Foto: Ricardo Wolffenbüttel/SECOM-SC

Os governadores dos sete estados do Sul e Sudeste assinaram, na manhã deste sábado, 19, a Carta de Florianópolis, resultado de dois dias de reuniões, estudos e debates do 5º Cosud, realizado no Costão do Santinho, na capital catarinense. Na carta, os gestores estaduais defendem a redução da burocracia e a simplificação de tributos, leis e processos, assim como a transformação digital para facilitar o acesso do cidadão e agilizar serviços governamentais. Outro ponto de destaque é a necessidade da distribuição dos royalties do leilão do Pré-sal aos estados em 2019.

>>> A íntegra da Carta de Florianópolis pode ser lida aqui

O governador anfitrião, Carlos Moisés, leu o documento antes da entrevista coletiva que encerrou o evento. Os sete governadores também se comprometeram a fazer, no âmbito estadual, os ajustes necessários à efetivação da Lei da Liberdade Econômica para diminuir a burocracia a quem quer empreender. Além disso, manifestaram apoio à reforma tributária e reiteraram o apelo para que estados e municípios sejam incluídos na Reforma da Previdência, por meio da chamada “PEC Paralela” (PEC 133/2019), que tramita no Senado Federal.

>>> ÁUDIOS E ENTREVISTAS 
>>> IMAGENS DO 5º COSUD

Conforme o governador catarinense, as pautas foram definidas como prioritárias por serem as que mais refletem em incremento na condição financeira dos estados e municípios e, consequentemente, em melhores serviços para os cidadãos. “Nós temos o hábito de socializar as decisões e os encaminhamentos que propomos aqui com as nossas bancadas estaduais. Temos sido muito bem recebidos. Este é o caminho, do diálogo, de construção, com nossos representantes junto ao Congresso Nacional para as definições que os brasileiros estão aguardando”, afirmou.

União de esforços

Além de Carlos Moisés, o Cosud teve a presença dos governadores João Doria (São Paulo), Wilson Witzel (Rio de Janeiro), Romeu Zema Neto (Minas Gerais), Renato Casagrande (Espírito Santo), Carlos Roberto Massa Júnior (Paraná) e Eduardo Leite (Rio Grande do Sul), assim como secretários e técnicos dos sete Estados. “O grande objetivo está sendo alcançado neste nosso movimento, que é o compartilhamento de boas práticas, a ajuda mútua, aprimoramento de gestão, aproximação dos Estados”, avalia o governador catarinense.

As reuniões começaram na sexta-feira, 18, com reuniões técnicas, cujos resultados foram apresentados durante a sessão plenária com os governadores, realizada na manhã deste sábado. No início da plenária, foi respeitado um minuto de silêncio em memória dos bombeiros militares do Rio de Janeiro que morreram durante o combate ao incêndio na Whiskeria Quatro por Quatro.

Em maio de 2020, os governadores cumprirão agenda na China para estabelecer prioridades na captação de investimentos internacionais nos programas de desestatização dos estados e aportes diretos nos setores da indústria, agronegócio, comércio, serviços, saúde, educação, cultura, esportes e tecnologia. “Será a primeira vez que um grupo de governadores faz uma viagem conjunta, com uma pauta comum, em busca do que é necessário para a geração de empregos e redução da pobreza e miséria”, antecipou João Doria.

A próxima reunião do Cosud será realizada em Foz do Iguaçu (PR), no dia 18 de janeiro.

Trabalho em 14 frentes

Os debates ocorreram em 14 grupos de trabalho: “Fazenda e Planejamento”, “Desenvolvimento Econômico”, “Agricultura”, “Turismo”, “Inovação, Ciência e Tecnologia”, “Educação”, “Meio Ambiente e Infraestrutura”, “Logística e Transporte”, “Saúde Pública”, “Segurança Pública”, “Gestão e Planejamento”, “Administração Penitenciária”, “Controle e Transparência” e “Reforma da Previdência”. Pela primeira vez, também houve um encontro de trabalho com representantes das Secretarias de Comunicação dos estados para discutir boas práticas na área.

O Cosud foi criado em março deste ano, durante encontro dos governadores em Minas Gerais. O objetivo é integrar esforços em áreas de interesse comum e prioritárias dos sete estados. As edições anteriores ocorreram em Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Gramado (RS) e Vitória (ES).

O evento é realizado pelo Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), com apoio do Governo de Santa Catarina, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás).

