estão em fase final para implantação, como por exemplo, as linhas de crédito de capital de giro para micro e pequenas e médias empresas, com baixas taxas de juros (BRDE); e investimento em subvenção aos juros de financiamentos contraídos por agricultores e pescadores pela Secretaria da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural (SAR).

Entre as ações também estão a isenção do pagamento da conta de água nos meses de março e abril para beneficiários da Tarifa Social da Casan e  adiamento dos pagamentos das faturas de energia elétrica para pessoas de baixa renda em março e abril, que poderão ser parceladas em até 12 vezes a partir do mês de maio.

O Programa decorre das medidas econômicas desenvolvidas pelas Secretarias de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Fazenda (SEF), Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural (SAR), além de representantes da Secretaria da Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur); Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE); Agência de Fomento do Estado de Santa Catarina (Badesc); Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A (Celesc); e Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan).

 

Mais informações para a imprensa:
Mônica Foltran
Assessoria de Comunicação
Secretaria do Desenvolvimento Econômico Sustentável - SDE
Fone: (48) 3665-2261 / 99696-1366
E-mail: jornalistamonicafoltran@gmail.com
Site: www.sde.sc.gov.br


Imagem / Reprodução 

O governador Carlos Moisés anunciou no fim da tarde desta sexta-feira, 3, que os hospitais filantrópicos de Santa Catarina receberão o valor máximo estabelecido pela nova política hospitalar até o fim deste ano. Isso significa um repasse total de R$ 276,2 milhões até dezembro. Dessa maneira, as entidades poderão contar com aproximadamente R$ 10 milhões por mês além do que estava pactuado para compra de insumos e contratação de profissionais. A medida, de acordo com o governador, tem por objetivo fortalecer o caixa das unidades filantrópicas para o enfrentamento à Covid-19.

“Vamos investir maciçamente nos hospitais filantrópicos. Para este ano, vamos desconsiderar os critérios de avaliação. Isso fará com que o cidadão seja bem atendido em todos os lugares de Santa Catarina. Não há região que será esquecida pelo Governo. Todos os hospitais que tenham relação com o Executivo serão beneficiados”, afirmou o governador em seu pronunciamento. 

A distribuição dos recursos segue os critérios da política hospitalar catarinense, definida no ano passado em conjunto com a representação das secretarias municipais de Saúde. Essa política determina o porte dos hospitais em cinco níveis diferentes, conforme a estrutura. Cada nível tem um teto de repasse mensal. A partir dele, é calculado o desempenho da unidade hospitalar, que define o percentual do teto a que a entidade tem direito.

>>> Veja detalhes na tabela

Com a decisão do governador significa que todos os hospitais receberão 100% da tabela até dezembro. O repasse total (R$ 276,2 milhões) será mais do que o dobro do valor transferido às entidades no ano passado (R$ 119,2 milhões).O secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, destacou que, além de ajudar no caixas das instituições filantrópicas, a medida fará com que elas proporcionem um melhor atendimento aos pacientes da Covid-19.

“Vivemos um período de pandemia. O sistema de saúde será exigido ao seu máximo. Os hospitais filantrópicos serão tão demandados quanto à rede pública. Esses valores serão essenciais para o enfrentamento à Covid-19”, afirmou Zeferino. 

Governador detalha planejamento

Ainda durante o seu pronunciamento, o governador detalhou o planejamento da Secretaria de Estado da Saúde (SES) para o enfrentamento da pandemia. O Estado trabalha com a meta de alcançar o número de até 2.500 leitos de UTI. Entre a rede própria e hospitais contratualizados, esse número era de 801 em março. A estes 801 serão adicionados 713, fruto da política de expansão da rede. Há ainda o plano de contingência para a ativação de outros mil leitos deste tipo.

O plano prevê a contratação de leitos em unidades privadas, uma vez que as cirurgias eletivas estão suspensas no estado. Um levantamento está sendo realizado pela SES e já estão ocorrendo as primeiras contratações. 

Quando toda essa rede estiver funcionando, a expectativa é que Santa Catarina passe a contar com 3,52 leitos de UTI para cada 10 mil habitantes (contra 1,58 atualmente). Segundo o governador, no auge da pandemia, a Itália necessitou de proporção de 2,4 para 10 mil habitantes, mas contava com apenas 1,5 para cada 10 mil pessoas.

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Arte / Secom

Santa Catarina chegou, nesta sexta-feira, 3, aos 301 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, conforme boletim divulgado pela Secretaria de Estado da Saúde. O número representa um aumento de 7,1% em relação ao dia anterior. Não houve registro de novas mortes causadas pela Covid-19. Até as 18h, havia 31 pacientes confirmados com a doença internados em leitos de UTI. 

Há casos em 48 municípios catarinenses. Nesta sexta, foram confirmados os primeiros pacientes com coronavírus em Araranguá, Governador Celso Ramos, Irati, Morro da Fumaça e Palhoça. As cidades com mais casos são Florianópolis (78), Blumenau (24) e Criciúma (23).

