Guaraciaba - Definidos os representantes dos Jasti da Regional de São Miguel do Oeste
Foto: Gisele Vizzotto

Guaraciaba sediou nesta quinta-feira, 20, a etapa microrregional dos Jogos Abertos da Terceira Idade (Jasti). A comunidade Sete recebeu as modalidades de bocha, canastra, truco, dominó e bolão. Os vencedores vão representar a Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste na etapa estadual que acontece em Blumenau, de 17 a 21 de maio.

O integrador esportivo da Fundação Catarinense de Esporte (Fesporte) que atua na Gerência Regional de Educação de São Miguel do Oeste, Roberto Marangoni, explica que neste ano, participaram dos Jogos os municípios de Barra Bonita, Belmonte, Guaraciaba, Paraíso e São Miguel do Oeste. A modalidade Dança Coreográfica não foi realizada. “Por termos alguns municípios em início de gestão, não estavam organizados para a competição. No próximo ano teremos a participação dos faltantes e todas as modalidades disponíveis”, afirma.

O secretário executivo da ADR São Miguel do Oeste, Volmir Giumbelli, disse que os Jasti é um importante evento. “O objetivo de confraternizar e promover a atividade física e o entretenimento entre a população da terceira idade é alcançado com os Jogos. É um dia diferente, uma competição saudável”, destaca.

Resultados

Guaraciaba - Definidos os representantes dos Jasti da Regional de São Miguel do Oeste

No bolão masculino, São Miguel do Oeste ficou em primeiro e Paraíso em segundo. Na canastra masculina, Guaraciaba levou o ouro seguido de Barra Bonita e Belmonte. No feminino, ficou São Miguel do Oeste, Belmonte e Guaraciaba. No Truco masculino, o campeão foi o município sede, Guaraciaba; em segundo ficou São Miguel do Oeste e Belmonte em terceiro.

No dominó feminino, Guaraciaba ficou em primeiro, seguido de Barra Bonita e Belmonte. No masculino o campeão foi Barra Bonita; em segundo lugar ficou São Miguel do Oeste e terceiro Belmonte. Na bocha feminina, São Miguel do Oeste levou o ouro, prata Guaraciaba e bronze Belmonte. Na bocha masculina, classificaram São Miguel do Oeste, Guaraciaba e Belmonte.

Nas modalidades bocha e bolão, somente o primeiro lugar está classificado para a fase estadual. No dominó, na canastra e no truco, vão para a próxima fase, o primeiro e segundo lugar.

Informações adicionais:
Gisele Vizzotto
Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.sdr.sc.gov.br
Telefone: (49) 98837-7422

Dia de Campo
Foto: Arquivo Epagri

O tradicional Dia de Campo, realizado pela Epagri de Descanso, contou com uma parceria na edição desta quarta-feira, 19 e levou cerca de 80 alunos do Centro de Educação Profissional (Cedup) Getúlio Vargas de São Miguel do Oeste para uma propriedade na comunidade Linha Gaúcha, interior de Descanso. A Epagri Regional de São Miguel do Oeste, a prefeitura municipal de Descanso e o Cedup organizaram o evento que tratou do manejo e conservação do solo e água.

A propriedade da família de Gelson Luiz Giombelli recebeu o Dia de Campo. Foram quatro estações que abordaram importância da análise, coleta e amostragem de solo; qualidade e desafios do manejo do solo e água; fertilidade, biologia do solo e tomada de decisão sobre adubações; e prática de manejo da cobertura verde e plantio direto.

Eduardo Rossatto, de 17 anos, está cursando o segundo ano do ensino médio técnico e aprendeu no Dia de Campo, soluções que poderá implantar na propriedade de seus pais, no interior de Cunha Porã. “Achei muito interessante e aprendi coisas práticas, como quantos milímetros cada planta precisa, sobre o plantio direto e a importância da cobertura verde no solo”, disse.

Dia de Campo

O extensionista da Epagri, Vilmar Milani, destaca que a parceria deve ser repetida. O objetivo, segundo ele, foi mostrar para os alunos, que são futuros profissionais que estarão no mercado de trabalho, as técnicas de conservação de solo e da água. “Essa é a base para uma boa agricultura. Hoje, busca-se mais produtividade, mas de nada adianta grandes tecnologias se não tivermos um solo cuidado e estruturado. Esse conhecimento é fundamental para esses alunos que têm chances de serem sucessores de seus pais”,

O diretor do Cedup, Wilson Antonio Wronski, lembra que a ideia do Dia de Campo surgiu quando a Epagri procurou o Cedup, buscando auxílio na realização da atividade. “É importante para os alunos mantermos essa parceria com o homem do campo. Muitos levam o conhecimento para suas propriedades e a aplicação da teoria na realidade dá uma percepção maior para eles”, constata.

Além dos estudantes do segundo e terceiro ano do curso técnico em agropecuária e ensino médio, também participaram agricultores e profissionais da área.

--
Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste


Fotos: Gisele Vizzotto/Regional de São Miguel do Oeste

Começou nesta quarta-feira, 19, o curso de Gestão Democrática e o Papel do Gestor II, coordenado pela Secretaria de Estado da Educação (SED) e pela Gerência Regional de Educação (Gered) da Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste. Participam da capacitação, os 19 gestores das escolas da rede estadual da região. O primeiro encontro foi realizado no auditório da Gered.