Leia mais:
>>> Estados do Sul e Sudeste firmam acordos nas áreas de Infraestrutura, Agropecuária e Meio Ambiente durante o Cosud
>>> Palestrantes do Governo Federal defendem desburocratização e modernização do Estado durante o Cosud
>>> Cosud começa em Florianópolis com reuniões dos grupos de trabalho dos sete estados do Sul e Sudeste

Informações adicionais para a imprensa
Renan Medeiros
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: renan@secom.sc.gov.br
Fone: (48) 3665-3058 / (48) 99605-9196
Site: www.sc.gov.br
www.facebook.com/governosc e @GovSC


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

O 5º encontro de governadores do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) teve a assinatura de três termos de cooperação técnica na manhã deste sábado, 19, em Florianópolis. São acordos nas áreas de Infraestrutura, Agropecuária e Meio Ambiente. Os documentos foram assinados pelos governadores após encaminhamento feito pelos secretários de Estado na tarde da sexta-feira durante os grupos de trabalho.

>>> ÁUDIOS E ENTREVISTAS 
>>> IMAGENS DO 5º COSUD

“Esses acordos de cooperação são alguns dos resultados concretos dos encontros do Cosud. As boas iniciativas precisam ser replicadas entre os Estados, gerando benefícios diretos para o cidadão”, disse o governador de Santa Catarina, Carlos Moisés. 

Entenda cada um dos termos assinados

Meio ambiente

O Governo de Santa Catarina e o Governo do Espírito Santo vão compartilhar tecnologias voltadas a licenciamento, planejamento e monitoramento ambiental. O Instituto do Meio Ambiente (IMA) de SC vai ceder ao Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (IEMA) do Espírito Santo a transmissão dos códigos fonte do Sistema de Controle de Movimentação de Resíduos e de Rejeitos (MTR) e do Sistema de Informações Ambientais (SinFAT), por onde é realizado todo o processo de licenciamento no órgão catarinense.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Serão cedidos ainda os softwares e documentos, como manuais de utilização e a legislação catarinense referente à área de resíduos sólidos e licenciamento ambiental. Com a anuência do IMA, o IEMA poderá ceder o software a outros órgãos ou entidades estaduais componentes do Sistema Nacional do Meio Ambiente, o Sisnama, constituído pelos órgãos e entidades na União, dos estados, do Distrito Federal, dos municípios e fundações do poder público, responsáveis pela proteção ambiental.

Em contrapartida, o IEMA disponibilizará ao IMA o seu conhecimento técnico no monitoramento de qualidade do ar, programa realizado no Espírito Santo desde 2000, quando foi implantado a Rede Automática de Monitoramento da Qualidade do Ar (RAMQAr) que mede, em tempo real, a exposição da população aos principais poluentes atmosféricos. 

O IEMA ainda oportunizará ao IMA visitas técnicas às instalações de monitoramento da qualidade do ar, além da disponibilização da legislação do Espírito Santo relacionada à área de qualidade do ar.

Agropecuária

A intenção com o protocolo é fortalecer as ações de defesa sanitária animal e vegetal nos estados integrantes do Cosud, compartilhando informações técnicas e aprimorando os serviços prestados. As áreas que terão prioridade neste primeiro momento serão defesa agropecuária, regulamentação da fiscalização e inspeção de produtos de origem animal e vegetal, pesquisa, inovação, assistência técnica, extensão rural, abastecimento e segurança alimentar, crédito rural e fundiário e regularização fundiária.

 “Cada estado tem sua realidade e suas peculiaridades, porém há um elo entre todos nós que é a manutenção da saúde dos nossos rebanhos e lavouras. É importante que saibamos de que forma cada estado implementa a defesa agropecuária, número de barreiras, os pontos fortes e fracos. Isso nos fortalece e traz mais eficiência para as ações de defesa e desenvolvimento rural, além de dar mais segurança para os produtores”, ressalta o secretário da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de Santa Catarina, Ricardo de Gouvêa.


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Uma das grandes preocupações dos secretários da Agricultura são os focos de peste suína clássica no Ceará, Piauí e Alagoas. Lembrando que todos os estados do Cosud são considerados área livre da doença. O Grupo de Trabalho da Agricultura decidiu encaminhar um pedido de informações para que o Governo Federal apresente quais as medidas de contenção dos focos de peste suína clássica e proteção das áreas livres.