Confira os municípios com casos confirmados:

Antônio Carlos - 8
Araranguá - 1
Balneário Arroio do Silva - 1
Balneário Camboriú - 10
Biguaçu - 1
Blumenau - 24
Braço do Norte - 12
Brusque - 3
Camboriú - 7
Canelinha - 1
Chapecó - 5
Criciúma - 23
Florianópolis - 78
Gaspar - 2
Governador Celso Ramos - 1
Gravatal - 3
Içara - 1
Imbituba - 6
Indaial - 1
Irati - 1
Itajaí - 19
Itapema - 2
Jaguaruna - 2
Jaraguá do Sul - 5
Joaçaba - 1
Joinville - 17
Lages - 1
Laguna - 1
Mafra - 1
Morro da Fumaça - 1
Navegantes - 4
Palhoça - 1
Papanduva - 2
Paulo Lopes - 1
Pescaria Brava - 1
Pomerode - 1
Porto Belo - 4
Rancho Queimado - 2
São Francisco do Sul - 1
São José - 12
São Lourenço do Oeste - 1
São Ludgero - 3
São Pedro de Alcântara - 1
Siderópolis - 2
Tijucas - 1
Timbé do Sul - 1
Tubarão - 15
Urussanga - 1
Outros estados - 5
Outros países - 3

Acompanhe as notícias sobre o novo coronavírus

As notícias sobre as medidas para conter a propagação do novo coronavírus em Santa Catarina e os boletins atualizados com a situação do Estado podem ser acessadas no site sc.gov.br ou www.coronavirus.sc.gov.br. As atualizações podem ser acompanhadas ainda pelo Youtube, Instagram e Facebook do Governo do Estado.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
E-mail: imprensa@secom.sc.gov.br
Site: www.sc.gov.br


Foto: Julio Cavalheiro / Arquivo/ Secom

O impacto da pandemia de coronavírus no setor de eventos no Brasil e em outros países levou à suspensão, nesta sexta-feira, 3, do processo licitatório para a concessão do Centro de Eventos de Balneário Camboriú à iniciativa privada. A decisão foi tomada de forma conjunta pela a Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina (Santur) e a SC Participações e Parcerias (SCPAR). Os dois órgãos emitiram uma nota técnica na qual se enfatiza a crise econômica desencadeada pela Covid-19 como fator determinante. 

O edital de licitação foi lançado no final de janeiro e a sessão pública para abertura das propostas estava prevista para a próxima segunda-feira, 6. 

>>> Confira a íntegra da Nota Técnica emitida pela Santur e SC-Par  

No documento, a Santur e a SCPAR ressaltam a proibição de reuniões de qualquer natureza, conforme decretos do Governo do Estado (decretos 515, 521, 525 e 535) por pelo menos 30 dias. Desta forma como a previsão do edital santur 001/2020 é de um processo licitatório presencial, os órgãos avaliam que o momento não é oportuno para a realização da concorrência. Vale ressaltar que a Santur e a SCPAR cogitaram fazer a licitação de forma remota, mas, por conta dos riscos jurídicos envolvidos, a possibilidade foi descartada. 

Além disso, outros fatores foram levados em conta para a decisão. Segundo a nota técnica, a realização da concorrência no atual cenário pode refletir na participação das empresas no processo que, inclusive, é aberto a empresas estrangeiras. 

Grupo de trabalho com o trade é formado até a normalização da situação

Para monitorar o assunto, um Grupo de Trabalho (GT)  foi formado por técnicos da Santur, da SCPAR e da Procuradoria Geral do Estado (PGE), em interlocução com o trade turístico, entidades ligadas a eventos e sociedade civil. Esse GT terá validade durante a suspensão do edital de concessão.

Informações adicionais para a imprensa:
Renan Koerich
Assessoria de Imprensa
Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina - Santur
E-mail: renan@santur.sc.gov.br
Fone: (48) 3665- 7480​ / (48) 9-9959-8096
Site: www.turismo.sc.gov.br 




Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

Em decorrência dos impactos do novo coronavírus na economia do Estado, os contribuintes optantes pelo Simples Nacional em Santa Catarina terão o prazo de recolhimento do ICMS prorrogado por 90 dias. O pedido, feito ao Comitê Nacional de Secretários de Fazenda (Comsefaz), foi aprovado nesta sexta-feira, 3, pelo Comitê Gestor do Simples Nacional. 

Com a decisão, os períodos de apuração de março, abril e maio, que venceriam em abril, maio e junho, têm seus prazos de recolhimento adiados, respectivamente, para julho, agosto e setembro. Também foram prorrogados por 90 dias os prazos de recolhimento do Imposto Sobre Serviços (ISS) das empresas do Simples e por 180 dias o diferimento do ICMS e ISS dos microempreendedores individuais (MEIs).

"Tivemos avanços significativos que irão minimizar os impactos econômicos da crise decorrente dos avanços da Covid-19. Teremos um prazo maior para os pequenos negócios superarem as dificuldades", analisou o secretário de Estado da Fazenda (SEF), Paulo Eli.

Informações adicionais para a imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secretaria da Fazenda
Michelle Nunes
Fone: (48) 3665-2575/ (48) 99929-4998
E-mail: jornalistaminunes@gmail.com
Sarah Goulart
E-mail: sgoulart@sef.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-2504/ (48) 99992-2089
Site: www.sef.sc.gov.br 
facebook.com/fazendasc
https://www.instagram.com/fazendasc