O objetivo é discutir e aprofundar temas que auxiliem no cotidiano escolar, tornando a direção cada vez mais participativa. O foco principal é a dimensão pedagógica da gestão escolar. “O curso será de 100 horas, sendo 52 presenciais e 48 a distância no ambiente virtual E-Proinfo”, explica a tutora do curso, Janete Palú.

A diretora da EEB Sara Castelhano Kleinkauf, de Guaraciaba, Elisabet Grando, destaca que o curso traz muito conteúdo novo e melhora a forma de trabalhar. Com 14 anos de experiência em gestão escolar, ela lembra que o grupo de profissionais também precisa ser comprometido para dar certo. “A capacitação apresenta inovações na área da gestão, o que auxilia no dia a dia. Podemos perceber bons resultados com o que aprendemos”, disse.

Gestão Escolar

Dos 19 gestores, quatro são pro-tempore, ou seja, foram escolhidos pelo Conselho Deliberativo Escolar para atuar nas escolas. Os outros 15 tiveram seus Planos de Gestão Escolar aprovados para os anos de 2015 a 2019. Esses planos têm permanente acompanhamento da comunidade e equipe técnica especializada da Gerência. Em 2016, os gestores participaram de formação de 120 horas, abordando as dimensões administrativas, pedagógicas, físicas e financeiras da Gestão Escolar.

 

Gisele Vizzotto
Assessoria de Comunicação
Agência de Desenvolvimento Regional de São Miguel do Oeste
E-mail: imprensa@sge.adr.sc.gov.br
Telefone: (49) 3631-2900
Site: www.sc.gov.br/regionais/saomigueldooeste
Facebook: www.facebook.com/regional.saomigueldooeste

Maior comprador de milho do país, Santa Catarina diminui seu déficit e aumenta a produção em 18,6% nesta safra. Com 380,6 mil hectares plantados, a estimativa do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Cepa/Epagri) é de que o Estado colha 3,2 milhões de toneladas de milho neste ano. A boa safra é resultado das condições climáticas favoráveis combinadas ao uso de alta tecnologia e ao aumento da produtividade, que chega a uma média de 141,6 sacas de milho por hectare.

O aumento da produtividade é o caminho para elevar a produção de milho e atender a demanda do setor produtivo de carnes. Em regiões como a de Chapecó, Canoinhas e Xanxerê os produtores estão colhendo em média 150 sacas por hectare, enquanto na região de Curitibanos a produtividade chega a 173,3 sacas por hectare. Agricultores de São Miguel do Oeste e Joaçaba também investem para aumentar o rendimento das lavouras e nesta safra a produtividade já é, respectivamente, 28,3% e 24,9% superior a do último ano.

A maior região produtora do Estado é a de Chapecó com uma safra estimada em 603 mil toneladas, 13,7% a mais do que em 2015/16. A área destinada ao grão também aumentou, com 63,4 mil hectares plantados e uma produtividade de 158,3 sacas por hectare. Em microrregiões que já se destacam na produção do grão, como Xanxerê, Joaçaba e Curitibanos, o aumento na produção é superior a 20% nesta safra.

Como o Estado se destaca na produção de carnes e leite, 75% da ração animal é formada pelo grão. Só o setor produtivo de carnes consome seis milhões de toneladas de milho/ano, ou seja, o dobro do que o estado produz.

O secretário de Estado da Agricultura e da Pesca, Moacir Sopelsa, ressalta a parceria dos produtores, cooperativas e Governo do Estado para aumentar a produção de milho em Santa Catarina e diminuir o déficit do grão. “Nós estamos ao lado dos produtores com o programa Terra-Boa, apoiando a aquisição de sementes de milho de alta tecnologia, e também com o Programa de Incentivo ao Plantio de Milho, que garante a venda antecipada do milho para as agroindústrias. São programas que dão um suporte para os produtores e incentivam o investimento em tecnologia para aumentar a produtividade. Santa Catarina é um grande produtor de carnes e não existe suinocultura e avicultura sem milho”.

Este ano, os investimentos no Terra-Boa chegam a R$ 50,9 milhões para subsidiar a aquisição de 220 mil sacos de sementes de milho, 300 mil toneladas de calcário, 1,1 mil kits forrageira e 350 kits apicultura. A expectativa é atender 70 mil agricultores em no Estado.

Cerca de 73% do milho plantado na primeira safra já foi colhido e 92% da área de milho safrinha já foi plantada. Os números sobre a produção de milho e de outras culturas em Santa Catarina estão disponíveis no Boletim Agropecuário, publicado pelo Cepa/Epagri.

Milho Silagem

A safra de milho silagem, utilizado na alimentação de bovinos de corte e leite, também teve crescimento em Santa Catarina. O Estado deve colher 9 milhões de toneladas de milho silagem 10,9% a mais do que na safra 2015/16. Com uma área plantada de 216 mil hectares, a produtividade chega a 41,9 toneladas por hectare. Até o inicio de abril, cerca de 95% da área de milho silagem já havia sido colhida em Santa Catarina.

Informações adicionais:
Ana Ceron
Assessoria de Imprensa
Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca
imprensa@agricultura.sc.gov.br
Fone: (48)-3664-4417/ (48) 98843-4996
Site: www.agricultura.sc.gov.br 
www.facebook.com/AgriculturaePescaSC/ 

Próximos eventos