Outra preocupação do setor é o crescimento acelerado dos focos de peste suína africana em países da África, Ásia e Europa.  A PSA já causou a morte de mais de 6,2 milhões de animais no continente asiático. Para evitar a entrada da doença no Brasil, os secretários solicitam o reforço nas ações de vigilância agropecuária em portos e aeroportos. 

Infraestrutura

O Grupo de Trabalho Logística e Transporte, ao considerar a relevância da temática referente às obras públicas, desenvolveu a Estratégia BIM Cosud, por meio do Termo de Cooperação Técnica, assinado pelos governadores. 

O Termo visa a implementação da Modelagem da Informação da Construção - BIM, que permitirá integrar as diversas fases do ciclo de uma obra de construção com o gerenciamento de todas as informações disponíveis em projeto, garantindo mais eficácia e eficiência no gasto público.

"O Grupo de Trabalho de Logística e Transporte está conseguindo uma integração muito boa nos objetivos regionais e nesta edição do Cosud concluímos o Termo de Cooperação Técnica para implantação do BIM no âmbito dos estados. Também estamos trabalhando na criação de estratégias para construção de políticas públicas de logística e transporte para a implementação de eixos integrados de desenvolvimento regional", disse o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Carlos Hassler.

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 

Abertura oficial
Lorenzon, secretário especial de Modernização, foi o primeiro palestrante no Cosud | Fotos: Julio Cavalheiro/SECOM-SC

Reduzir a burocracia estatal, diminuir distorções microeconômicas e fomentar o empreendedorismo. Esses foram os objetivos defendidos pelos dois palestrantes do Governo Federal durante a plenária dos governadores do 5º Encontro do Consórcio de Integração do Sul e Sudeste (Cosud) na manhã deste sábado, em Florianópolis. 

O diretor federal de Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon, e o secretário especial de Modernização do Estado na Secretaria Geral da Presidência da República, José Ricardo da Veiga, falaram sobre as ações que o governo tem implementado no intuito de facilitar a vida do cidadão.

>>> ÁUDIOS E ENTREVISTAS 
>>> IMAGENS DO 5º COSUD
>>> VÍDEO DA ABERTURA DO EVENTO

Segundo Lorenzon, devem ser encaminhadas ao Congresso ainda neste ano três importantes medidas: a Reforma Tributária, o novo Pacto Federativo e a Reforma Administrativa. O diretor salienta ser necessário repensar o serviço público do século XXI. 

“A desburocratização é fundamental, especialmente para o pequeno e médio empresário. O fim do alvará para atividades de baixo risco, por exemplo, tiraria um peso dos ombros do empreendedor. Precisamos aproveitar essa janela liberal”, disse Lorenzon, que elogiou o ambiente de negócios de Santa Catarina. 

Já Veiga salientou a necessidade de uma modernização da máquina pública baseada em cinco pilares: digitalização com eficiência, foco no cidadão, melhoria do ambiente de negócios, aumento da combatividade e transparência. Um dos objetivos traçados é fazer com que o Brasil esteja entre os 50 melhores países para se fazer negócio até 2022. Hoje, ocupa a 109ª posição:

“Somos o país de maior potencial do mundo. Queremos unificar os canais digitais do governo. Todas as nossas medidas podem gerar uma economia de até R$ 1,5 bilhão por ano, resultado em 15 milhões de atendimento presenciais a menos”, disse Veiga. 

Abertura oficial
Veiga foi o segundo a palestrar 

Abertura prega conciliação nacional

Pouco depois das 8h30min, o governador Moisés deu as boas-vindas aos demais governadores e fez um apelo pela conciliação nacional. Segundo ele, é preciso que os entes federativos atuem juntos para que todos alcancem os seus objetivos conjuntamente. 

“Precisamos seguir no caminho da união, com diálogos construtivos. Eu acredito que os nossos Estados, com todos os seus colaboradores, podem dar um tom pacífico para o Brasil”, disse Moisés.

Sobre o Cosud

O Cosud foi criado em março deste ano, durante encontro dos governadores em Minas Gerais. O objetivo é integrar esforços em áreas de interesse comum dos sete estados. As edições anteriores ocorreram em Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Gramado (RS) e Vitória (ES).

O evento é realizado pelo Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), com apoio do Governo de Santa Catarina, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás).

Leia mais: 
>>> Cosud começa em Florianópolis com reuniões dos grupos de trabalho dos sete estados do Sul e Sudeste
>>> Cosud Florianópolis discute soluções para um governo digital e mais simples para a população

>>> Governadores do Sul e Sudeste reúnem-se em Florianópolis para debater temas nacionais relevantes

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 


Foto: Julio Cavalheiro / Secom

Mais um dia de debates de pautas relevantes para os estados das regiões Sul e Sudeste será realizado neste sábado. Os governadores de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul, assim como secretários estaduais, se reúnem para a abertura oficial do encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud). A quinta edição do evento ocorre no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis.

Após a reunião de 14 grupos de trabalho na sexta-feira, representantes dos sete estados participam de palestras com o tema do evento: “Uma gestão pública digital e mais simples”. Os palestrantes são o diretor federal de Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon, e o secretário especial de Modernização do Estado na Secretaria Geral da Presidência da República, José Ricardo da Veiga.

Confira a transmissão ao vivo da coletiva de imprensa:

>>> ÁUDIOS E ENTREVISTAS 
>>> IMAGENS DO 5º COSUD

Ainda na manhã do sábado, os chefes do Executivo se reúnem para redigir a Carta de Florianópolis, documento com as principais definições do encontro. Por último, às 11h45, está prevista uma entrevista coletiva com os sete governadores. Haverá transmissão ao vivo da abertura e coletiva de imprensa.

Confira o vídeo da abertura do Cosud Florianópolis, com as falas dos governadores e palestras:

Sobre o Cosud

O Cosud foi criado em março deste ano, durante encontro dos governadores em Minas Gerais. O objetivo é integrar esforços em áreas de interesse comum dos sete estados. As edições anteriores ocorreram em Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Gramado (RS) e Vitória (ES).

O evento é realizado pelo Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), com apoio do Governo de Santa Catarina, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás).

Leia mais: 
>>> Cosud começa em Florianópolis com reuniões dos grupos de trabalho dos sete estados do Sul e Sudeste
>>> Cosud Florianópolis discute soluções para um governo digital e mais simples para a população

>>> Governadores do Sul e Sudeste reúnem-se em Florianópolis para debater temas nacionais relevantes

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

Boas-vindos
Foto: Mauricio Vieira / Secom

Os trabalhos do 5º Encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud) tiveram início na tarde desta sexta-feira, 18, em Florianópolis. Secretários de Estado de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo estão reunidos no Costão do Santinho para a discussão de temas de interesse interestaduais.

O secretário da Administração, Jorge Eduardo Tasca, deu as boas-vindas aos representantes dos Estados. Segundo ele, algumas linhas de ação já foram deliberadas desde o primeiro encontro, em março, porém outras, mais a longo prazo, seguem em planejamento. “Nesta tarde, nós temos as reuniões dos grupos de trabalho. Ao final, cada grupo consolida essa informação, que é apresentada durante a plenária com os governadores”.

>>> ÁUDIOS E ENTREVISTAS 
>>> IMAGENS DO 5º COSUD

Segundo o chefe da Casa Civil de Santa Catarina, Douglas Borba, os debates desta sexta-feira resultarão nos encaminhamentos que serão passados aos governadores, que se reúnem na manhã deste sábado.

“Hoje é um dia eminentemente técnico. Os secretários de Estado chegaram a Florianópolis no começo da tarde. O objetivo também é fazer uma troca de experiências, para que possa se saber aquilo que está dando certo nos demais Estados, possibilitando que isso seja expandido e aplicado em outros lugares”, explica Borba.

educacao 
Foto: Julio Cavalheiro/SECOM-SC

Os debates ocorrem em 14 grupos de trabalho: “Fazenda e Planejamento”, “Desenvolvimento Econômico”, “Agricultura”, “Turismo”, “Inovação, Ciência e Tecnologia”, “Educação”, “Meio Ambiente e Infraestrutura”, “Logística e Transporte”, “Saúde Pública”, “Segurança Pública”, “Gestão e Planejamento”, “Administração Penitenciária”, “Controle e Transparência” e “Reforma da Previdência”. Pela primeira vez, também haverá um encontro de trabalho com representantes das secretarias de Comunicação dos estados para discutir as boas práticas na área.

Antes do começo das reuniões de trabalho, foram realizadas palestras pelo presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, pela presidente da Casan, Roberta Maas dos Anjos, pelo assessor da presidência da SCGás, Juarez Lippi, e pelo gerente de planejamento da Agência do BRDE em Santa Catarina, Felipe Castro do Couto.

Neste sábado, os sete governadores da região Sul e Sudeste estarão presente no evento, que tem como tema uma gestão pública digital e mais simples. Para debater o assunto, o encontro terá palestras do diretor federal de Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon, e do secretário especial de Modernização do Estado na Secretaria Geral da Presidência da República, José Ricardo da Veiga. Uma coletiva de imprensa com os governadores está agendada para 11h45. 

Leia mais: 
>>> Cosud Florianópolis discute soluções para um governo digital e mais simples para a população

>>> Governadores do Sul e Sudeste reúnem-se em Florianópolis para debater temas nacionais relevantes

meioambiente1

Sobre o Cosud

O Cosud foi criado em março deste ano, durante encontro dos governadores em Minas Gerais. O objetivo é integrar esforços em áreas de interesse comum dos sete estados. As edições anteriores ocorreram em Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Gramado (RS) e Vitória (ES).

O evento é realizado pelo Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), com apoio do Governo de Santa Catarina, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás).

Informações adicionais para imprensa:
Leonardo Gorges
Assessoria de Imprensa
Secretaria Executiva de Comunicação - SECom
E-mail: leonardogorges@secom.sc.gov.br 
Fone: (48) 3665-3045
Site: www.sc.gov.br 



A quinta edição da reunião do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud), encontro que reúne em Florianópolis, nos dias 18 e 19 de outubro, governadores dos sete estados destas duas regiões, terá como tema uma gestão pública digital e mais simples. Para debater o assunto, o evento traz dois convidados: o diretor federal de Desburocratização do Ministério da Economia, Geanluca Lorenzon, e o secretário especial de Modernização do Estado na Secretaria Geral da Presidência da República, José Ricardo da Veiga. 

As palestras fazem parte da sessão plenária, que ocorre no Costão do Santinho Resort na manhã de sábado, 19. Lorenzon falará sobre a Lei de Liberdade Econômica, os próximos passos do Governo Federal na desburocratização e o papel dos Estados nesse contexto. Veiga vai abordar as oportunidades de sinergia entre governo federal e os governos estaduais com a transformação digital na modernização do Estado Brasileiro.

“Em Santa Catarina estamos trabalhando para desburocratizar processos, torná-los mais ágeis e acessíveis à população. Um exemplo é o Governo Sem Papel, que já gerou uma economia de R$ 17 milhões em seis meses aos cofres públicos, além de agilizar os processos internos. O evento será um momento de dividir as boas experiências e aprender com os outros estados”, destaca o governador Carlos Moisés.

“O desafio dos governos é estar mais disponível às pessoas e facilitar as entregas de serviços. Nesse sentido, o encontro será uma oportunidade ímpar para compartilhar as iniciativas em inovação e tecnologia entre os estados do Sul e Sudeste”, reforça o secretário da Administração, Jorge Eduardo Tasca.

O encontro é voltado a secretários e gestores dos governos estaduais. A sessão plenária começa às 8h, com as boas-vindas do governador catarinense. Já na sexta-feira, 18, haverá a discussão de 14 grupos de trabalho, de diferentes áreas de governo.

Leia mais: Governadores do Sul e Sudeste reúnem-se em Florianópolis para debater temas nacionais relevantes

A expectativa do chefe da Casa Civil de Santa Catarina, Douglas Borba, é de um encontro  que traga avanços nos debates. “Teremos a participação de mais de 200 agentes públicos do primeiro escalão, dos sete estados do Sul e do Sudeste. Resultados serão apresentados, fruto do amadurecimento dos grupos de trabalhos das quatro edições anteriores”, ressalta.

Além de Carlos Moisés, está confirmada a presença dos governadores Eduardo Leite (RS), Carlos Massa Ratinho Júnior (PR), João Doria (SP), Wilson Witzel (RJ), Romeu Zema (MG) e Renato Casagrande (ES). 

Cobertura 

Profissionais interessados em acompanhar a plenária do evento e a entrevista coletiva que ocorrem no sábado, 19, têm até sexta-feira, às 12h, para realizar a inscrição pelo site, na área Sala de Imprensa.

A abertura oficial será transmitida ao vivo. A Secretaria Executiva de Comunicação (Secom) fará a cobertura do evento e textos, áudios, fotos e vídeos estarão disponíveis aos veículos no site. Uma entrevista coletiva com os governadores está marcada para as 11h45min de sábado, após a leitura da Carta de Florianópolis.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

Está aberto o credenciamento de imprensa para cobertura do 5º Consórcio de Integração Sul e Sudeste (5º Cosud Florianópolis). Profissionais interessados em acompanhar a plenária do evento e a entrevista coletiva que ocorrem no sábado, 19, têm até sexta-feira, às 12h, para realizar a inscrição pelo site, na área Sala de Imprensa.

A abertura oficial será transmitida ao vivo. A Secretaria Executiva de Comunicação (Secom) fará a cobertura do evento e textos, áudios, fotos e vídeos estarão disponíveis aos veículos no site. Uma entrevista coletiva com os governadores está marcada para as 11h45min de sábado, após a leitura da Carta de Florianópolis.

A presença dos governadores Carlos Moisés (SC), Eduardo Leite (RS), Carlos Massa Ratinho Júnior (PR), João Doria (SP), Wilson Witzel (RJ), Romeu Zema (MG) e Renato Casagrande (ES) está confirmada. O encontro ocorre no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis.

Leia mais: Governadores do Sul e Sudeste reúnem-se em Florianópolis para debater temas nacionais relevantes

O evento irá reunir 14 grupos de trabalho: “Fazenda e Planejamento”, “Desenvolvimento Econômico”, “Agricultura”, “Turismo”, “Inovação, Ciência e Tecnologia”, “Educação”, “Meio Ambiente e Infraestrutura”, “Logística e Transporte”, “Saúde Pública”, “Segurança Pública”, “Gestão e Planejamento”, “Administração Penitenciária”, “Controle e Transparência” e “Reforma da Previdência”. Pela primeira vez, também haverá um encontro de trabalho com representantes das secretarias de Comunicação dos estados para discutir boas práticas na área.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br

Responsáveis por 70% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, os sete Estados das regiões Sul e Sudeste têm um novo avanço na discussão de pautas conjuntas. Os governadores de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Paraná e Rio Grande do Sul, assim como secretários estaduais, vão se reunir nos dias 18 e 19 de outubro para o quinto encontro do Consórcio de Integração Sul e Sudeste (Cosud). O evento será no Costão do Santinho Resort, em Florianópolis.

“As reuniões anteriores do Cosud foram muito produtivas e temos a responsabilidade de criar um ambiente favorável à evolução dos debates. Temos muito trabalho a ser feito para desenvolver a gestão, segurança pública, saúde, educação, geração de empregos, turismo e tecnologia”, projeta o anfitrião e governador de Santa Catarina, Carlos Moisés.

O encontro irá reunir 14 grupos de trabalho: “Fazenda e Planejamento”, “Desenvolvimento Econômico”, “Agricultura”, “Turismo”, “Inovação, Ciência e Tecnologia”, “Educação”, “Meio Ambiente e Infraestrutura”, “Logística e Transporte”, “Saúde Pública”, “Segurança Pública”, “Gestão e Planejamento”, “Administração Penitenciária”, “Controle e Transparência” e “Reforma da Previdência”. Pela primeira vez, também haverá um encontro de trabalho com representantes das Secretarias de Comunicação dos estados para discutir boas práticas na área.

“É um momento em que Santa Catarina vai reunir os governadores e seus secretários para discutir pautas relevantes para o Brasil. É a oportunidade de buscar soluções para os grandes temas que o estado e o país precisam avançar”, destaca o chefe da Casa Civil, Douglas Borba. A Reforma da Previdência, a revisão do Pacto Federativo e o equilíbrio fiscal dos estados estão entre os principais temas da pauta do encontro.

“O quinto encontro do Cosud dá continuidade a um trabalho de parceria entre os estados no compartilhamento de experiências e boas práticas em diversas áreas temáticas de governo, como segurança, infraestrutura, mobilidade e meio ambiente”, reforça o secretário da Administração, Jorge Eduardo Tasca.

O Cosud foi criado em março deste ano, durante encontro dos governadores em Minas Gerais. O objetivo é integrar esforços em áreas de interesse comum dos sete estados. As edições anteriores ocorreram em Belo Horizonte (MG), São Paulo (SP), Gramado (RS) e Vitória (ES).

O evento é realizado pelo Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), com apoio do Governo de Santa Catarina, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan), e Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGás).

Credenciamento de imprensa

Veículos de imprensa interessados em realizar a cobertura do evento deverão fazer credenciamento. A inscrição dos profissionais deverá ser feita pelo site oficial do evento a partir de terça-feira, 15 de outubro. A programação de sexta-feira, 18, será fechada para a imprensa. No sábado, está prevista entrevista coletiva.

Mais informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Comunicação - Secom
Governo de Santa Catarina
Fone: (48) 3665-3022
Site: www.sc.gov.br